Resultado Broncos 24 x 10 Panthers no Super Bowl 2016

Resultado Broncos 24 x 10 Panthers no Super Bowl 2016

diego-luz
Diego Luz
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Fique ligado no nosso site para saber mais sobre o mundo dos esportes. Nosso muito obrigado por acompanhar esse jogo. Um ótimo carnaval, uma ótima noite e até a próxima. 

Vamos encerrando por aqui a grande transmissão da maior final dos esportes americanos. Deu Denver Broncos, em jogo marcado pela forte defesa.

Parabéns ao Denver Broncos, parabéns aos seus torcedores, inclusive no Brasil. 

A festa é de Denver!

Chuva de papel picado, chuva de lágrimas dos vencedores e dos derrotados. Festa de campeão e decepção de quem fez a melhor campanha da temporada.

E o melhor do jogo, sem sombra de dúvidas, VON MILLER, linebacker dos Broncos.

Cumprimentos de Peyton Manning e Gary Kubiack em seus adversários. A festa é da equipe do Colorado.

As defesas dominam, mas o DENVER BRONCOS AMASSA, ATROPELA e vence pela terceira vez!

DENVER BRONCOS, CAMPEÃO DO SUPERBOWL 50!

4º Quarto: Segundos finais. Todos se viram para Peyton Manning. Seu possível último jogo. Pode se aposentar.

4º Quarto: Jogadores começam a festa. Segundos finais.

4º Quarto: O foco é todo para Peyton Manning. Gary Kubiack toma o banho de isotônico gelado. A festa explode.

4º Quarto: Peyton Manning já recebe cumprimentos, há uma tímida comemoração e a festa vai tomando corpo.

4º Quarto: CJ Anderson não avança e a bola vai voltar para Carolina.

4º Quarto: Corre, gasta o relógio, queima o tempo. É o Denver na caça do tri. 3ª pra 7.

4º Quarto: O troféu já se faz presente no gramado de San Francisco. Os Broncos chegam muito perto para o título.

4º Quarto: A bola é do Denver. Vamos para os dois minutos finais!

4º Quarto: Cam Newton quase sofre o sack na endzone e a final vai tendo seu campeão!

4º Quarto: ENTERRADO, O MENINO CAM NEWTON! DeMarcus Ware engole Cam Newton! Denver Broncos à um passo do título!

4º Quarto: Linha de 20 de defesa para começar o ataque dos Panthers.

FOWLER, PRA DEIXAR A TAMPA NO CAIXÃO! Conversão feita e 24-10.

PARA COLOCAR UMA MÃO E MEIA NO TROFEU! Corrida na raça, na vontade, aos trancos e barrancos. E vem tentativa de conversão de dois pontos.

4º Quarto: TOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUCHDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOWN, CJ ANDERSON, DO DENVER BRONCOS!

4º Quarto: FALTA! SEGURADA ANTES DO PASSE e a bola vai pra linha de duas jardas!

4º Quarto: CJ Anderson avança até a linha de 4 jardas. Que jogo!

4º Quarto: 1ª para o gol que fica no meio do caminho.

4º Quarto: Cam Newton sofre a perda, a bola fica pipocada, fica viva, todos tentam, até o juíz tentou pegar, virou uma guerra e os Broncos recuperam!

4º Quarto: JESUS, MARIA, JOSÉ E TODO PRESÉPIO DE NATAL, FUUUUUUUUUUUUUUMBLE!

4º Quarto: Cam Newton manda um gato morto para Funchess. 3ª pra 9.

4º Quarto: Avanço curto. 2ª pra 9.

4º Quarto: Menos de 5 minutos, linha de 24 jardas e o Carolina tem um drive que pode ser mortal.

4º Quarto: CJ Anderson tenta correr de novo e para na porrada. Mais um punt.

4º Quarto: CJ Anderson tenta correr, mas apanha. 3ª pra 9.

4º Quarto: Ronnie Hillman para atrás da linha. 2ª pra 12.

4º Quarto: Bola na linha de 25 de defesa. Vem Broncos.

4º Quarto: Ed Dickson recebe, toma uma pancada mas não avança. Bola retorna para Denver.

4º Quarto: Cam Newton manda a pedra, que desvia e mata a rota. 3ª pra 14.

4º Quarto: E MAIS UMA ALTA... Saída falsa do ataque e uma 2ª pra 14.

4º Quarto: Jonathan Stewart apanha e só ganha uma jarda. 2ª pra 9.

4º Quarto: Cam Newton terá a bola na linha de 28.

4º Quarto: Escorrega Demariyus Thomas e quase Peyton Manning é interceptado. A bola volta pra Carolina.

