Sem dar chances, Colts vence Jets e chega na briga por playoffs
Foto: Indianapolis Colts/Divulgação

Nem deu graça. No Monday Night Football da semana 13 da NFL, o Indianapolis Colts não deu chances para o New York Jets e atropelou o adversário no MetLife Stadium.

Com a vitória os Colts se igualam a Titans e Texans com seis derrotas e seis vitórias na divisão sul da AFC. A derrota desta segunda decretou a eliminação dos Jets na temporada, já que agora não tem mais chances de chegar a pós-temporada no ano.

Dois destaques se sobressaíram aos resto na franquia de Indianápolis. Andrew Luck completou 22 de 28 passes para quatro touchdowns e nenhuma interceptação. Três desses quatros TDs foram recebidos pelo tight end Dwayne Allen, todos no primeiro tempo. Em menor escala, mas também merecedor de menção, T.Y. Hilton angariou nove recepções e respeitáveis 146 jardas.

Na próxima semana os Colts recebem os Texans em jogo importantíssimo para suas ambições na temporada de 2016/17 da NFL. Essa partida acontece no domingo(11). Também no domingo, os Jets viajam para São Francisco onde pegam os 49ers.

Dwayne Allen tem primeiro tempo fantástico e anota todos os três touchdowns dos Colts

Andrew Luck entrou pela primeira vez no gramado e já mostrou logo a que veio. Achando T.Y. Hilton em dois passes seguidos, o quarterback conseguiu belo avanço. Não demorou muito tempo para Luck encontrar Dwayne Allen livre perto da end zone. O bom tight end dos Colts só precisou caminhar para os seis pontos iniciais do jogo. Vinatieri, como é esperado, converteu o extra point, deixando o placar em 7 a 0.

Ryan Fitzpatrick não conseguia encontrar seus alvos e acabou devolvendo a bola de volta a Indianapolis sem completar um passe. Contando com boa posição de campo, não era de se esperar que Luck fosse falhar. Um passe de 12 jardas para Jack Doyle, uma corrida de duas de Frank Gore, além de uma bomba de 34 jardas para Hilton, foram as únicas jogadas do drive antes do TD. De novo, Allen, livre, leve e solto. Touchdown Colts.

"Fitzmagic" não parecia ter muita mágica na noite fria que fazia no MetLife Stadium. Precisando de pontos, o ataque dos Jets era totalmente dominado pela defesa dos visitantes.

Andrew Luck também não conseguiu produzir como em seus dois primeiros drives, colocando o punter Pat McAfee para trabalhar. Um dos melhores da NFL, o comediante nas horas vagas McAfee colocou a bola na linha de três jardas de defesa dos Jets, dificultando ainda mais o trabalho da franquia de Nova Iorque.

Mesmo assim, Fitzpatrick conseguiu realizar sua única campanha decente da noite, levando sua equipe a chance de field goal. Nick Folk converteu e colocou os primeiros três pontos de New York no placar. 14 a 3.

Adam Vinatieri foi novamente acionado, após Luck não conseguir o touchdown na campanha, aumentando a vantagem. Os Jets não aproveitaram a chance de se recolocar na partida, sofrendo mais um three and out.

Então o QB número um do Draft de 2012 voltou a dominar. Em mais uma campanha com pouquíssimos erros de passe, Andrew Luck achou ele. Mais uma vez, Dwayne Allen, vivendo o primeiro tempo dos sonhos, anotou o TD de Indianapolis. Era o terceiro de sua equipe e seu próprio.

Fitzpatrick ainda tentou fazer algo antes do intervalo. E conseguiu. Mas não alguma coisa de se orgulhar. O quarterback foi interceptado por Darius Butler, completando com chave de ouro um primeiro tempo para esquecer. Luck quase conseguiu mais um touchdown antes do intervalo, mas Jack Doyle sofreu fumble na entrada da end zone, transformando em touchback o que seria touchdown. 24 a 3 para os Colts na ida para os vestiários.

Indianapolis completa massacre e confirma vitória

Na volta, Luck já chegou para destruir qualquer possibilidade de virada de New York. Balanceando bem entre jogo aéreo e terrestre, o camisa 12 dos Colts encontrou Donte Moncrief na end zone para mais seis pontos. Vinatieri, automático no extra point, tranformou seis em sete mais uma vez.

Bryce Petty entrou no lugar de Fitzpatrick, em uma tentativa de mudar os ares no ataque dos Jets. O jovem quarterback até deu uma esperança de melhora, completando alguns belos passes, mas a bola logo já estava em possse da franquia de Indiana.

 Vinatieri conseguiu mais um field goal para sua incontável lista de acertos. Bryce Petty tinha mais uma chance de mostrar serviço à comissão técnica dos Jets. Ele só não contava com a presença de Mike Adams. O experiente strong safety conquistou mais uma interceptação para sua conta, ficando a poucas jardas de transformá-la em uma pick six.

Robert Turbin só teve o trabalho de entrar na end zone para aumentar ainda mais o massacre no MetLife Stadium. 41 a 3, domínio total dos Colts no Monday Night Football.

Petty até lançou um touchdown de 40 jardas para Robby Anderson, mas o belo lançamento foi ofuscado pelo vareio no placar.

Andrew Luck e os principais jogadores dos Colts já estavam bem longe do gramado, e um jogo de compadres era desenvolvido entre Colts e Jets. Petty ainda lançou outra interceptação antes do final da partida. A cereja no bolo para um jogo onde só uma equipe jogou. Vitória de Indianapolis por 41 a 10.

VAVEL Logo