Campeão olímpico Nalbert confirmado no L’Étape Brasil 2019
Divulgação

Campeão olímpico Nalbert confirmado no L’Étape Brasil 2019

Capitão da conquista do vôlei masculino em Atenas 2004 participará pela segunda vez do principal evento de ciclismo do País

ismailfilho
Ismail Filho

O campeão olímpico Nalbert confirmou sua participação na quinta edição do L’Étape Brasil by Tour de France. O ex-jogador de vôlei é um amante do ciclismo e vai se juntar aos quase 3 mil inscritos na prova, marcada para 29 de setembro, em Campos do Jordão (SP).

Nalbert Bittencourt foi desafiado pelo L’Étape Brasil a encarar os 107 km de percurso no interior paulista. O ídolo do vôlei se junta a outros influenciadores nessa ação como o apresentador Bruno Vicari e o vencedor da edição 2018 do evento, Otávio Bulgarelli.

Estou ansioso e espero que chegue logo! Essa etapa de Campos do Jordão será duríssima também, principalmente por conta das subidas”, disse Nalbert.

Espero chegar bem treinado e suportar bem as subidas. Pelo que o pessoal comentou, a prova do ano passado foi bem legal, a cidade ajuda demais e com certeza com a organização do L’Étape também”.

Será a segunda vez que Nalbert Bittencourt participará da prova. Em 2017, quando o L’Étape era na estrada de Cunha (SP), o craque do vôlei pedalou os 112 km.

Foi a minha estreia em provas de ciclismo de estrada. Completei em 5h20, foi até uma boa prova, mas com certeza nos dias de hoje dá para fazer melhor com a experiência que adquiri e o preparo atual”.

Mas foi uma experiência fantástica, uma prova muito organizada, muito bem estruturada e que me desafiou muito.

Interesse no ciclismo desde a infância

Pedalando desde pequeno, Nalbert começou a se destacar no ciclismo, em Teresópolis (RJ) durante as férias escolares.

Mas seu talento maior prevaleceu no vôlei, onde se tornou um dos maiores nomes da modalidade no País.

O interesse no ciclismo na verdade trata-se de um reencontro. Quando era moleque, pedalava muito em Teresópolis, onde minha família passava férias.

Então, antes de surgir o vôlei, tinha a bicicleta. Parei por causa do vôlei, me dediquei exclusivamente, e agora estou resgatando este interesse por bicicleta há uns três anos atrás, mas desta vez pelo ciclismo de estrada”, explicou Nalbert Bittencourt, que além da medalha olímpica, foi campeão mundial de vôlei em três categorias diferentes: infanto-juvenil, juvenil e adulto.

Pedalando muito para as subidas

Os treinos de Nalbert ocorrem no Rio de Janeiro de acordo com a agenda do ex-jogador, hoje comentarista de vôlei do Grupo Globo.

Nos finais de semana, Nalbert pedala com outros ciclistas em pelotões em percursos da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Guaratiba. O campeão olímpico anda com a assessoria Walter Tuche.

“Meus treinos nos dias de hoje não são exatamente do jeito que gostaria, por conta dos problemas físicos que tenho: problema na coluna, no quadril, que são algumas sequelas que o vôlei me deixou, afinal de contas foram 30 anos dedicados a um esporte de impacto, e com isso minha condição física não é fácil”.

Nabert, capitão da conquista do vôlei masculino em Atenas 2004, participará pela segunda vez do principal evento de ciclismo do País

Mas, sigo treinando aqui no Rio, sempre nas montanhas, e aí vai ser bacana porque no L’Étape tem muitas subidas, e com isso esses treinos que estou realizando nas montanhas podem ser muito importante”, contou Nalbert.

Entretanto, o ex-atleta acredita no crescimento do ciclismo no Brasil e no impacto que a modalidade possui.

O ciclismo está crescendo muito, não só no Brasil, mas no mundo inteiro, pois nos dias atuais as pessoas procuram por esportes que possam proporcionar qualidade de vida, e o ciclismo está entre esses esportes”.

Bruno Prada

Fã do trabalho feito pela organização do L’Étape Brasil by Le Tour de France, Nalbert Bittencourt elogiou o trabalho o atleta olímpico Bruno Prada, velejador dono de duas medalhas olímpicas em Pequim 2008 e Londres 2012.

Bruno é o gestor da prova de ciclismo chancelada pelo Tour de France.

É bem bacana ver que o Bruno Prada é o gestor do L’Étape. Até porque quanto mais atletas e ex-atletas estiverem envolvidos na gestão de eventos esportivos, federações e confederações, com certeza o esporte terá um caminho melhor”.

Isso não significa que não terá problemas, sabemos que não é bem assim. Mas a experiência de quem já esteve dentro das quadras, dentro das pistas, das piscinas, pode ajudar demais do lado de fora também”.

Edição 2019

O L’Étape Brasil by Le Tour de France terá o percurso oficial de 107 km e será disputado em Campos do Jordão (SP) no dia 29 de setembro. Serão 2.330 metros de altimetria acumulada, o equivalente a subir um prédio residencial de 770 andares.

Os cerca de 3 mil ciclistas terão três subidas principais no caminho. A primeira escalada será de 13,3 km de extensão em Itapeva, depois mais 4,8 km e 140 m de altimetria na Serrinha do trevo das rodovias SP-050 e SP-046 e a última de 14 km de ascensão com 710 m de altimetria no trecho da Serra Velha. Vale lembrar que esse trecho final será após 85 km pedalados!

O percurso em Campos do Jordão (SP) será completamente fechado para o trânsito de veículos durante a prova.

A equipe será formada 300 oficiais de pista e contará com 28 veículos de assistência, incluindo 15 motos, 12 ambulâncias e um helicóptero.

A edição 2019 do L’Étape Brasil by Le Tour de France terá percurso mais voltado para iniciantes com 66 km de distância e algumas montanhas a menos, tornando bem mais fácil completar o desafio. A altimetria acumulada será de 1.330 km.

A largada no domingo, 29 de setembro, será às 7h. O evento abre ao público na sexta, 27 de setembro, com várias atrações para os fãs do ciclismo.

VAVEL Logo