4º Quarto: CJ Anderson recebe a bola e avança duas jardas. 2ª pra 8 em 31.

4º Quarto: Broncos terão a bola no campo de defesa, linha de 29.

4º Quarto: AGORA SIM! Graham Gano chuta e marca três pontos para os Panthers. 16-10.

4º Quarto: NADA, NADA, NADA! Newton manda pra Ted Ginnn Jr, mas TD Ward não deixa o passe completar.

4º Quarto: Saída falsa e menos jardas apra Carolina. 3ª pra 10.

4º Quarto: Tolbert avança e ganha duas jardas. 3ª pra 5.

4º Quarto: Novamente Stewart, ganhando três jardas. 2ª pra 7.

4º Quarto: LÁ VEM CAROLINA! Avanço de Jonathan Stewart e corre bem para linha de 22.

4º Quarto: Funchess recebe o passe e avança seu time para o ataque. 1ª pra 10 na linha de 34.

4º Quarto: Linha de 50 pra Carolina.

4º Quarto: FUUUUUUUUUUUUUMBLE, MEU DEUS! Manning sofre a pancada, procura o morto e o defunto está nos braços de Robert McClain! Panthers respira.

4º Quarto: Ronnie Hillman não passa da barreira e 3ª pra 14.

4º Quarto: FUMBLE, mas recuperado. Manning perde, mas agarra na sequencia. 2ª pra 14.

4º Quarto: SANDERS! Recepção, avanço e... falta. A defesa do Carolina não ajuda e Denver ataca na linha de 37 de ataque.

Agora é que são elas. Quarto final. São 15 minutos que separam um time da glória máxima. A vantagem é de Denver, mas Carolina vai com tudo pra cima!

3º Quarto: Corrida final de CJ Anderson para na linha de scrimmage e termina o terceiro quarto.

3º Quarto: Posse para os Broncos na linha de 32 de defesa.

3º Quarto: ENTERRADO, CAM NEWTON! Von Miller atropela o QB e a bola retorna para Denver!

3º Quarto: Greg Olsen domina o passe e avança jardas. 3ª pra 8.

3º Quarto: Falta contra Carolina. Estorou o tempo. Menos 5 jardas. 2ª pra 15 na linha de 25.

3º Quarto: NO CHÃO! Cam Newton escapa da pressão, manda pra Ted Ginn Jr, que domina, mas após toque no chão. 2ª pra 10.

3º Quarto: FIRSDOWN! Ted Ginn Jr recebe de Cam Newton e conquista a descida. Linha de 30.

3º Quarto: FICA AÍ! Jonathan Stewart fica na linha de scrimmage. 2ª pra 10.

3º Quarto: Posse na linha de 19.

3º Quarto: Carolina tem falta contra e retorna 15 jardas em sua primeira posse.

3º Quarto: Ronnie Hillman fica no chão e a defesa do Carolina se salva. Vem posse pra Cam Newton.

3º Quarto: NO CHÃO, MANNING! Charles Jhonson enterra o QB dos Broncos. 3ª pra 17.

3º Quarto: CJ Anderson bate e fica na linha de scrimmage. 2ª pra 10.

3º Quarto: Linha de 20 de defesa pra Denver.

3º Quarto: PELO AMOR DO DEUS DO FUTEBOL AMERICANO, INTERCEPTADO, FUMBLE E BOLA PRA DENVER! Cam Newton manda pra Corey Brown. A bola desvia no meio da rota e sobra pra TJ Ward, que interceptou, catou cavaco, sofreu o fumble e viu Darian Stewart salvar a pátria!

3º Quarto: PANCADA! Sai DeMarcus Ware e carimba Newton, que se desfez da bola. 2ª pra 10.

3º Quarto: Bloqueio ajuda, e Jonathan Stewart ganha o firsdown na raça. Linha de 28.

3º Quarto: QUE ISSO, TED? Recebeu passe curto, correu pra trás, virou a esquina, se matou e ganhou três jardas. 2ª pra 6.

3º Quarto: NA CAAAAAAAAIXA! Corey Brown domina o tijolo lançado por Cam Newton e o avanço é de 40 jardas! 1ª pra 10 em 38 de ataque.

3º Quarto: Retorno com touchback. Posse para Carolina na linha de 20 defensiva.

3º Quarto: LÁ DENTRO! Brandon McManus acerta e coloca a vantagem em duas posses. 16-7.

3º Quarto: JESUS... Passe corajoso de Manning, no meio da defesa e a bola chicoteia, sobe, desce e é incompleto. Teremos field goal.

3º Quarto: TIJOLADA. Era pra Emmanuel Sanders, mas Manning mandou uma pedrada na endzone. 3ª pra 5.

