Jumbo-Visma vence contra-relógio e Teunissen mantém liderança no Tour de France
Equipe Jumbo Visma mantém a camisa amarela com vitória na segunda etapa (Foto: ASO/Tour de France)

Jumbo-Visma vence contra-relógio e Teunissen mantém liderança no Tour de France

Equipe holandesa venceu segunda etapa em Bruxelas e desbancou equipe do atual campeão Geraint Thomas

aldirjunior
Aldir Sales

 equipe Jumbo-Visma desbancou a Ineos, do atual campeão Geraint Thomas, e venceu a segunda etapa do Tour de France 2019, neste domingo (07), um contra-relógio por equipes de 27,6 km pelas ruas de Bruxelas, na Bélgica. Com isso, o holandês Mike Teunissen não só mantém a liderança da camisa amarela na classificação geral.

A Ineos foi a primeira equipe a largar para o contra-relógio e um dos diferenciais do time para a disputa pelo título é justamente o bom desempenho na modalidade em comparação com os demais escaladores. Confirmando o esperado, a Ineos completou o percurso com o tempo de 29’17’’.

Parecia que os britânicos seriam imbatíveis. Uma equipe após a outra, ninguém conseguia superar o tempo da Ineos. As que mais chegaram perto foram a Deceuninck-Quick-Step (+1’’), Sunweb (+5’’) e Katusha – Alpecin (+5’’).

No entanto, coube justamente ao último time a largar a tarefa de simplesmente aniquilar o tempo da Ineos. Com 28’57’’, a Jumbo – Visma passou 20 segundos à frente da equipe de Geraint Thomas.

Entre os favoritos na disputa pela camisa amarela, Steven Kruijswijk foi beneficiado o excelente desempenho da Jumbo-Visma no contra-relógio. O holandês abriu 20 segundos de frente para Geraint Thomas e Egan Bernal (Ineos); 27’’ para Rigoberto Uran (Education First); 32’’ para Thibaut Pinot (Groupama – FDJ); 35’’ para Vincenzo Nibali (Bahrain – Merida); 41’’ para Jakob Fuglsang (Astana); 1’05’’ para Nairo Quintana (Movistar); e 1’18’’ para Richie Porte (Trek – Segafredo).

Como não existe pontos verdes em disputa nos contra-relógios, a camisa também continua com Teunissen. Porém, como o holandês já estará de amarelo, quem veste o uniforme verde na terceira etapa será Peter Sagan (Bora – Hansgrohe).

Terceira etapa

A terceira e última etapa do Tour em território belga começa em Binche, nesta segunda-feira (08), e terá 215 km até a cidade de Épernay, na França. Será um estágio considerado plano, porém, com três ascensões de categoria 3 na parte final e uma chegada complicada para os velocistas. Os últimos 500 metros serão subindo em uma rampa com 8% de inclinação. Dia bom para alguns atletas intermediários, como Peter Sagan e Michael Matthews (Sunweb).

L'Etape Brasil

O Tour de France também oferece oportunidades para atletas amadores participarem da prova com a realização do L’Étape pelo mundo. A versão brasileira será disputada em 29 de setembro, na cidade de Campos do Jordão (SP), e terá até 3 mil participantes.

Com a chancela do tradicional Tour de France, o L’Étape Brasil mantém as características de uma parte da corrida francesa. Em 2018, ciclistas de todos os estados brasileiros inscreveram-se na prova, aberta também a atletas amadores.

Classificação da etapa:

1- Jumbo – Visma: 28’57’’

2- Ineos: +20’’

3- Deceuninck – Quick-Step: +21’’

4- Sunweb: +26’’

5 – Katusha – Alpecin: +26’’

 

Classificação geral:

1- Mike Teunissen (Jumbo – Visma): 4h51’34’’

2- Wout van Aert (Jumbo – Visma): +10’’

3- Steven Kruijswijk (Jumbo – Visma): +10’’

4 – Tony Martin (Jumbo – Visma): +10’’

5 – George Bennett (Jumbo – Visma): +10’’

 

Classificação por pontos:

1- Mike Teunissen (Jumbo - Visma): 50 pts

2- Peter Sagan (Bora - Hansgrohe): 50 pts

3 - Sony Colbrelli (Bahrain - Merida): 33 pts

 

Classificação de melhor escalador:

1- Greg van Avermaet (CCC): 2 pts

2- Xandro Meurisse (Wanty - Gobert): 2 pts

 

Classificação do melhor jovem:

1- Wout van Aert (Jumbo – Visma): 4h51’44’’

2- Gianni Moscon (Ineos): +20’’

3- Egan Bernal (Ineos): +20’’

VAVEL Logo