Resultado UFC 188: Fabricio Werdum - Cain Velasquez
(Foto: Marcello Neves/VAVEL)
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Encerramos por aqui a transmissão do UFC 188. Obrigado a todos que estiveram por aqui. Semana que vem voltaremos com o UFC Fight Night Berlim, que terá a disputa do cinturão peso-palha-feminino do UFC: a polonesa Joanna Jędrzejczyk encara a americana Jessica Penne. Até lá.

Com título de Werdum, Brasil agora volta a ter três campeões no UFC.

Velasquez: "Perdão a todos do Mexico. Infelizmente não tem mais o que fazer, tenho caminho a seguir. Na próxima vamos ganhar."

Werdum: "Agradeço a todos. Respeitem o Cain e eu o respeito. Agardecer ao Brasil, minha equipe e família. Que luta dura. Eu tinha a estratégia, vim pro México 35 dias antes e deixei a família. Estou aqui porque fiz por onde e segurei adiante."

RESULTADO OFICIAL: Fabricio Werdum vence Cain Velasquez por finalização no terceiro round e é o campeão linear do UFC na categoria dos pesados.

FINALIZADO! Fabricio Werdum encaixa guilhotina e vence o combate.

Werdum fica de pé e até tentou uma finalização, mas Cain se defende.

Cain consegue a derrubada, mas falta pressão para manter o brasileiro em apuros com as costas no tablado.

Começa o terceiro round.

Werdum acerta duas joelhadas. Fim de segundo round!

Sangue no rosto vai atrapalhando o americano, que perde tempo e percepção dos goleps do atleta gaúcho.

Werdum acerta jabs e cruzados e Velasquez responde, ambos já estão exaustos.

Velasquez conecta chutes baixos e Werdum responde com jabs, mas tem pouca movimentação.

Recomça o combate!

Fim do primeiro round.

Cain diminui o ritmo, mas ainda assim é superior no combate.

Werdum consegue aplicar uma queda, mas logo o duelo volta a ficar de pé.

Jab e uppercut entram no rosto de Werdum, que volta a ficar com as costas colada na grade.

Logo no início, Cain Velasquez leva a luta para a grade enquanto Werdum mantém o clinche do muay thai, travando o braço do americano.

Começa a luta!

Bruce Buffer apresenta ambos para a luta.

Cain vem de vitória para Júnior Cigano no UFC 166, realizado em Houston, Texas.

E vem para o check-up o americano Cain Velasquez.

Werdum entra ao som da trilha sonora de "O último dos moicanos" e com seu staff.

ITS TIME! Cain Velasquez - Fabricio Werdum na unificação dos títulos dos pesados.

Alvarez: "Gostaria de me abrir mais na luta, mas honestamente ir até o fim já foi incrível."

RESULTADO OFICIAL: Eddie Alvarez vence Gilbert Melendez por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28).

Fim de luta! Vamos aguardar o resultado oficial dos juízes.

Luta volta ao centro faltando apenas um minuto. Gilbert já sente dificuldades em respirar. Eddie acerta mais um golpe rodado.

Ambos estão mais cansados, todavia Eddie Alvarez parece explodir mais nos golpes que tenta usar e acaba confundindo Melendez.

Round começa com mais uma queda por parte de Alvarez, que aos poucos vai pontuando.

Começa o último round!

Fim do segundo round.

As vaias da torcida ficam mais evidentes.

Gilbert tentou a queda, Alvarez se defende com sucesso e o combate volta ao centro do octógono sem nenhum ataque mais efetivo.

Muito equilíbrio por parte dos dois atletas. Mesmo com ferimento no olho esquerdo, Alvarez segue firme no octógono.

Recomeça o duelo!

Fim do primeiro round.

Gilbert acerta um soco dentro da guarda de Alvarez, que passa a tomar uma postura mais defensiva na luta.

O duelo começa muito estudado. Jabs em sequência só aplicados por Melendez.

Começa a luta!

Melendez perdeu para Anthoni Pettis a chance de ganhar o cinturão dos leves no UFC 181.

Em sua estreia no UFC, Alvarez foi derrotado pro Donald Cerrone no UFC 178.

