Animado com desempenho dos Redskins, Jay Gruden vibra: “Ótimo ser capaz de virar o placar"

Franquia de Washington levou a melhor, vencendo jogo por 15 a 13 com um Field Goal de Dustin Hopkins faltando 3 segundos

Animado com desempenho dos Redskins, Jay Gruden vibra: “Ótimo ser capaz de virar o placar"
Foto: Twitter Redskins

No jogo que marcou a estreia do quarterback Alex Smith com a camisa dos Redskins, o time de Washington levou a melhor, vencendo o jogo por 15-13 com um Field Goal de Dustin Hopkins faltando três segundos para o final do jogo.

Apesar de terem dominado praticamente o jogo todo, os Redskins precisaram de uma última campanha decisiva de seu ataque para sair com a vitória em seus domínios.  

“Não importa o que dirão. É melhor vencer, independente de quando for”, afirmou Gruden. 

Depois de perder o calouro running back Derrius Guice devido a uma lesão no ligamento cruzado do joelho, Gruden mostrou-se aliviado em poder dizer que os substitutos imediatos Samaje Perine e Byron Marshall se encontram bem apesar de terem sido retirados do jogo.

Os Redskins utilizaram seis Running Backs diferentes na partida, indicando uma preocupação com a rotação no backfield que vem sendo criticado desde o ano passado. O calouro de primeira rodada deste ano, Da’Ron Payne (DT), que fez boa partida, arrancou elogios de seu head coach, mostrando-se confiante com seu futuro na franquia: 

“Estamos confiantes que Da’Ron Payne será uma força nos próximos anos para nós”, disse.  

Os Redskins jogarão seu terceiro jogo da pré-temporada contra o Denver Broncos na próxima sexta-feira (24), às 20h30 (horário de Brasília), no FedEx Field, em Washington.