Retrospecto em Gold Coast: Brasil vai em busca do terceiro título na etapa de abertura do CT 2018

A etapa QuikSilver Pro, disputada em Gold Coast, é a primeira fase do circuito mundial da World Surf League (WSL). Desde 2002, a praia australiana é o ponto de largada para o próximo campeão mundial.

O retrospecto brasileiro na primeira etapa do Championship Tour 2018 está mudando nos últimos anos. Em 16 edições foram dois títulos e dois vice-campeonatos brasileiros: em 2009 e 2012. 

+ Championship Tour 2018: conheça os brasileiros que fazem parte da elite do surfe mundial - parte 1

O primeiro campeão brasileiro na etapa de Gold Coast foi o paulista Gabriel Medina. O surfista se sagrou campeão em 2014, ao derrotar o australiano  Joel Parkinson. No ano seguinte deu Brasil de novo. Filipe Toledo derrotou o australiano Julian Wilson e garantiu o título da etapa de abertura do CT.

Antes dos títulos brasileiros, Peterson Rosa foi vice-campeão na Austrália, quando a etapa ainda adotava o nome Billabong Pro. A lenda do surfe brasileiro perdeu a final para Kelly Slater. Já no novo formato, Adriano de Souza acumula dois vice-campeonatos, em 2009 e 2012.

+ Championship Tour 2018: conheça os brasileiros que fazem parte da elite do surfe mundial - parte 2

Em 2017, Gabriel Medina perdeu na semi-final para o australiano Owen Wright, atual campeão da etapa de abertura. Além de Medina, nove brasileiros participaram da edição passada, são eles: Ítalo Ferreira (perdeu nas quartas de final), Adriano de Souza (R5), Jadson André, Miguel Pupo, Caio Ibelli, Ian Gouveia (R3), Filipe Toledo, Wiggolly Dantas (R2).

A Brazilian Storm promete chegar com tudo na temporada de 2018 para sair com mais um título mundial.

VAVEL Logo