Vamos ao co main event da noite: Gilbert El Niño Melendez - Eddie Alvarez. Ex-campeões de Strikeforce e Bellator agora no octógono, nos leves.

Gastelum: "Bom, foi a melhor vitória de minha carreira. Tiro o chapeu pra minha equipe, muito obrigado a todos que vieram. Também achei que ele não fosse parar, ele é ex-campeão e temos que respeitar muito."

RESULTADO OFICIAL: Kelvin Gastelum vence Nate Marquardt por nocaute técnico ao fim do segundo round.

E os técnicos do Marquardt pediram para que o combate fosse encerrado. Nate já não aguenta mais a pressão. Vitória de Kelvin Gastelum.

Fim do segundo round.

Entregue, Marquardt não reage com golpes a Gastelum, mesmo assim ainda não deixou o árbitro interromper a luta.

Ex-TUF 17 está com amplo domínio na luta, aplicando socos e joelhadas.

Começa o segundo round!

Gastelum esteve perto de ganahr a luta mas o round se encerrou.

Nate ainda ensaiou uma queda mas não segurou Kelvin por tempo lá.

Gastelum cerca Marquardt na grade e conecta alguns jabs e diretos, deixando The Great mais receoso na hora de andar pra frente.

Começa a luta!

Marquardt vem de derrota para Brad Tavares no UFC 181. Enquanto Gastelum sobe de categoria após derrota para Tyron Woodley e problemas com corte de peso.

Combate entre gerações distintas: o jovem Kelvin gastelum encara o veterano Nate Marquardt, na categoria dos médios.

Yair: "To feliz, quero agradecer a Deus e a todo povo que veio me apoiar. Essa luta dedico a todos que me ajudam nessa caminhada."

RESULTADO OFICIAL: Yair Rodriguez vence Charles Rosa por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28).

Rosa só agora fica por cima por mais tempo seguido, mas Yair permanece sem se assustar. Fim de luta e vamos ao resultado oficial dos juízes.

Atleta do México buscou outro triângulo, mas por pouco Rosa se livra da posição. Enquanto isso, muito sangue sai do rosto do norte-americano.

Rosa troca golpes e tenta double lag, até derrubar Yair Rodriguez.

Começa o último round!

Fim do segundo round.

Rodriguez abre ferimento no rosto do rival, que jorra sangue com frequência.

Anfitrião acerta cotovelada rodada no americano e montou, mas rpeferiu a luta em pé novamente.

Rodriguez segue com chutes na parte inferior, enquanto Rosa tem dificuldades em entrar nas quedas e por Yair no chão.

Começa o segundo round.

Fim do round inicial.

Agora é a vez de Charles mochilar Rodriguez e tentar domínio no combate.

Chutes rodados e frontais desferidos por Yair chegaram a abalar Rosa ainda no início de luta, mas o mexicano foi ao solo e encaixou o triângulo, que segue sendo defendido pelo americano.Começa o combate!

Na bolsa de apostas, Rosa é o favorito.

"El Pantera" é campeão do TUF America Latina da categoria, vencendo Leonardo Morales. Já Rosa bateu Sean Soriano por finalização em janeiro.

Próximo combate entre pesos-pena: mexicano Yair Rodriguez entra em embate contra Charles Rosa.

RESULTADO OFICIAL: Tecia Torres vence Angela Hill por decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27).

Fim de luta. Vamos aguardar o resultado oficial dos juízes.

Na grade, Torres agarra as pernas de Hill. Mas John McCarthy interrompe o combate.

Angela Hill não conecta os socos, apesar da maior envergadura. Tecia se aproveita para manter o ritmo e levar a luta na ponta dos dedos até o fim.

Começa o terceiro round!

Em pé, tecia Torres segue sem dar descanso a Hill. Fim do segundo round.

Facilmente, Tecia controla mais uma vez por cima no solo, passando a guarda e ensaiando finalizações.

Começa o segundo round!

Fim do primeiro round.

Tecia Torres coloca a luta no chão sem dificuldades e vai controlando por cima pesando no corpo do oponente.

Overkill segue socando.

Vamos a primeira luta do card principal: Tecia Torres encarando Angela Hill.

