Denver Broncos consegue virada no segundo tempo e vence Patriots na prorrogação

Fechando a rodada deste domingo, Denver Broncos e New England se enfrentaram no Colorado e deu Broncos na prorrogação por 30 a 24, tirando a invencibilidade do rival além de encostar cada vez mais na briga pelo primeiro lugar da Conferência Americana.

Coube a CJ Anderson ser o destaque da partida correndo para 113 jardas(7,5 de média) e anotando 2 touchdowns para o Denver Broncos que ainda viu Emannuel Sanders receber 6 passes, um deles na end zone, somando as mesmas 113 jardas do companheiro.

A bola começou com o Denver Broncos mas Brock Osweiler esbarou na forte defesa se vendo em apuros logo no primeiro snap quando Rob Ninkovich parou o jogo terrestre e na sequencia Patrick Chung defendeu bem o passe longo. Na hora de devolver a bola, Colquitt teve problemas no punt deixando New England em excelente posição de campo.

Foi a senha para Tom Brady aproveitar. O ataque patriota ainda que sem alvos foi todo pelo ar na campanha inicial acionando La Fell e Gronkowski. O TE não teve dificuldades e recebeu 2 passes incluindo o do Touchdown quebrando os tackles sem a menor cerimônia. 2 minutos de posse e 7 a 0 no placar após chute extra de Gostkowski.

Na pontuação seguinte, Chandler Jones literalmente roubou a bola em passe espalmado na linha de scrimmage deixando seu time em boa posição de campo, na linha de 20 jardas no ataque. Quando o ataque começou, Talib ainda havia cometido falta durante o primeiro lançamento e deu mais 5 jardas grátis a Brady e companhia. Tom não desperdiçou lançando para Scott Chandler no canto da endzone aumentamdo ainda mais a vantagem. 14 a 0 depois do ponto extra.

Usando o jogo corrido, os Broncos capitalizaram a posse de bola em 10 jogadas conquistando 77 jardas ao longo de 05:41 minutos nessa campanha. Ronny Hillman e CJ Anderson se alternaram como corredores e Brock Osweiler ainda adicionou passes curtos. O fim da jogada foi uma corrida por toda red zone onde Hillman escapou sem ser encostado pela defesa advsersária, anotando os primeiros pontos de Denver no fim do primeiro tempo.

Broncos volta defendendo bem e ganha partida na prorrogação

Com neve mais forte e as defesas também, as duas equipes passaram os 15 minutos sem pontuar. Quem esteve mais perto foi o Denver quando Brandon McManus desperdiçou field goal de 47 jardas que deixaria os Broncos próximos no placar. Numa jogada rápida na posse subsequente New England anotou touchdown com Brandon Bolden correndo 63 jardas depois da recepção e alargando a vantagem para 14 pontos, 21 a 7.

Os Patriots começaram a jogar mal, falharam nos times especiais sofrendo fumble e a defesa deu espaço para o ataque terrestre dos Broncos. CJ Anderson achava os espaços e anotou o touchdown de x jardas deixando a partida em aberto, 14 a 21. O Broncos não parou por ai, anotou 10 pontos em seguida virando o jogo quando Andre Caldwell anotou TD deixando Tom Brady desesperado com 74 segundos no relógio precisando pontuar.

Brady teria 74 segundo para marcar um field goal e levar o jogo para prorragação utilizando recebedores reservas e apenas um tempo já que Gronkowski abandonou o campo de jogo no meio da campanha. Ele conseguiu avançar, Gostkowski acertou chute das 47 jardas e empartou, 24 a 24 levando à prorrogação. 

Começando com a bola e aproveitando o momento, New England achou que venceria o jogo mas Talib fez sua parte na secundária e o Broncos recebeu tendo a chance de vencer. Em uma corrida de 48 jardas de Anderson, Denver marcou o touchdown e garantiu a vitória, findando a campanha invicta dos atuais campeões e encostando na disputa pelo seed #1 da Conferência Americana.

Vikings bate Falcons na Geórgia e se isola na liderança da NFC Norte

Na tarde deste domingo (29) Atlanta Falcons (6-5) e Minnesota Vikings (8-3) enfrentaram-se no Georgia Dome em partida válida pela 12 semana da temporada da NFL.

Utilizando muito o jogo corrido e forçando 3 turnovers, os Vikings triunfaram por 20 a 10 e, com isso, assumiram a liderança da NFC Norte. O destaque da partida ficou por conta do running back Adrian Petersonque foi acionado 29 vezes, conquistando 158 jardas e 2 touchdowns. 

Na próxima semana, ambas as equipes jogaram no domingo (06). Os Falcons irão até a Flórida para enfrentar o Tampa Bay Buccaneers. Já o Minnesota Vikings joga em casa, no TCF Back Stadium, contra o Seattle Seahawks.

Em primeiro tempo equilibrado e com muitos turnovers, Vikings vai para o intervalo na liderança

Com a primeira posse de bola do jogo, os Vikings não conseguiram avançar e foram para o punt. Os Falcons receberam a bola mas também não foram muito longe. De volta ao ataque, os Vikings abriram o placar da partida com uma corrida de 1 jarda do running back Adrian Peterson. Na primeira jogada do drive seguinte, os Falcons viram o running back Tevin Coleman sofrer e perder um fumble na corrida. Os Vikings, porém, não aproveitaram o turnover, já dentro da red zone o quarterback Teddy Bridgewater foi interceptado pelo safety Ricardo Allen.

Já no segundo quarto, os Falcons transformaram o turnover em pontuação, o time da casa marcou os primeiros 3 pontos com um chute 31 jardas do kicker Shayne Graham, em uma campanha de mais de 8 minutos. Na sequência, os Vikings não conseguiram avançar e foram para o punt. Dentro do two-minute warming, o time da casa avançava bem até o quarterback Matt Ryan ser interceptado pelo cornerback Captain Minnerlyn. A franquia de Minnesota ainda conseguiu chegar em posição de field goal, mas o kicker Blair Walsh errou o chute. Com isso, os visitantes foram para o intervalo liderando por 7 a 3.

Vikings domina o segundo tempo e não dá chance para o time da casa

No primeiro drive do segundo tempo, os Falcons chegaram a ficar a 1 jarda de marcar o touchdown, mas uma falta do ataque fez a equipe recuar 15 jardas, na sequência o quarterback Matt Ryan foi interceptado pelo conerback Terence Newman. Aproveitando o turnover, os Vikings aumentaram sua vantagem para 10 a 3 após converter um field goal. Tentado empatar a partida, os Falcons começaram com uma boa campanha, mas um sack do defensive end Everson Griffen forçou a equipe a ir para o punt.

Já no último quarto de jogo, os visitantes aumentaram a ventagem com mais um field goal convertido por Walsh, este de 29 jardas. Precisando virar a partida, os donos da casa chegaram ao meio de campo e tiveram que arriscar um quarta descida, mas a defesa dos Vikings apareceu e forçou o turnover on downs. Aproveitando a boa posição de campo, os Vikings marcaram mais um touchdown, desta vez com uma espetacular corrida de Adrian Peterson para 35 jardas. A equipe da casa ainda chegou a marcar um touchdown em conexão com o wide reciver Nick Williams, mas já era tarde demais. Assim, o Vikings chegou a sua oitava vitória na temporada, já os Falcons chegaram a sua quinta derrota nos últimos seis jogos.

Confira os demais jogos e resultados da semana 12 da NFL:

Quinta-feira, 26/11

15h30

Detroit Lions 45 x 14 Philadelphia Eagles

19h30

Dallas Cowboys 14 x 33 Carolina Panthers 

23h30

Green Bay Packers 13 x 17 Chicago Bears

Domingo, 29/11

16h00

Atlanta Falcons 10 x 20 Minnesota Vikings

Cincinnati Bengals 31 x 7 St. Louis Rams

Indianapolis Colts 25 x 12 Tampa Bay Buccaneers

Houston Texans 24 x 6 New Orleans Saints

Jacksonville Jaguars 25 x 31 San Diego Chargers

Kansas City Chiefs 30 x 22 Buffalo Bills

New York Jets 38 x 20 Miami Dolphins

Tennessee Titans 21 x 24 Oakland Raiders

Washington Redskins 20 x 14 New York Giants

VAVEL Logo