3º Quarto: Avanço terrestre de  CJ Anderson com cinco jardas. 2ª pra 5.

3º Quarto: SEGUREM O MANNING! Mais um passe lindo para Sanders. Linha de 23 de ataque. 1ª pra 10.

3º Quarto: Avanço de Ronnie Hillman e 2ª pra 8.

3º Quarto: SANDERS! Recepção e 1ª pra 10 na linha de 38 de ataque.

3º Quarto: Perde a chance de diminuir no placar, o time de Carolina. Uma posse totalmente esquisita e a bola retorna para Denver.

3º Quarto: ERROOOOOOOOOOOOOOOOOU (com voz do Faustão)! Graham Gano manda... na trave!

3º Quarto: NADA, NADA, NADA, NADA! Bola forte demais e o passe incompleto faz uma 4ª pra 11 e um possível field goal de 44 jardas.

3º Quarto: QUAAAAAAASE! Drop que seria mortal de Corey Brown e quase TD! 3ª pra 11.

3º Quarto: PARE! Não corre, Cam Newton. Perde jarda. 2ª pra 11.

3º Quarto: AGORA SIM! Ted Ginn novamente recebe e avança no firsdown. 1ª pra 10 na linha de 25 de ataque.

3º Quarto: Mike Tolbert para na linha de scrimmage. 2ª pra 9. 

3º Quarto: FIRSDOWN, SQN... Falta faz o time dos Panthers recuarem 15 jardas. 1ª pra 10 na linha de 40.

3º Quarto: AQUI NÃO! DeMarcus Ware amassa Cam Newton, que se livra da bola. 2ª pra 10.

3º Quarto: GINN JR!!!! Passe na diagona de Newton, Ginn Jr recebe e avança até a linha de 35! 

3º Quarto: Jonatham Stewart para na marcação, na corrida. 2ª pra 10.

3º Quarto: Vamos ao jogo! Touckback e Cam Newton na linha de 20 pra começar o jogo.

Nos últimos 15 anos, cinco MVPs da temporada chegaram ao intervalo perdendo e todos perderam o jogo. Será hoje que Cam Newon renasce?

Fim de show na Califórnia. Bruno Mars e Beyonce levantam a galera, enquanto Coldplay levou num ritmo mais tranquilo.

Começam os shows. Bruno Mars e Beyonce animam a galera.

Agora, os preparativos para o super show do intervalo, com Coldplay, Beyonce e Bruno Mars.

Denver aproveita a forte defesa e vai vencendo com dois FGs. Carolina dá muito fumble e deixa o Broncos vivo.

Termina o primeiro tempo! Jogo muito emocionante, com jogadas longas, confusas, turnovers e pontuações.

2º Quarto: ENTERRADO, CAM NEWTON! DeMarcus Ware afunda Cam Newton! 

2º Quarto: Encurralado, Cam Newton passa mas a bola sai. 2ª pra 10 e 11 segundos.

2º Quarto: FIRSDOWN! Consegue Corey Brown e ainda tem 18 segundos. A posse é na linha de 50.

2º Quarto: Anda pouco, Greg Olsen. 3ª pra 7.

2º Quarto: Passe incompleto para Greg Olsen. 2ª pra 10.

2º Quarto: MINHA NOSSA SENHORA, QUE RECEPÇÃO! Cam Newton fica encurralado, não tem o que fazer e manda na mosca, para Ted Ginn Jr.!!!!! 1ª pra 10 em 38 de ataque!

2º Quarto: CALMA, CAM! Um míssel que nem o SuperMan pegaria. 3ª pra 13.

2º Quarto: Linha de 17 de defesa do Carolina.

2º Quarto: E falta do ataque. Saída falsa e retorno para uma 2ª de 13.

2º Quarto: PARADO, CAM NEWTON! Avanço de três jardas. 2ª pra 7.

2º Quarto: Posse na linha de 19. Minutos finais.

2º Quarto: Two Minute Warming.

2º Quarto: Um tijolo de Manning para Demariyus Thomas, mas não tem recepção. A bola volta para Carolina.

2º Quarto: Para na linha de scrimmage, CJ Anderson. 3ª pra 2.

2º Quarto: Demariyus Thomas recebe e corre bem. 2ª pra 2.

2º Quarto: Posse na linha de 20 de defesa dos Broncos.

2º Quarto:Bola looooooooooonga para Ted Ginn Jr, mas a defesa de Denver chegou na hora certa pra tirar a chance de ataque. Bola volta para o Broncos.

2º Quarto: Fozzy Whittaker tenta correr mas a marcação para na linha de scrimmage.

2º Quarto: Fecha o pocket e Cam Newton atira a pedra pra fora. 2ª pra 10.

