UFC 236: nocaute, unanimidade e divisão marcam card principal
Foto: divulgação/UFC

UFC 236: nocaute, unanimidade e divisão marcam card principal

Vitória de Nikita Krylov sobre Ovince Saint Preux foi a única finalização registrada nas lutas principais da noite

rafaelalvesgomes
Rafael Alves

Além da luta principal entre Dustin PoirierMax Holloway, o card principal do UFC 236 contou com mais quatro lutas, sendo uma delas valendo o cinturão interino dos médios. Os diferentes resultados dos combates chamou atenção da torcida.

Khalil Rountree Jr venceu Eryk Anders por decisão unânime (triplo 30-26). Depois, Dwight Grant derrotou Alan Jouban em decisão dividida da arbitragem (29-28, 27-30, 29-28).

O único nocaute do card principal foi com a vitória de Nikita Krylov. O ucraniano derrotou Ovince Saint Preux aos 2m30s do 2º round depois de aplicar um mata-leão sobre o americano.

Adesanya vence Gastelum e leva o cinturão interino dos médios

Israel Adesanya venceu Kelvin Gastelum por decisão unânime dos árbitros (triplo 48-46) e levou o cinturão interino dos médios. O nigeriano se tornou o segundo africano campeão no UFC, ao lado de Kamaru Usman

No fim do combate, os dois lutadores foram ovacionados pelo público. A luta foi bastante movimentada. No último round, Israel Adesanya quase finalizou Kelvin Gastelum com um triângulo. Melhor fisicamente, o nigeriano fez valer o favoritismo e se manteve invicto no UFC.

VAVEL Logo