Especial Draft NFL 2015 - NFC Leste
(Foto: Editoria de Arte/Marcello Neves - VAVEL.com)

Divisão que contém mais franquias com títulos de Super Bowl, a NFC Leste é considerada uma das mais equilibradas da NFL.

Dallas Cowboys, New York Giants, Washington Redskins e Philadelphia Eagles fazem parte da divisão, e os três primeiros contam com mais de um título da grande final do esporte.

Confira o que cada uma dessas franquias devem fazer no Draft, que ocorre no próximo dia 30, para que voltem ao cenário de equipes mais fortes da liga para a próxima temporada:

New York Giants

A franquia de Nova Iorque teve um recorde de seis vitórias e dez derrotas na temporada passada, o que lhe rendeu a terceira posição na divisão, muito aquém do esperado entre dirigentes e torcedores.

Com um Eli Manning inconsistente e uma linha defensiva que não passava confiança, os Giants adiaram novamente o sonho do Super Bowl.

A equipe sofreu muito nesse período de transferência, perdendo jogadores considerados importantes nas suas posições, a exemplo do fim precoce da carreia de David Wilson, além da saída do defensive end Mathias Kiwanuka e o fim do contrato de Antrel Rolle.

Para compensar as baixas sofridas, a franquia contratou o running back Shane Vereen, que estava no New England Patriots, o wide receiver, ex-Dallas Cowboys, Dwayne Harris, a fim de torná-lo um provável retornador, o linebacker Jonathan Casillas, o right tackle Marshall Newhouse, o defensive end George Selvie e o nose tackle Kenrrick Ellis, que integra a equipe com o objetivo de melhorar o sistema defensivo do time contra as corridas adversárias.

No recrutamento, a franquia vai precisar reforçar o seu elenco principalmente na defesa, setor no qual o time perdeu muitos jogadores.

Danny Shelton, nose tackle, foi eleito o melhor jogador universitário da posição e dono de nove sacks e terminou a temporada de 2014 com 93 tackles, sendo o segundo do time nesse quesito em Washington.

Fora da linha defensiva, diversos especialistas apontam o offensive guard Brandon Scherff de Iowa como primeira escolha da equipe.

O jogador conseguiu uma performance de topo no tiro de 40 jardas no Combine da NFL, além de ser eleito para o First-Team Big- ten, o melhor jogador de sua posição em 2014.

Dallas Cowboys

A franquia texana figura como o melhor time da atualidade na NFC Leste, é a favorita para conquistar o título da divisão na próxima temporada. Dono de uma regularidade incrível na NFL, o time de Dallas teve um recorde de doze vitórias e quatro derrotas, e acabou se sagrando campeão de divisão no último ano.

Porém, o clima não é só de alegria em Dallas. A equipe sofreu uma significativa perda no setor ofensivo: DeMarco Murray, que quebrou o recorde do time ao correr para 1.845 jardas na última temporada, assinou com o rival Philadelphia Eagles.

Para piorar, o time provavelmente não terá a disposição o reserva imediato de Murray, Joseph Randle, que se envolveu em uma confusão e foi conduzido a uma delegacia por estar em posse de maconha. O atleta terá que enfrentar a comissão disciplinar da liga e deve ser punido caso seja confirmada a acusação.

Além de DeMarco Murray, Jason Garret não poderá contar com jogadores importantes para o time na temporada passada, como o defensive tackle Henry Melton, os linebackers Bruce Carter e Justin Durant, capitão e um dos melhores jogadores da defesa em 2014, o offensive tackle Jermey Parnell e o wide receiver Dwayne Harris, que deixaram a equipe no último mercado de transferências.

Apesar das perdas fundamentais no elenco para a temporada, o time soube aproveitar muito bem a free agency. A franquia reestruturou o contrato de Tony Romo, abrindo espaço no teto salarial, possibilitando as renovações de Rolando McClain, o wide receiver Cole Beasley e o right tackle Doug Free, além da importante contratação que inclui o defensive end Greg Hardy,

A primeira possível escolha dos Cowboys tende a ser o cornerback Kevin Johnson, oriundo de Wake Forest. O jogador conseguiu quatro performances de topo no Combine, além de encerrar sua carreira no universitário com 44 tackles e sete interceptações.

Além de Johnson, a franquia de Dallas segue atrás de um running back capaz de substituir DeMarco Murray e no Draft surge boas opções de jogadores como Melvin Gordon, de Wisconsin.

Eleito First-Team All-American e detentor de um recorde na FBS, uma das divisões da NCAA, Gordon teve 480 jardas percorridas em apenas um jogo na temporada passada.

Philadelphia Eagles

Bons ventos sopram a favor da franquia da Filadélfia. A chegada de DeMarco Murray, principal aquisição do time na temporada, será um dos nomes importantes para um ano de sucesso. O jogador chegou aos Eagles para ocupar a vaga deixada por LeSean McCoy que acertou com o Buffalo Bills.

Por pouco a equipe não conseguiu a classificação para os playoffs por wild card na temporada passada, com dez vitórias e seis derrotas.

No momento, a prioridade dos Eagles é a chegada de um safety. Então, a franquia deve draftar Landon Collins, de Alabama.

Eleito com votos unânimes para o Fisrt-Team All-American, o atleta venceu na temporada passada o SEC Championship e encerrou o ano com 98 tackles e três interceptações.

Washington Redskins

Os Redskins não tiveram uma temporada memorável no ano passado. Com um recorde de apenas quatro vitórias e doze derrotas, a franquia amargurou o último lugar da divisão.

O time pouco se movimentou no mercado e o destaque vai para a contratação do cornerback Chris Culliver, ex-San Francisco 49ers.

Para os Redskins, a salvação se encontra no recrutamento. Com uma boa posição de escolha, a franquia de Washington aposta na aquisição do outside linebacker Randy Gregory, de Nebraska.

Com 54 tackles totais, sete sacks e uma interceptação, Randy deve reforçar o front seven dos Redskins na próxima temporada. O jogador pode ser importante na pressão aos quarterbacks adversários.

VAVEL Logo