2º Quarto: 1ª na linha de 38 para Carolina.

2º Quarto: INTERCEPTADO, PEYTON MANNING! Passe era pra Demariyus Thomas e Ed Dickson segura o tijolo e recupera a posse!

2º Quarto: Ronnie Hillman para em Star Lotulelei atrás da linha de scrimmage. 3ª pra 8 na linha de 24.

2º Quarto: Corrida com bloqueio e 2ª pra 7.

2º Quarto: MOOOOOOOONSTRO CJ ANDERSON! Corrida passando pelo meio da defesa. Pula um, tira outro, corta mais um e leva para linha de 26!

2º Quarto: Drop de Demariyus Thomas. 2ª pra 10 na linha de 40.

2º Quarto: Bola na linha de 40 de defesa para Denver.

Amigos, é um jogo maluco! Faltas bobas de um lado e perdas bobas do outro!

2º Quarto: FUUUUUUUUUUUUMBLE! Mike Tolbert apanha da defesa do Denver, Danny Trevather recupera e a posse é dos Broncos!

2º Quarto: QUASE FUMBLE! Cam Newton corre, avança na primeira descida e ainda sofre falta. A bola vai pra linha de 51.

2º Quarto: Passe incompleto para Jonathan Stewart. 2ª pra 10.

2º Quarto: Não tem retorno e os Panthers vão à campo na linha de 20 de defesa.

Brandon McManus chuta no meio da trave e marca para Denver. 13-7.

2º Quarto: CJ Anderson consegue avançar! mas houve uma falta e volta 10 jardas. 4ª pra 11.

2º Quarto: E Denver irá arriscar!

2º Quarto: A DEFESA FUNCIONOU! Jared Allen salva corrida de CJ Anderson. 4ª pra 1.

2º Quarto: DeMariyus Thomas corre pelo meio e fica à uma jarda. 3ª pra 1.

2º Quarto: Bom passe para Ronnie Hillman e 2ª pra 3.

2º Quarto: MEU DEUS, NORWOOD. Retorno de punt gigantesco! Bola até a linha de 15 jardas de ataque.

2º Quarto: QUE DEFESA! Darian Stewart espalma recepção de greg Olsen. Bola pra Denver.

2º Quarto: Trick play que não dá certo e 3ª pra 12!

2º Quarto: Passe não é completado. 2ª pra 10.

2º Quarto: NADA! Passe incompleto e Carolina tem a bola na linha de  50 após o punt.

2º Quarto: QUAAAAASE! Seria uma linda bola, mas por pouco não foi interceptado por Josh Norman! 3ª pra 17.

2º Quarto: É uma segunda para 17! Na linha de 13!

2º Quarto: E Manning tenta o passe, escorrega e tem o contato. Perde jardas, o time de Denver.

2º Quarto: Não tem retorno, então a bola vai pra linha de 20 jardas.

VOOOA, JONATHAN STEWART! Na corrida, o running back voou contra a defesa e anota a primeira pontuação. 10-7.

2º Quarto: TOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUCHDOOOOOOOOWN, CAROLINA!

2º Quarto: FACE MASK! Corey Brown recebe, vai para a endzone e sofre o tackle pelo capacete. Na linha da endzone!

2º Quarto: GREG OLSEN! Bom avanço para a linha de 15, pela esquerda. Vai chegando.

2º Quarto: Stewart corre e para na linha de 31. 3ª para 1.

2º Quarto: Pancada! Von Miller chega chegando em Cam Newton, após outra boa corrida. 2ª pra 6 na linha de 36

2º Quarto: BOA CORRIDA! Aparece Cam Newton e suas pernas, ganhando a primeira descida. 1ª na linha de 50.

Fim do primeiro quarto. As defesas vão engolindo os ataques. 10 a 0 para Denver.

1º Quarto: Outro passe para Jonathan Stewart e Brandon Marshall dá o tackle. 2ª pra 12.

1º Quarto: FIRSTDOWN! Bom passe para Corey Brown, na direita e posse na linha de 47. 1ª pra 10.

1º Quarto: Jonathan Stewart tenta correr, mas para atrás da linha de scrimmage. 2ª pra 11.

1º Quarto: Cam Newton terá a bola na linha de 27 de defesa.

1º Quarto: SACAAAAAAAADO! Manning pegou na bola e Josh Norman manda o QB rival para o chão. Punt para Carolina.

1º Quarto: CJ Anderson para na linha de scrimmage. 3ª pra 3.

1º Quarto: Passe para Emmanuel Sanders e recepção na linha de 19. 2ª pra 3.

1º Quarto: Broncos terá a bola na linha de 11 defensiva.

1º Quarto: NADA FEITO! Passe para Greg Olsen, mas a marcação fechou forte. Punt para Denver.

1º Quarto: Corey Brown corre e avança mais seis jardas. 3ª para 4 na linha de 51.

1º Quarto: Fozzy Whittaker corre e toma pancada na linha de 47. 2ª pra 8.

1º Quarto: 1ª na linha de 45.

AQIB TALIB! Conduta anti-desportiva e deu a primeira descida de graça! Avança, Carolina.

1º Quarto: SACAAAAAAAAADO! Chegada de DeMarcus Ware comendo Cam Newton sem dó!

1º Quarto: Cam Newton só completou um passe de sete.

1º Quarto: FUMBLE! A sorte é que o time de Carolina recuperou. 2ª pra 8 na linha de 38.

1º Quarto: BOA CORRIDA! Primeiro firstdown do Carolina, com boa corrida de Fozzy Whitaker. 1ª na linha de 36.

1º Quarto: Retorna Cam Newton para tentar pontuar. 1ª para 10 na linha de 21.

MALIK JACKSON! Von Miller rouba na cara dura a bola de Cam Newton. A bola ficou pipocando na entrada da end zone e Malik Jackson só prende para anotar o primeiro TD da final!

1º Quarto: TOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUCHDOOOOOOOOOOOOOOWN DENVER BRONCOS!

1º Quarto: Jonathan Stewart para na parede, na busca da corrida e sai mancando. 3ª pra 10 na linha de 15.

1º Quarto: 2ª pra 10 na linha de 15.

E o chamado de passe incompleto continuou. Perde um tempo, Carolina Panthers.

1º Quarto: QUAAAAAASE! Passe lindo de Newton para Tolbert, mas o recebedor dominou, largou, dominou de novo e sofreu o tackle. Marcação de campo foi de passe incompleto, mas o técnico do Panthers, Ron Rivera pediu a revisão.

1º Quarto: PANCADA! Mike Tolbert tenta retornar, mas encontra Darian Stewart, que senta a marretada. Bola na linha de 16 de defesa.

1º Quarto: APARECEU A DEFESA! Mesmo restando uma jarda, CJ Anderson não passa para o firstdown. Bola volta para Carolina.

1º Quarto: CJ Anderson avança pelo chão e para na linha de 36. 3ª pra 1.

1º Quarto: Sanders recebe de Manning e avança bem até a linha de 34 de defesa. 2ª pra 3.

1º Quarto: 1ª pra 10 na linha de 25.

1º Quarto: Manning completou 4 de 6 tentativas de passes.

1º Quarto: Brad Nortman manda o punt pra longe. Retorno de Demariyus Thomas pede o farcacht.

1º Quarto: E AGORA? Newton acha Corey Brown, mas uma jarda atrás da linha de descida. 4ª pra 1.

1º Quarto: TIJOLADA! Cam Newton manda uma pedra pra Corey Brown. 3ª pra 8.

1º Quarto: Jonathan Stewart corre pelo meio e sofre o tackle na linha de 23. 2ª pra 8.

1º Quarto: Fozzy Whitaker retorna o chute inicial até a linha de 22 jardas no campo de defesa.

1º Quarto: Brandon McManus põe lá dentro e abre o placar na final.

1º Quarto: Passe curto e pouco avanço. Teremos field goal.

1º Quarto: QUAAAAAASE! McClain chega forte e quase intercepta Peyton Manning. 3ª pra 13.

1º Quarto: Ronnie Hillman bate na defesa e não passa. 2ª pra 13 na linha de 23.

1º Quarto: Corrida com quatro jardas. 2ª para 3.

1º Quarto: Passe longo de Manning para Emmanuels Sanders, que recebe na linha de 46 ofensiva e sofre a falta. 1ª pra 10 na linha de 34.

-13:40: Mannin busca o Play-action mas erra o passe para Owen Daniels. Segue na linha de 44.

-14:15: Sanders recebe de Manning na linha de 44.

-14:50, 1º Quarto: Owen Daniels faz a recepção e avança até a linha de 38 jardas de defesa.

Graham Gano chuta e COMEÇA A FINAL!

Detalhes finais. A bola vai rolar na grande final!

A bola será do Denver!

E o "cara ou coroa"  com o árbitro Clete Blakeman.

Aviões com fumaça enfeitam o céu! Vai se aproximando, a decisão.

Muita emoção e uma performance bela de Lady Gaga.

Lady Gaga com o Hino Nacional dos EUA.

Muita festa, adoração na canção.

A banda do Exército dos EUA cantam American The Beautiful.

Preparação final para a execução do Hino Nacional dos EUA e a canção American The Beautiful. 

