Jon Gruden desconversa sobre briga pela posição de QB reserva: "Temos que avaliar melhor ainda"
Foto: Reprodução/Oakland Raiders

Jon Gruden desconversa sobre briga pela posição de QB reserva: "Temos que avaliar melhor ainda"

Técnico dos Raiders reconhece que candidatos ainda não mostraram a que veio, mas disse que ainda é cedo para tomar esse tipo de decisão

kelvin-queiroz
Kelvin Queiroz

A vitória magra do Oakland Raiders sobre a equipe do Green Bay  Packers expôs algumas fragilidades ofensivas do time comandado por Jon Gruden. Uma delas diz respeito ao posto de reserva imediato do quarterback Derek Carr.

+ Confira ofertas do nosso parceiro FutFanatics

Em entrevista coletiva, o treinador fez questão de criticar o desempenho de ambos os concorrentes (Connor Cook e E.J. Manuel), mas declarou que a vaga está totalmente em aberto.

"Temos que continuar a trabalhar e ver quem vai estar disponível. Eu achei que nessa noite tivemos bons e maus momentos. Os dois estão muito inconsistentes, mas eu não me estenderei muito sobre isso porque preciso ver a reprise do jogo. Temos que avaliar isso melhor ainda".

Por outro lado, a defesa foi muito bem. Gruden fez questão de exaltar o trabalho em conjunto da linha defensiva, grande destaque da noite com cinco sacks

"Todos foram beneficiados pela pressão dos jogadores do interior da linha. Quanto melhor for a penetração por dentro, mas fácil será pressionar por fora. E eu acho que todos foram bem: Arden Key, (Fadol) Brown...(Shilique) Calhoun também mostrou algumas coisas".

Outra incógnita para a temporada dos Raiders é a condição do left tackle Donald Penn. Oficialmente ausente dos gramados desde dezembro devido a uma lesão no pé, Penn recebeu algumas oportunidades para tentar readquirir o ritmo ideal.

"É um progresso em andamento", revelou Gruden. "Ele esteve fora durante um bom tempo. Treinar com assistentes ao lado é uma coisa, fazer bloqueios em atletas de NFL é outra completamente diferente. Ele ainda está a caminho de ficar 100%".

O assunto "Obi Melifonwu" também foi tema da entrevista. Perguntado sobre o motivo pelo qual o levou a dispensar o defensive back que havia sido escolhido na segunda rodada do último draft, Gruden afirmou que o atleta não se comprometia a estar apto para as partidas e essa foi uma decisão "para o bem de todos".

Quando um dos jornalistas o indagou sobre a marcação de uma falta originada pela colisão de capacetes, a feição do treinador logo mudou. A norma foi implantada recentemente pela NFL mas já sofreu diversas críticas por ser considerada rigorosa demais. 

"Falando sério, você entendeu aquilo? Eu também não. Sempre apoiarei todas as regras, mas eu não quero confundir meus jogadores. Isso aqui é futebol americano. Eu entendo o contexto, exerço a função de treinador há muito tempo e sou totalmente a favor da segurança dos atletas. Mas isso não significa que eu tenha que concordar com a arbitragem".

Gruden finalizou a coletiva questionando sobre a quantidade de jogos e até mesmo a real necessidade da existência da pré-temporada, mas decidiu não levar o assunto muito adiante.

VAVEL Logo

    Futebol Americano Notícias

    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses