UFC 186: Resultado Demetrious Johnson - Kyoji Horiguchi
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

É isso aí pessoal, vamos encerrando por aqui na VAVEL Brasil. Bom domingo a todos.

Demetrious Johnson comemorando mais uma vitória.

RESULTADOS DO UFC 186 (EM NEGRITO OS ATLETAS QUE VENCERAM):
(c) Demetrious Johnson x Kyoji Horiguchi (mosca)
Quinto Jackson x FÁBIO MALDONADO (peso combinado)
Michael Bisping x CB Dolloway (médio)
John Makdessi x Shane Campbell (peso combinado)
Yves Jabouin x THOMAS ALMEIDA (galo)
Patrick Coté x Joe Riggs (meio-médio)
Alexis Davis x Sarah Kauffman (galo-feminino)
Chad Laprisse x Bryan Barberena (leve)
Olivier Aubin Mercier x David Michaud (leve)
Nordine Taleb x Chris Clements (meio-médio)
Jessica Rakoczy vs Valerie Letorneau (galo-feminino)
Randa Markos - Aislind Daly (palha-feminino)

Próximo evento será apenas no dia 10 de maio, e acontecerá em Adeilaide, na Austrália. Na luta principal, o neo zelandês Mark Hunt encara o croata Stipe Miocic. Não teremos nenhum brasileiro no card.

E com mais essa vitória, Mighty Mouse soma suas sexta defesa de cinturão bem sucedida.

Johnson: "Estava com dificuldade no início, mas fui decidido a vencer e tive a chance no fim, então aproveitei. Ele é um adversário que nunca tinha visto. A minha estratégia foi feita hoje."

RESULTADO OFICIAL: Demetrious Johnson vence Kyoji Horiguchi por finalização (chave-de-braço) no quinto round e mantém o cinturão peso-mosca do UFC.

BATUCOU! Faltando um segundo, Johnson finaliza Horiguchi com uma chave-de-braço. Vitória de Demetrious Johnson.

Horiguchi está entregue. O tempo que falta para o fim da luta é pouco para a técnica que tem de ser aplicada para virar o placar.

Mais uma queda de Johnson, desta vez no início do assalto. Horiguchi ainda arriscou um triângulo invetido, de fácil defesa para o americano.

COMEÇA O ÚLTIMO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Johnson. No geral, 40-36.

FIM DO QUARTO ROUND!

Kyoji tenta segurar os braços do rival para quebrar o ritmo forte do campeão.

Johnson leva a luta para o chão mas deixa espaços para Horiguchi se levantar. Mesmo assim, o japonês não tem porte e explosão para sair da incômoda posição.

COMEÇA O QUARTO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Johnson. No geral, 30-27.

FIM DO ROUND!

Na tentativa de ir para o clinch, Horiguchi deixou o corpo exposto para mais uma derrubada do campeão.

Pressão aliada a velocidade. Johnson combina os dois e não dá brechas para Horiguchi reverter a situação.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 Johnson. No geral, 20-18.

FIM DE ROUND!

Característico de Johnson, a pressão foi colocada em jogo na luta de solo, Horiguchi acha espaços, mas se debruça em esbanjado jogo de wrestling do campeão.

Johnson leva a luta para o solo após o equilíbrio estar estabelecido.

Golpes sairam de todas as partes. Mighty Mouse começou distrbuindo chutes, mas o japonês se recuperou com golpes diretos e caminhando pra frente, conseguindo uma queda no primeiro minuto do assalto.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Demetrious Johnson.

Horiguchi tentou uma joelhada, mas Johnson estava atento e absorveu o impacto. FIM DE PRIMEIRO ROUND!

Johnson precisou abrir caminho via trocação para ir no tempo certo para a queda, colocando Horiguchi sentado colado na grade.

O japonês troca de base constantemente. Demetrious tentou a queda mas não teve sucesso. O equilíbrio nessa luta vem sendo a caraterística principal

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

Dessa vez é o campeão que chega para o duelo.

Horiguchi já está no octógono.

MAIN EVENT: Demetrious Johnson larga o seu cinturão e põe em jogo agora contra Kyoji Horiguchi, na categoria dos moscas.

Rampage: "Vocês nçao sabem o quão estressante foi todo esse processo. Foi uma luta qu eu tinha de estar aqui. Achei que era melhor sair do UFC, mas estava enganado. Esta é a melhor organização."

RESULTADO OFICIAL: Quinton Jackson vence Fábio Maldonado por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27).

FIM DE LUTA! Em nossas contas, Rampage venceu por 29-28. Vamos esperar o resultado oficial dos árbitros.

Nos poucos golpes que entrou, Rampage deu trabalho. Maldonado vai tentando pontuar, provavelmente o combate vai para as mãos dos juízes.

Jackson diminui o ritmo para controlar mais o resultado. Maldonado demonstra cansaço leve e não dá sinais de que vem com todas as forças para tentar o nocaute.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Fábio Maldonado. No geral, 19-19.

FIM DE SEGUNDO ROUND!

Rampage entra golpes curtos e uppers no rosto de Maldonado, que alega não sentir nenhuma contundência.

O lutador brasileiro levou novamente a luta na grade, e não deixa Rampage destoar no jogo em pé. O público começa a vaiar o atitude do sorocabano.

Maldonado começou a avançar mais, com ganchos curtos na barriga. Para se defender, Rampage tentar entrar no clinche e desferir joelhadas.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Quinton Jackson.

Fábio empurra na grade e começa com provocações, mas Rampage não entra no jogo. FIM DO PRIMEIRO ROUND!

Nenhum dos atletas fintam para levar a luta ao solo. Maldonado, que sempre em suas lutas deixa o primeiro round para o estudo, vai defendendo bem os golpes de Quinton Jackson.

Rampage caminha pra frente arriscando jabs, enquanto Maldonado segue com guarda alta à espera de um espaço para contra atacar.

COMEÇA A LUTA!

Rampage já lutou contra ateltas de calibre alto: Jon Jones, Lyoto Machida, Rashad Evans, Wanderlei Silva, Ryan Bader, Forrest Griffin, Dan Henderson, Chuck Liddell, Murilo Bustamante e Maurício Shogun.

Maldonado subindo ao octógono.

Não podemos esquecer que em 2012, Glover também derrotou Fábio Maldonado.

Fábio fez seus treinamentos intesivos na American Top Team, um de seus parceiros foi Glover Teixeira, que já derrotou Quinton Jackson, em 2013.

Rampage vem de 3 vitórias no Bellator, sobre Joey Beltran, Christian M'Pumbu e King Mo. Já o Caipira sorocabano bateu Hans Stringer no UFC 179, no Rio de Janeiro em outubro passado.

CO MAIN EVENT: Quinton Jackson encara Fábio Maldonado.

Bisping: "Não senti muita pressão. Sofri golpes, mas não me abalei. Ele até encaixou golpes, mas eu treino demais diariamente. Eu amo vocês"

RESULTADO OFICIAL: Michael Bisping vence CB Dolloway por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28).

O inglês não dá chances para CB se recuperar. Mesmo cansado, Dolloway resiste. FIM DE LUTA!

Bisping volta melhor, repetindo o round anterior. Os golpes fluem para Dolloway, que tem um jogo em pé mais rústico, que abre espaços para as quedas.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Michael Bisping. No geral, 19-19.

FIM DE ROUND!

Com kickboxing afiado, Bisping achou a distância correta e vem deixando golpes dentro da guarda do atleta de Arizona. A falta de potência nos petardos faz com que CB resista de forma consistente.

A luta volta a ficar equilibrada. Dolloway veio a tentar mais uma queda, porém o inglês defende bem novamente.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para CB Dolloway.

CRAVADA: Dolloway acertou um cruzado de esquerda em Bisping, levando ao knockdown, mas no fim, Michael se salvou com o soar do gongo.

Os cruzados vão entrando. Curiosamente, pelos dois atletas.

Bisping busca controlar o centro do octógono, mas Dolloway segue sendo impenetrável e só arrisca algo quando faz cacuetes para entrar nas pernas do lutador inglês.

COMEÇA A LUTA!

CURIOSIDADE: A última vez que Bisping lutou no Canadá, não tem boas lembranças: foi derrotado por Tim Kennedy.

Ambos buscam a recuepração no UFC. Michael Bisping foi derrotado pro Luke Rockhold por finalização no segundo round no UFC Sydney, em novembro. Já "Doberman" foi nocauteado no primeiro round sobre Lyoto Machida, em Barueri no mês de dezembro.

PRÓXIMO COMBATE: TOPs na categoria dos médios, Michael Bisping enfrenta CB Dolloway.

RESULTADO OFICIAL: John Makdessi vence Shane Campbell por nocaute no primeiro round.

BRUTAL: Não teve jeito, Makdessi vence Campbell por nocaute.

Makdessi de forma infernal vai acelerando o combate e quase vence ainda no primeiro round.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

PRÓXIMO COMBATE: John Makdessi - Shane Campbell, em peso combinado.

Thomas: "Fui muito empolgado e queria um nocaute. Passei por ele e estou muito feliz. Treinei bastante na Chute Boxe, vim preparado e veio mais um nocaute."

RESULTADO OFICIAL: Thomas Almeida vence Yves Jabouin por nocaute técnico no primeiro round.

BALAÇOS! Thomas Almeida se recupera e não deu chances a Yves Jabouin, que ainda em pé, não resistiu e teve de ser interrompida pelo árbitro o combate.

Thomas volta a se movimentar bem em linha e desferindo combinações de ganchos na barriga. Haitiano tenta resolver com chutes rodados .

Depois de um breve estudo, Jabouin agarra as duas pernas de Tominhas e leva a luta para o solo. Em seguida, conecta chutes no abdômem.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

CURIOSIDADE: Thominhas vem da Chute-Boxe, escola conhecida por revelar lendas do MMA como Anderson Silva, Maurício Shogun e Wanderlei Silva.

Jabouin vem de vitória sobre Mike Easton. Thominhas fez sua estreia no UFC em novembro passado, ganhando do canadense Tim Gorman.

Próxima luta: Yves Jabouin x Thomas Almeida, na categoria dos galos.

E chegamos ao fim do card preliminar. Eis os combates do card principal e que vão fechar a noite:
(c) Demetrious Johnson x Kyoji Horiguchi (mosca)
Quinto Jackson x Fábio Maldonado (peso combinado)
Michael Bisping x CB Dolloway (médio)
John Makdessi x Shane Campbell (peso combinado)
Yves Jabouin x THOMAS ALMEIDA (galo)

Davis: "To amadurecendo. Cabelos brancos. Agradeço aos meus amigos e a todos que me ajudaram, mas a minha filha vai um agradecimento especial."

RESULTADO OFICIAL: Patrick Coté vence Joe Riggs por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28).

PALPITE FINAL: 29-28 para Patrick Coté. Vamos aos resultados dos juízes.

FIM DE LUTA!

Coté consegue a transição e trabalha os golpes traumáticos por cima agora. O terceiro round vai ser decisivo.

Riggs trabalha com a luta agarrada nesse round. Em certo momento, Riggs cola as costas no solo, mas mochilando o oponente.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Joe Riggs. No geral, 19-19.

FIM DE ROUND!

Depois do crazy moment, Coté demonstra um cansaço enorme

Os dois parecem não mostrar cansaço e a troca de golpes vem sendo franca.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Patrick Coté.

FIM DE ROUND!

Momento mais vantajoso para Patrick Coté. Dessa vez, o canadense abusa de joelhadas.

Coté vem melhor na luta, caiu no ground n pound e não cansa de golpear. Agora tenta derrubar o oponente para ficar montado.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

CURIOSIDADE: Joe Riggs é parceiro de treinos de Benson Henderson, ex-campeão peso-leve do UFC>

Coté, que vem de derrota expressiva para Stephen Thompson no UFC 175, é especialista na luta em pé.

Em sua terceira passagem no UFC, Riggs vai tentar se recuperar de derrota para Ben Saunders, em evento realizado no mês de dezembro.

ÚLTIMO COMBATE DO CARD PRELIMINAR: Fechando as lutas preliminares, o canadense Patrick Coté encara Joe Riggs, na categoria dos meio-médios,

Davis: "Olha, eu não ouvi. Sabia que ela tava com um pouco de dor, mas depois senti quando ela bateu (na finalização)"

RESULTADO OFICIAL: Alexis Davis vence Sarah Kauffman por finalização (triângulo) no segundo round.

Jerin Valel demorou a interromper a luta. Sarah Kauffman já tinha desistido depois de receber o justíssimo triângulo

QUE REVIRAVOLTA: Davis ficou atrás a luta inteira, mas depois de derrubar Kauffman, conectou o triângulo e apenas esperou Sarah desistir.

Após brcha, Alexis Davis conseguiu derrubar e ficar na guarda, ajustando na posição do triângulo.

Kauffman mostra que não vive apenas de boxe, chutes em linha e movimentação angular viram marca no duelo de hoje.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

Davis buscou o jogo de grade no corpo-a-corpo, mas Kauffman resistiu e ainda busca no fim do round conectar mais diretos. FIM DO PRIMEIRO ROUND!

Kauffman imprime bem seu jogo calhado no boxe. Davis arrisca entrar em infight e depois derrubar.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

CURIOSIDADE: Este será o terceiro combate enre Davbis e Kauffman, em ambas, Sarah se saiu como vencedora

Sarah Kauffman vem de vitória sobre Leslie Smith no TUF nations Finale. Já Alex Davis vem de tentativa de disputa de cinturão no UFC 175, em julho passado, mas durou apenas 15 segundos contra Ronda Rousey, sendo nocauteada.

COMBATE ENTRE DAMAS: No peso-galo feminino, a ex-desafiante Alexis Davis encara Sarah Kauffman.

RESULTADO OFICIAL: Chad Laprisse vence Bryan Barberena por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28).

FIM DE LUTA! Em nossas contas, Chad Laprisse venceria com um 29-28. Vamos esperar o resultado oficial dos árbitros.

Barberena vem melhor no terceiro round, mas não deve ser o suficiente. Laprisse joga com mais cautela, deixando em aberto as opções de nocaute para o seu rival.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Laprisse. No geral, 20-18.

FIM DE ROUND!

Laprisse diminui o ritmoq ue imprimiu no primeiro round, deixando Barberena atacar para sair na vantagem em seu contragolpe.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Chad Laprisse.

FIM DE ROUND!

Laprisse confere maioridade na luta, dois cruzados e mais chutes entram no corpo de Barberena, que tenta responder mas não acha o oponente.

O canadense já conectou dois chutes na parte alta, ambos defendidos por Bryan. A trocação é convergente nesse combate.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

Laprisse foi campeão do TUF Nations, no ano passado, derrotando Olivier Aubin-Mercier, que lutara mais cedo. Em outubro, no UFC Fairfax, venceu de forma unânime o cubano Yosdenis Cedeño.

Barberena estreou no UFC em dezembro, quando nocauteou Joe Ellenberger.

QUINTO COMBATE DA NOITE: Chad Laprisse encara Bryan Barberena na categoria dos leves.

RESULTADO OFICIAL: Olivier Aubin Mercier vence David michaud com um mata-leão no terceiro round.

Mercier não tem problemas em dominar o octógono e achar o tempo de entrada de quedas.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

Por enquanto, só tivemos vitórias de atletas do Canadá.

Aubin-Mercier vem de vitória por finalização sobre Jake Lindsey no UFC fairfax, em outubro do ano passado. No UFC on Fox 13, em dezembro, Michaud não deu chances e venceu Garret Whiteley por decisão unânimes.

Quarto combate da noite: o canadense finalista do TUF Nations, Olivier Aubin Mercier, encara David Michaud, na categoria dos leves.

UFC vai para um pequeno intervalo após, para os EUA, acabar o card preliminar transmitido pelo UFC Fight Pass.

RESULTADO OFICIAL: Nordine Taleb vence Chris Clements por decisão unânime dos juízes (triplo 30-27)

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 30-27 para Nordine Taleb.

FIM DE LUTA!

A luta vai pro solo novamente. Desta vez, Taleb abre um corte no rosto de Chris Clements.

Agora que a luta fica em pé, Clements tenta buscar o tempo perdido buscando veementemente o nocaute.

Não tem refresco! Nordine não para de levar a luta para baixo. Clements, que já está com o gás defasado, apenas tenta se defender para não ser nocauteado nem finalizado.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

FIM DE ROUND!

Taleb prossegue por cima na luta de solo. Sem dificuldades, ele vai conectando ganchos curtos, que vão magoando Chris Clements.

Clements não perde tempo e vai para a trocação franca. Porem, Taleb aproveita afobação do rival e conecta mais uma queda.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Nordine Taleb.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

Ótimo bote e queda de Nordine Taleb, que continua por cima.

Clemens tem dificuldades quando cai no clinche do adversário. A envergadura vai favorecendo o ex-TUF 19.

Taleb conectou um bom cruzado de direita no rosto do compatriota, Clemense tentou a resposta porém não teve a contundência necessária.

A luta foi paralisada após Clemens acertar acidentalmente um chute em área proibida. Mas o duelo já recomeçou

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

Ambos já passaram pela checagem antes de ir ao combate.

CURIOSIDADE: O adversário de Taleb inicialmente seria o brasileiro Cláudio "Hanibal" Silva, mas o mineiro teve de se retirar por conta de contusão.

Taleb vem de resultados positivos contra Vik Grujic e Li Jianling. Já Clemens bateu Vik Grujic em novembro do ano passado.

Terceiro combate já em vista. Confronto entre canadenses. Chris Clemens encara Nordine Taleb, na categoria dos meio-médios.

RESULTADO OFICIAL: Valerie Letorneau vence Jessica Rakoczy por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 Letorneau. No geral, 29-28 para a canadense.

FIM DE LUTA! Vamos esperar o resultado oficial dos juízes.

Rakoczy vai na superação depois de machucar o olho esquerdo. Para alguns, a luta deveria ser paralisada.

O combate vai se tornando mais equilibrado que mostrava os scouts.

A canadense passou tanto a golpear mais no olho machucado, quanto a abrir espaço com bons chutes na parte inferior de sua rival.

COMEÇA O TERCEIRO ROUND!

PALPITE DA VAVEL BRASIL: 10-9 para Valerie Letorneau, no geral, 19-19.

Um ferimento no rosto de Rakoczy foi aberto, Letorneau consegue se recuperar. FIM DE ROUND!

Jessica não perde tempo e parte para a luta de grade, alinhando os golpes aprendidos no boxe.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

Jessica conseguir fugir da incômoda posição, mas ainda segue sem se safar de Letorneau.

Valerie consegue encaixar um triângulo, mas ainda trabalha na posição.

COMEÇA O PRIMEIRO ROUND!

As duas já passaram pela checagem antes de ir para o combate.

Valerie derrotou Elizabeth Phillips por decisão dividida no UFC 174. Já Rakoczy foi dominada por Julianna Peña em novembro de 2013.

E não demoramos muito. A seguir, o segundo combate da noite. Pelos galos-feminino, a finalista do TUF 18 Jessica Rakoczy encara a canadense Valerie Letorneaou.

RESULTADO OFICIAL: Randa Markos vence Aisling Daly por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28).

Habilidade para judocas! Maekos consegue boa queda e cai por cima, aplicando bons socos.

COMEÇA O SEGUNDO ROUND!

Palpite da VAVEL Brasil: 10-9 para Randa Markos.

Aisling Daly se livrou de um katagatame justíssimo de Markos, conseguindo se levantar. FIM DO PRIMEIRO ROUND!

Markos caiu de costas no chão, mas dominando a rival fechando o cadeado.

As suas não poupam energia e já partem para a trocação franca.

COMEÇA A PRIMEIRA LUTA!

Chegou a vez da canadense subir para a luta.

E vamos a primeira luta da noite. Randa Markos - Aisling Daly. A irlandesavai subindo ao octógono.

A previsão inicial para o card do UFC 186 é para as 19h30, no horário de Brasília.

Durante a pesagem, nenhum dos atletas ficaram acima do peso permitido em sua categoria. O destaque ficou para a tensa e extrovertida encarada entre os pesos médio Michael Bisping e CB Dolloway. Acompanhe a pesagem que ocorreu nesta sexta-feira (24).


CARD PRINCIPAL:
(c) Demetrious Johnson x Kyoji Horiguchi (mosca)
Quinto Jackson x Fábio Maldonado (peso combinado)
Michael Bisping x CB Dolloway (médio)
John Makdessi x Shane Campbell (peso combinado)
Yves Jabouin x THOMAS ALMEIDA (galo)

CARD PRELIMINAR:
Patrick Coté x Joe Riggs (meio-médio)
Alexis Davis x Sarah Kauffman (galo-feminino)
Chad Laprisse x Bryan Barberena (leve)
Olivier Aubin mercier x David Michaud (leve)
Nordine Taleb x Chris Clements (meio-médio)
Jessica Rakoczy - Valerie Letorneau (galo-feminino)
Randa Markos - Aislind Daly (palha-feminino)

A "casa" do evento de hoje é o Bell Centre, em Montreal. O local é casa do Montreal Canadians, time de hóquei do gelo que atualmente compete na NHL (National Hockey League).

O outro brasileiro a atuar na noite é o paulista Thomas Almeida. O atleta da Chute Boxe é visto com bons olhos pelo UFC e, futuramente, um dos melhores da categoria. O cartel invicto de 17 vitórias não deixa dúvidas. Ele vai enfrentar o haitiano radicado no Canadá, Yves Jaboin, que vem de vitórias sobre o norte-americano Mike Easton.

Não fosse ter de substituir Júnior Cigano em maio do ano passado, com menos de uma mês de preparação, para enfretar e ser derrotado por Stipe Miocic, Fábio Maldonado estaria com quatro vitórias consecutivas. O sorocabano que há dois dias enfrentaria Steve Bossè, mostrou disparidades, mas afirmou estar feliz para esta noite. "Eu fiquei um pouco nervoso no quarto quando soube que Rampage voltaria à luta. Eu sempre pedi essa luta. Desde 2003, eu tenho vontade de lutar com ele. Desde que ele lutava no Pride. Mas a concentração já estava em outra, né? Claro que fiquei pensativo por algumas horas, mas tá tudo certo. No final, fiquei muito feliz”

Depois de ser derrotado por Glover Teixeira em 2013, Rampage deixou o UFC e migroun para o Bellator. Lá, venceu as 3 lutas que teve. Alegando estar infeliz na organização, o meio-pesado acertou seu retorno com o UFC. Porém teve de ser retirado do card 15 dias antes do evento por entrar em litígio contratual com o Bellator. Mas na última terça, conseguiu licença na justiça para atuar neste sábado.

Já Kyoji tem apenas 24 anos de idade, porém cartel de 15 vitórias e apenas um revés. No UFC, está invicto. bateu Dustin Pague, Darrell Montague, Jon Delos Reyes e em janeiro derrotou Louis Gaudinot. O pequeno japonês, que divide seus treinos no Japão e com a AKA (academia do atual campeão pesado Cain Velasquez), tentará quebrar uma escrita: de nunca um atleta asiático se tornar dono de cinturão em todo o UFC.

Mighty Mouse, como é mais conhecido, colocará seu cinturão em jogo pela sexta vez. O americano tem em seu cartel 21 vitórias, duas derrotas e um empate. Como campeão, Johnson venceu Joseph Benzavidez, John Dodson, John Moraga, Ali Bagautinov e, mais recentemente no UFC 178, derrotou Chris Cariaso. Demetrious tem um jogo versátil para o MMA. Reflexos e dinâmica em pé, versatilidade na luta agarrada e volume de jogo incontestável.

Além das principais, houve mais duas lutas remarcadas. Cláudio Hanibal Silva enfrentaria Nordine Tale, mas se machucou e deu lugar a Chris Clemens. O americano Abel Trujillo teve de se retirar e o novo adversário de John makdessi será Sgane Campbell, na categoria dos leves.

O card deste sábado sofreu algumas baixas. A primeira foi a luta entre Hector Lombard e Rory Macdonald. Como o cubano testou positivo no exame antidoping de sua luta contra Josh Burkman, no UFC 182 em janeiro, ele foi suspenso e Rory foi realocado para o UFC 189, onde disputa o cinturão meio-médio contra Robbie Lawler. A segunda foi entre a disputa do cinturão do peso-galo. TJ Dillashaw se lesionou e a luta contra o brasileiro ex-campeão Renan Barão foi marcada para o dia 25 de julho, no UFC on FOX 16.

No evento principal da noite, teremos a disputa do cinturão dos pesos-mosca do UFC. O atual campeão, Demetrious Johnson, enfrentará o japonês Kyoji Horiguchi. No co evento, o ex-campeão do UFC Quinton Rampage Jackson fará sua volta a organização disputando frente a frente com o brasileiro Fábio Maldonado, o Caipira de Aço, em luta válida no peso combinado de até 97kg..

Boa noite ao leitor que navega na VAVEL Brasil. Hoje, iremos acompanhar em tempo real o UFC 186, que ocorre na cidade de Montreal, no Canadá. O evento tem início as 19h30.

VAVEL Logo