Uma pequena pausa e logo mais o card principal. Confira as cinco lutas.
CARD PRINCIPAL:
Peso-pesado:Cain Velásquez (USA) x Fabricio Werdum (BRA) (título dos pesados)
Peso-leve: Gilbert Melendez (USA) x Eddie Alvarez (USA)
Peso-médio: Kelvin Gastelum (USA) x Nate Marquardt (USA)
Peso-pena: Yair Rodriges (MÉX) x Charles Rosa (USA)
Peso-palha feminino: Tecia Torres (USA) x Angela Hill (USA)

Cejudo: "Muito obrigado ao público a verdade é que sou americano mas tenho raízes mexicanas e fui campeão mundial em 2008. Quero ser campeão do UFC."

RESULTADO OFICIAL: Henry Cejudo vence Chico Camus por decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27).

Final frenético e Cejudo conseguiu levar oponente de costas ao solo. Fim de luta e vamos aguardar o resultado oficial dos juízes.

Henry sente um pouco o cansaço e diminui o volume de golpes para abrir o espaço para as quedas.

Camus aplica joelhada mas logo entra no clinche do adversário, que ainda não consegue o takedown.

Luta paralisada por uma dedada acidental de Henry Cejudo em Camus. Mas combate já volta

Começa o round final.

Fim do segundo assalto.

O momento de Henry Cejudo é melhor, vai deixando Chico desgastado e com braços cansados, sem poder ajustar sua potência nos golpes.

Começa o segundo assalto.

Fim do primeiro round.

Empurrando na grade! Cejudo segue a risca sua estratégia e vai cansando o seu oponente.

Apesar de trabalhar muito na luta olímpica, Cejudo passa mais tempo na trocação. Camus nesse quesito leva vantagem.

Começa a luta!

Cejudo entrou ao octógono fantasiado de Cleópatra

Confirmado: o UFC voltará ao México no dia 21 de novembro, na cidade de Monterrey para as finais do TUF America Latina 2. Informação da Evelyn Rodrigues, do combate.com

Camus vem de vitória sobre Brad Pickett em novembro. Já Cejudo bateu Chris Cariaso em 2015.

E vamos a última luta do card primário: o promissor americano Henry Cejudo vai enfrentar Chico Camus, na categoria dos moscas.

Escudero chega a sua segunda vitória consecutiva e a 24° na carreira.

RESULTADO OFICIAL: Efrain Escudero vence Drew Dober por finalização aos 54 segundos do primeiro round.

MAIS UMA! Efrain Escudero finaliza Dober em menos de um minuto com outra guilhotina.

Começa a luta!

Ambos os atletas já estão posicionados no octógono.

El Mexico bateu em fevereiro o brasileiro Rodrigo Monstro, que hoje já não está mais na organização.

Dober vem de derrota contestada sobre Leandro Buscapé no UFC Rio 6, em março. Sem ter apagado ou batido por ser finalizado, Drew teve sua luta encerrada pelo juíz.

Penultimo combate do card preliminar: Efrain "El Mexico" Escudero bate de frente contra Drew Dober, pelos leves.

FOTO: Patrick Williams finaliza Alejandro Perez em 23 segundos de luta.

Foto: Esther Lin

Em 4 lutas, mexicanos venceram apenas uma, a primeira com Gabriel Benitez.

FOTO: Diario Record. Cathal Pendred derrota Augusto Montaño por decisão unânime, apesar das vaias do público ao duelo.

RESULTADO OFICIAL: Patrick Williams vence Alejandro perez por finalização aos 23 segundos do primeiro round.

22 segundos de luta e Williams aplicou um knockdown, em seguida deixou a finalização justa. Vitória do norte-americano.

BATUCOU. Patrick Williams finaliza o mexicano Alejandro Perez.

Arena Ciudad do Mexico ainda não está cheia. Aos poucos, o público vai chegando para prestigiar o evento.

"Diablito" volta as lutas após derrotar Jose Quiñonez no UFC 180 e conquistar o título do reality show.

Williams vem de nocaute brutal sofrido contra Chris Beal no UFC 172.

E já ligado no próximo combate. Campeão do TUF America Latina, o peso-galo Alejandro Perez vai encarar o americano Patrick Williams.

