Peter Sagan supera
subidas e vence com facilidade 5ª etapa do Tour de France
ASO / Tour de France

Peter Sagan supera subidas e vence com facilidade 5ª etapa do Tour de France

Prova teve 175,5 km entre Saint-Dié-Des-Vosges e Colmar

ismailfilho
Ismail Filho

Sem dar chances para ninguém. Peter Sagan (Bora – Hansgrohe) sobrou no sprint final e venceu com uma bicicleta de vantagem a quinta etapa do Tour de France, nesta quarta-feira (10), após 175,5 km entre Saint-Dié-Des-Vosges e Colmar. De quebra, o eslovaco ampliou ainda mais a liderança na camisa verde por pontos e comemorou imitando o incrível Hulk. Julian Alaphilippe (Deuceninck  - Quick-Step) terminou o dia na décima colocação e também manteve com tranquilidade a camisa amarela na classificação geral.

Apesar do sprint final, o dia não foi fácil para os velocistas. Ao todo, os ciclistas tiveram quatro subidas pela frente, sendo duas de categoria 2 e mais duas de categoria 3. A última delas com 19,5 km para o final. Com o relevo acidentado, somente os sprinters mais fortes conseguiram acompanhar o ritmo do pelotão.

Benoît Cosnefroy (AG2R La Mondiale), Thomas De Gendt (Lotto-Soudal) e Jan Tratnik (Bahrein-Mérida) foram os primeiros a saírem na fuga. Na sequência, o grupo recebeu o reforço de Tim Wellens (Lotto-Soudal), Mads Würtz Schmidt (Katusha-Alpecin), Simon Clarke (Primeiro de Educação EF) e Toms Skujins (Trek-Segafredo). Os escapados chegaram a abrir até 2’30’’, mas foram controlados com rédea curta pelo pelotão, principalmente pela equipe do camisa amarela, a Deuceninck – Quick-Step.

Wellens cumpriu seu objetivo e somou dez pontos nas montanhas para continuar com a camisa branca com bolinhas vermelhas de melhor escalador. Pelo menos até essa quinta-feira (11), quando haverá a primeira chegada em subida.

O pelotão não teve dificuldades para neutralizar a fuga nos quilômetros finais, porém, ainda deu tempo para o português Rui Alberto Costa (UAE – Emirates) tentar um ataque solitário com 7 km para a chegada. O ex-campeão mundial abriu 12’’ de vantagem, mas também foi absorvido pelo pelote.

A equipe Sunweb fez um grande trabalho para trazer Michael Matthews para o sprint, porém, o australiano não conseguiu acertar o tempo de explosão. Wout van Aert (Jumbo – Visma) até tentou acompanhar o eslovaco, mas Peter Sagan foi soberano para vencer com facilidade em Colmar.

“Só é preciso ter paciência e a vitória chegará. Eu tenho que agradecer a todos os meus companheiros, eles fizeram um ótimo trabalho. Finalmente uma vitória no Tour de France veio para nós, é muito legal. Controlamos a corrida o dia todo, da parte plana até o final”, declarou Sagan após o triunfo.

6ª etapa

A etapa mais esperada da primeira semana do Tour de France acontece nesta quinta-feira (11). Serão 160,5 km entre Mulhouse e La Planche des Belles Filles, com sete metas de montanhas, sendo três de categoria 1, incluindo a chegada. Os ciclistas terão os últimos 7 km com 8,7% de inclinação média para definir o vencedor do sexto estágio. Alaphilippe vai ter dificuldades para defender a camisa amarela. Também é um dia bom para alguns dos atletas favoritos que perderam tempo na classificação geral tentar recuperar os segundos perdidos.

L'Etape Brasil

O Tour de France também oferece oportunidades para atletas amadores participarem da prova com a realização do L’Étape pelo mundo. A versão brasileira será disputada em 29 de setembro, na cidade de Campos do Jordão (SP), e terá até 3 mil participantes.

Com a chancela do tradicional Tour de France, o L’Étape Brasil mantém as características de uma parte da corrida francesa. Em 2018, ciclistas de todos os estados brasileiros inscreveram-se na prova, aberta também a atletas amadores.

Classificação da etapa:

  1. Peter Sagan (Bora – Hansgrohe): 4h02’33’’
  2. Wout van Aert (Jumbo – Visma): m/t
  3. Matteo Trentin (Mitchelton – Scott): m/t
  4. Sony Colbrelli (Bahrain – Merida): m/t
  5. Greg van Avermaet (CCC): m/t

Classificação geral:

  1. Julian Alaphilippe (Deceuninck – Quick-Step): 18h44’12’’
  2. Wout van Aert (Jumbo – Visma): +14’’
  3. Steven Kruijswijk (Jumbo – Visma): +25’’
  4. George Bennett (Jumbo – Visma): +25’’
  5. Michael Matthews (Sunweb): +40’’

Classificação por pontos:

  1. Peter Sagan (Bora - Hansgrohe): 144 pts
  2. Michael Matthews (Sunweb): 97 pts
  3. Elia Viviani (Deuceninck – Quick-Step): 92 pts

Classificação de melhor escalador:

  1. Tim Wellens (Lotto Soudal): 17 pts
  2. Toms Skujins (Trek - Segafredo): 9 pts
  3. Xandro Meurisse (Wanty - Gobert): 6 pts

Classificação do melhor jovem:

  1. Wout van Aert (Jumbo – Visma): 18h44’26’’
  2. Egan Bernal (Ineos): +26’’
  3. Enric Mas (Deceuninck – Quick-Step): +32’’
VAVEL Logo