Os times se aquecem no gramado do Levi's Stadium. 

#GOBRONCOS!

É a vez do tradicional Denver Broncos! O campeão da AFC!

#KEEPPOUDING

E Steph Curry bate o bumbo chamando o Carolina Panthers! 

Equipes sobem ao gramado!

Será a Primeira Final com duas primeiras escolhas do draft! Peyton Manning e Cam Newton.

E tivemos vaias para Tom Brady em sua apresentação.

Peyton Manning pode ser o quarterback mais velho a vencer. Com mais de 39 anos, há a chance de vencer e se aposentar, assim como John Elway.

Neste momento, todos os MVPs de Super Bowls são chamados no gramado para uma homenagem.

Broncos foi o time que menos cedeu jardas aéreas. Foram 3193.

Carolina tem o melhor ataque. Foram mais de  500 pontos.

Panthers chega credenciado após o terceiro título seguido da NFC Sul.

Broncos chega após vencer a AFC Oeste pela quinta vez seguida.

Denver, oitava final. Duas vitórias, contra Packers e Falcons e derrotas para Cowboys, Giants, Redskins, 49ers e Seahawks.

Carolina, segunda decisão. Nenhum título. Um vice, para os Patriots, por 32-29.

Está chegando a hora!

Na final de conferência, o Carolina pegou o Arizona Cardinals e venceu por 49-15. 

Já o Carolina vem com 15 vitórias e apenas 1 derrota. Nos playoffs, venceu Seattle Seahawks por 31-24. 

A final de conferência foi um épico contra o New England Patriots, vencido por 20-18. 

Denver vem numa campanha de 12 vitórias e 4 derrotas. Na pos temporada, o time enfrentou o Pittsburg Stellers e venceu por 23-16. 

Será, basicamente, o duelo entre melhor ataque X melhor defesa. 

O público vai chegando no Levi's Stadium. A expectativa cresce a cada momento. 

Já Peyton Manning pode vencer e se aposentar. Há esse rumor e essa chance. 

O técnico Ron Rivera poderá ser o segundo com sangue latino a vencer o Super Bowl. Tom Flores foi o primeiro. 

Se ele for o MVP da final, será o primeiro desde Kurt Warner, em 1999 pelos Rams. 

Cam Newtom terá a final para poder provar seu recente prêmio de MVP. O quarterback ganhou o prêmio máximo neste sábado e já coloca a prova neste domingo. 

É o evento mais esperado do ano e com maior audiência da TV. 

Será a terceira final seguida onde os melhores de cada conferência se encontrarão. 

Para um dia especial, pessoas especiais. Hoje, Lady Gaga cantará no hino nacional americano e Coldplay, com Bruno Mars e Beyonce, no show do intervalo. 

O Levi's Stadium, situado em San Francisco é o palco da partida que já está no clima!

Os portões estão abertos, torcida chega, jornalistas e jogadores já se aquecem dentro do estádio. 

Os eventos pré jogo vão além do futebol. Shows, brincadeiras, gincanas fazem parte de todo cerimonial. 

Será o 12º duelo final no estado da Califórnia. O último disputado foi a 37ª edição, entre Tampa Bay Bucannears X Oakland Raiders. 

Chegou a hora! Evento da maior audiência da TV americana e uma das maiores mundialmente, o Super Bowl 2016 acontece neste domingo, dia 7 de fevereiro, no Levi's Stadium, na Califórnia. Campeão da AFC, o Denver Broncos enfrentará o Carolina Panthers, vencedor da NFC.

Guia VAVEL do Super Bowl 50: Denver Broncos vs. Carolina Panthers

Com apenas uma derrota em 18 jogos na temporada, os Panthers são os favoritos para vencer o Super Bowl nas principais casas de apostas de Las Vegas. Porém, a imprevisiblidade da NFL é um dos fatores que mais atraem apaixonados pelo esporte, a cada ano atravessado.

"É impossível prever o que irá acontecer em Santa Clara no dia 7. Os Panthers estão voando, mas a defesa dos Broncos é poderosíssima. Peyton Manning não deve ser subestimado. Sofreu com lesões durante a temporada, mas parece estar 100% para a disputa de seu segundo anel durante sua gloriosa carreira na NFL. Será um grande jogo, digno de um Super Bowl", comentou Pedro Henrique Guimarães, coordenador geral da NFL na VAVEL Brasil.

A temporada dos Broncos foi de altos e baixos. Após sete triunfos nos sete primeiros jogos, a esperança dos torcedores do Colorado para uma temporada vitoriosa cresceu exponencialmente. Porém, Manning sofreu com lesões, sendo colocado no banco de reservas por algumas partidas, deixando Brock Osweiller como responsável under center.

Nas últimas nove confrontos da temporada regular, cinco vitórias e quatro derrotas. Números equilibrados, mas que acabaram deixando os torcedores preocupados com a equipe nos playoffs. Peyton Manning retornou, jogou bem e auxiliado pela defesa, chegou ao seu segundo Super Bowl em três anos. 

"Manning pode fechar sua carreira com chave de ouro na NFL. Um título em seu provável último ano colocaria um ponto final em todos os críticos que insistem em menosprezá-lo, mesmo após tudo que um dos maiores quarterbacks da história da liga fez em sua carreira. A experiência de Peyton no Super Bowl - sua quarta final -, pode pesar a favor dos Broncos. A defesa de Carolina é extremamente intensa, e a inteligência do QB de Denver poderá ser o diferencial para o título ir para a cidade de Denver", afirmou Pedro Henrique.

Para chegar ao Super Bowl, o Carolina Panthers venceu o Seattle Seahawks na rodada divisional por 31-24, vingando sua eliminação contra os mesmos no ano anterior. Na fase seguinte, os Cats eliminaram o Arizona Cardinals na NFC Championship por 49-15, acumulando 487 jardas e forçando sete turnovers.

Já o Denver Broncos derrotou o Pittsburgh Steelers na rodada divisional por 23-16, marcando 11 pontos nos últimos três minutos de jogo. Então, bateram o atual campeão New England Patriots na AFC Championship por 20-18, interceptando uma tentativa de conversão de 2 pontos com 17 segundos restantes no relógio.

Após serem eliminados na rodada divisional dos playoffs da temporada anterior, o Denver Broncos passou por inúmeras mudanças de coaching, incluindo a saída do treinador John Fox e a contratação de Gary Kubiak. Peyton Manning, sofreu com as alterações e lesões na linha ofensiva, tendo assim sua pior temporada em estatísticas desde seu ano de estreia pelo Indianapolis Colts, em 1998.

Na semana 10, Manning sofreu uma ruptura parcial na fascite plantar do pé esquerdo. Antes disso, estabeleceu o novo recorde jardas lançadas da NFL. Com a defesa carregando a equipe, apesar dos problemas com lesões, os Broncos terminaram a temporada regular com um recorde de 12-4 e ganharam a vantagem de jogar em casa ao longo dos playoffs da AFC.

"Peyton Manning é um dos melhores quarterbacks da história, mas não foi por causa dele que os Broncos chegaram ao Super Bowl. A defesa foi responsável por garantir que a equipe pudesse jogar as partidas de playoffs em Denver e foi quem resolveu nas duas oportunidades, principalmente contra os Patriots, quando Tom Brady não achou recebedores livres e foi para o chão muitas vezes", afirma Matheus Rocha, colunista do ExtraTime.

Manning terminou o ano com um rating de 67,9, passou por 2,249 jardas, nove touchdowns e 17 interceptações. Em contraste, Osweiler, promoveu 1.967 jardas, dez touchdowns e seis interceptações para uma classificação de 86,4.

Receptor veterano, Demaryius Thomas liderou a equipe com 105 recepções para 1.304 jardas e seis touchdowns, enquanto Emmanuel Sanders pegou 76 passes para 1.135 jardas e seis contagens. Por fim, o Denver Broncos detém a melhor defesa desta temporada da NFL.

"O gerente dos Broncos, John Elway, venceu dois Super Bowls no fim de sua carreira sendo um game manager. Ou seja, fazendo mais do básico e não cometendo erros. É justamente isso que Manning precisa continuar fazendo para que a equipe conquiste o título. Não ter turnovers, mudar as jogadas na linha de scrimmage para ajudar o jogo corrido e conseguir um bom passe aqui e ali", finaliza Matheus Rocha.

Apesar da renúncia do running back DeAngelo Williams e perder o top wide receiver Kelvin Benjamin, o Carolina Panthers obteve a melhor temporada regular da história da franquia, tornando-se a sétima equipe a vencer, no mínimo, 15 jogos desde que a liga mudou seu formato para 16 partidas em 1978.

No início da temporada, emplacaram 14-0 e não só estabelecendo o novo recorde da franquia para maior número de vitórias consecutivas, mas também como melhor início de temporada de uma equipe de NFC na história da NFL, quebrando o recorde de 13-0 que anteriormente era do New Orleans Saints (2009) e do Green Bay Packers (2011).

"Os Panthers quase completaram uma temporada regular perfeita, perdendo apenas para o Atlanta Falcons em uma recepção miraculosa de Julio Jones. A defesa fez um ótimo trabalho em todos os setores, mas o ataque também merece muito destaque. Depois do recebedor Kelvin Benjamin se machucar na pré-temporada, muitos disseram que os Cats não iriam a lugar nenhum. Só que Cam Newton teve sua melhor temporada na carreira e vários wide receivers com pouco nome apareceram para ajudar", afirmou Matheus Rocha.

Liderados por Cam Newton, os Cats detiveram o melhor ataque da temporada regular da NFL com 500 pontos. O quarterback passou por 3.837 jardas e percorreu outras 636, gerando 45 touchdowns. Foram 10 interceptações e a melhor classificação por posição da temporada com rating de 99,4.

Os principais receptores de Newton foram Greg Olsen, recebendo 77 passes para 1.104 jardas e sete touchdowns, e o wide receiver Ted Ginn, om 44 passes para 739 jardas e 10 touchdowns.

"A defesa dos Broncos é sensacional, mas ainda não enfrentou um quarterback que oferece tanto perigo quanto Newton. Cam é ótimo passando a bola, mas tem uma agilidade maior do que qualquer outro jogador da posição na liga, algo fundamental para fugir de unidades que pressionam bastante. E ele ainda é forte o suficiente para quebrar tackles", finalizou Matheus Rocha.

De um lado, Peyton Manning, 39 anos, quaterback do Denver Broncos, campeão com o Indianapolis Colts em 2007 e dois vice-campeonatos. Do outro, Cam Newton, 26 anos, quaterback do Carolina Panthers e pela primeira vez em um Super Bowl. Mais do que o título, o confronto do próximo domingo marca um duelo de gerações.

Manning pode estar vivendo sua última temporada de NFL e carrega recordes e títulos consigo. Não foi brilhante como de costume neste ano, mas mostrou-se diferencial quando preciso. Carrega o estilo clássico dos quarterbacks, um legítimo passador com características marcantes. Ilustração da velha guarda do esporte. 

Cam Newton é o retrado fidedigno da nova geração. Com dotes muito além de passes precisos, tem sua velocidade, força e tamanho como características, as vezes confundindo-se com um Running Back. Dita o tom do que deve ser tendência em um futuro próximo.

Por fim, o Super Bowl 50 carrega em suas entrelinhas o confronto da experiência contra a juventude. O velho contra o novo. A era clássica contra a era moderna. A história seguirá sendo escrita, independente de quem for vencedor.

"Um confronto de gerações. Primeiras escolhas gerais no Draft de 1998 e 2011, respectivamente, Manning e Cam são quarterbacks completamente diferentes. Mais atlético, o QB dos Panthers poderá utilizar de sua altura, força e velocidade para enganar o setor defensivo dos Broncos, pelo menos por algumas vezes. Claro, sem menosprezar suas estatísticas como passador: na temporada, foram 35 touchdowns lançados, e mais de 3.800 jardas. Por outro lado, Peyton é pouco efetivo fora do pocket, mas sua inteligência dentro dele pode fazer a diferença. Manning utilizará o curto tempo entre receber o snap e lançar a bola - uma de suas principais características -, para evitar a presença do poderoso pass rush dos Panthers. Será um confronto extremamente físico, só temos que agradecer por estarmos vivos para poder testemunhar mais um grande Super Bowl", encerrou Pedro Henrique, confiante em um histórico 7 de fevereiro.

Vencendo a concorrência da região metropolitana do sul da Flórida, San Francisco foi escolhida como palco da 50ª edição do Super Bowl. A área já foi sede em 1985, no Super Bown XIX, mas esta será a primeira vez que o grande centro urbano terá a oportunidade de receber o evento.

Após debates internos, a NFL decidiu não utilizar a numeração romana ("Super Bowl L") para este evento, devido às dificuldades gráficas no desenvolvimento de logomarca visualmente atraente com a letra "L". Assim, esta edição utilizará numeração arábica. O uso da numeração romana voltará a partir do Super Bowl LI.

A NFL anunciou de ante-mão que Lady Gaga será a responsável por cantar o hino nacional norte-americano durante o Super Bowl 50. Já a atração principal do intervalo ficará a cargo da banda Coldplay.

Para o espetáculo, Chris Martin já havia revelado que Beyoncé participaria do evento. A estrela pop chegou a comandar o show em 2013. No entanto, o vocalista confirmou que Bruno Mars também subirá ao palco da apresentação.

"Esta aqui deve ser uma pegada de Beyoncé. Eu diria que ela esteve aqui há umas quatro horas. Vamos procurar a do Bruno", disse o líder do Coldplay.

Boa noite, torcedor! Acompanhe agora a partida entre Denver Broncos x Carolina Panthers no Super Bowl 50! Fique conosco!

VAVEL Logo