RESULTADO OFICIAL: Johnny Case vence Francisco Trevino por decisão unânime dos juízes. (triplo 30-27)

Fim de luta! Vamos esperar o resultado oficial dos juízes.

Frank ainda aspira tentar a finalização, mas Case está consciente de que vai vencendo a luta.

Decidido a acabar o combate, Johnny não cansa de golpear o mexicano.

Começa o último round.

Case tenta aplicar ganchinhos em Trevino ainda no solo, mas é defendido. Fim do segundo round.

Apesar de guilhotina encaixada, Case deixa escapar a posição e fica por baixo do mexicano.

Americano troca um pouco e coloca a luta pra baixo. Trevino apesar de ficar em desvantagem, ainda segue com gás para permanecer na luta.

Recomeça o combate.

Fim do primeiro round.

Combate foi reiniciado.

Case acusa uma dedada no olho desferida pro Trevino. Combate está parado.

Johnny começa mais ativo na luta, porém Trevino não se retrai e ainda chama o americano para o combate.

COMEÇA O COMBATE.

Em sua estreia no UFC Japão, em setembro, Case finalizou o anfitrião Kazuki Tokudome.

Case vem de vitória no UFC Boston contra Frankie Perez em janeiro. Já Trevino, não luta desde março de 2014, quando venceu na estreia do UFC o brasileiro Reneé Forte.

Mais México na noite. No terceiro combate, entre os leves, Francisco Trevino encara Johnny Case.

RESULTADO OFICIAL: Cathal Pendred vence Augusto Montaño por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28).

Fim de luta! Vamos aguardar o resultado oficial dos juízes.

Luta com chuva de vaias desde o início. A luta agarrada de Pendred vem de encontro com o giro relapso de Montaño no octógono.

Começa o último round.

Fim de round.

Irlandês não dá refresco e segue nas pernas de Montaño, mas ainda assim conseguiu a queda.

Montaño acertou um cruzado no rosto de Pendred, que sentiu o golpe e entrou nas pernas do mexicano.

Começa o segundo assalto!

Fim do primeiro round.

Combate segue morno apesar dos atletas prometerem que não iam esperar as ações do outro.

COMEÇOU A LUTA!

Mexicano, "Dodger" vem de vitória no UFC 180 contra Chris Heatherly, Já Pendred venceu 3 das 3 lutas que fez no UFC. A última foi contra Sean Spencer em janeiro.

E vamos para o segundo combate da noite. Augusto Montaño encara Cathal Pendred, nos meio-médios.

RESULTADO OFICIAL: Gabriel Benitez vence Clay Collard por decisão unânime dos juízes.

Benitez melhor no jogo de chutes e joelhadas. Collard está acuado.

Segundo round.

Já estamos na primeira luta. Gabriel Benitez - Clay Collard

Confira a pesagem do UFC 188:

CARD PRINCIPAL:
Peso-pesado:Cain Velásquez (USA) x Fabricio Werdum (BRA) (título dos pesados)
Peso-leve: Gilbert Melendez (USA) x Eddie Alvarez (USA)
Peso-médio: Kelvin Gastelum (USA) x Nate Marquardt (USA)
Peso-pena: Yair Rodriges (MÉX) x Charles Rosa (USA)
Peso-palha feminino: Tecia Torres (USA) x Angela Hill (USA)

CARD PRELIMINAR:
Peso-mosca: Henry Cejudo (USA) x Chico Camus (USA)
Peso-leve: Drew Dober (USA) x Efrain Escudero (MÉX)
Peso-galo: Alejandro Pérez (MÉX) x Patrick Williams (USA)
Peso-leve: Johnny Case (USA) x Francisco Trevino (MÉX)
Peso-meio-médio: Augusto Montaño (MÉX) x Cathal Pendred (IRL)
Peso-pena: Gabriel Benítez (MÉX) x Clay Collard (USA)

EIS AS LUTAS!

Nessa semana, o evento sofreu uma baixa. O duelo entre Albert Tumenov e Andrew Tdhunter teve de ser canclado por Todhunter ter sofrido com problemas para cortar o peso. Ele teve de substituir Hector Urbina faltando onze dias para o duelo acontecer.

A moderna Arena Ciudad del Mexico será palco para o show deste sábado, pela segunda vez. A capacidade do local giram em torno de 22.300 expectadores e foi aberta em 25 de dezembro de 2012.

Fechando o card principal, as americanas Tecia Torres e Angela Hill (TOPs 15 peso-palha) vão se enfrentar para ficar próximas de uma possível disputa de cinturão da categoria.

Mais dois campeões do TUF estarão em ação esta noite. Os mexicanos Yair Rodriguez (pena) e Alejandro Pérez (galo) vão enfrentar Charles Rosa e Patrick Williams, respectivamente.

Nos médios, o campeão do The Ultimate Fighter 17, Kelvin Gastelum, foi obrigado a subir de categoria (por problemas no corte de peso) e vai encarar Nate Marquardt. The Great já encarou nomes de peso no MMA como Anderson Silva, Demian Maia, Ricardo Cachorrão e Thales Leites. Vem de derrota para Brad Tavares no UFC 181.

No co main event da noite, duelo entre americanos que um dia já foram considerados os melhores pesos-leves do mundo, mesmo fora do UFC. O ex-campeão do Bellator, o americano que treina na Blackzilinas, Eddie Alvarez, colidirá contra o parceiro de treino dos irmãos Diaz e ex-campeão do Strikeforce, Gilbert Melendez. Ambos vão tentar se recuperar de derrota em 2014. Alvarez para Donald Cerrone em setembro, e em dezembro, "El Niño" foi finalizado por Anthony Pettis.

Cain Velasquez não gostou de Werdum ter afirmado que se sentia mais mexicano que ele e nesta semana deixou o brasileiro sem resposta ao ser cumprimentado. O americano deu sua resposta: "Eu não gosto de pessoas falsas, de gente que, no dia anterior está falando mal de você e que, no dia seguinte tenta ser legal com você, se fazer de amigo. Se você quer ser de um jeito, seja assim, não tente ter duas caras. Eu não respeito isso. Todo mundo sabe o que ele disse no dia anterior e está ok, mas fique com isso e seja essa pessoa, não tente ser meu amigo no dia seguinte, porque não vai funcionar."

Na bolsa de apostas, o favorito para o duelo é o americano, que tem -400. Já Werdum é o azarão com +475. Como coincidência entre si, ambos já derrotaram Rodrigo Minotauro e Antônio Pezão, porém foram derrotador por Júnior Cigano por nocaute ainda no primeiro round.

Velasquez se apoia no wrestling (luta olímpica) all american para o combate. Os treinos na AKA (Anmerican Kickboxing Academy) com Javier Mendez e treinar jiu jitsu com o faixa-preta campeão absoluto Marcos Buchecha mostram que o combate será equilibrado em todas as áreas da luta.

Como ponto forte, Werdum tem em seu jiu jitsu o garbo. Campeão mundial e panamericano nas faixas roxa e preta e tendo realizado mais de cem lutas na arte suave. Porém, vem treinando a trocação com Rafael Cordeiro nos Estados Unidos, que tem raízes no muay thai da Chute Boxe e é um dos melhores treinadores do mundo.

Detentor do cinturão interino dos pesados após vencer Mark Hunt no UFC 180, em novembro passado, Fabrício Werdum espero mais de um ano para que o combate deste sábado pudesse ocorrer. Acumulando 19 vitórias e cinco derrotas em seu cartel, Werdum pode alcançar seu primeiro cinturão linear de alguma organização em toda sua carreira.

Com cartel de 13 vitórias e apenas uma derrota, o americano natural de Salinas na Califórnia, Cain Velasquez vai por seu cinturão em jogo pela terceira vez consecutiva. Velasquez não sabe o que é lutar com outro adversário a não ser Antônio Pezão e Júnior Cigano desde 2010, quando tomou o cinturão de Brock Lesnar com nocaute ainda no primeiro round. Velasquez não sobe no octógono desde outubro de 2013.

Boa noite leitor que navega na VAVEL Brasil! Acompanhe agora o UFC 188, que terá a disputa pelo cinturão definitivo dos pesados, entre Cain Velasquez e o brasileiro Fabrício Werdum. O evento terá início as 20h, na Arena Ciudad de México, na Cidade do México.

VAVEL Logo