NFC Oeste: confronto direto entre Cardinals e Rams decide
vaga nos playoffs
Foto: Brevin Towsell/LA Rams

A última rodada da temporada regular da NFL promete várias emoções em diversas divisões nas duas conferências. A mudança de regulamento foi determinante para que mais clubes estivessem vivos na briga por uma vaga na pós-temporada. A partir deste ano, apenas o melhor time de cada conferência folga na primeira rodada dos playoffs. A Divisão Oeste da Conferência Nacional será uma das que terão mais acompanhantes de seus jogos. A NFC West pode ter até três classificados. Veja a situação de cada franquia abaixo.

Seattle Seahawks (11-4)

Com a vitória sobre o Los Angeles Rams na semana passada por 20 a 9, o Seattle Seahawks garantiu a classificação à pós-temporada e, além disso, conquistou a divisão. O adversário na última rodada será o eliminado San Francisco 49ers. Embora a divisão esteja garantida, o time busca a folga na primeira rodada dos playoffs com o melhor desempenho da Conferência Nacional. Para isso, precisam vencer e torcer para uma vitória do Chicago Bears sobre o Green Bay Packers.

QB Russell Wilson – 364/522 passes, 4031 jardas, 38 passes para touchdowns e 13 interceptações

LB Bobby Wagner – 132 tackles e três sacks

Los Angeles Rams (9-6)

Os Rams poderiam estar tranquilos neste fim de semana, mas a derrota sofrida diante dos Seahawks deixa a situação indefinida quanto a presença da franquia de Los Angeles nos playoffs. O derradeiro confronto de LA na temporada regular será um jogo direto contra o Arizona Cardinals. Junto com o Chicago Bears, as três equipes brigam por duas vagas no Wild Card. Para se classificar, basta a vitória ou uma derrota dos Bears ante os Packers. A franquia terá problemas no ataque, sem contar com o QB Jared Goff e o WR Cooper Kupp. A defesa assume a responsabilidade de segurar a equipe em busca da classificação. Blake Bortles será o quarterback titular e fará sua estreia nos Rams.

QB Jared Goff – 370/552 passes, 3952 jardas, 20 passes para touchdown e 13 interceptações

DT Aaron Donald – 41 tackles e 13,5 sacks

Arizona Cardinals (8-7)

A derrota dos Cardinals pelo San Francisco 49ers na semana passada e o massacre do Chicago Bears sobre Jacksonville Jaguars foram fatores que complicaram a situação da equipe, que poderia ter adiantado em boa parte uma vaga na pós-temporada. O panorama é tenso, mas completamente alcançável. Para o jogo, o QB Kyler Murray vai jogar em total sacrifício com dores na panturrilha. Embora os Rams tenham desfalques dos principais atletas de ataque, o setor ofensivo de Arizona tem que passar pela forte defesa de LA comandada por Aaron Donald.

QB Kyler Murray – 367/547 passes, 3884 jardas, 26 passes para touchdown e 12 interceptações

S Budda Baker – 113 tackles e dois sacks

San Francisco 49ers (6-9)

Com inúmeras lesões de jogadores importantes, a equipe californiana chegou ao Super Bowl na temporada passada, mas as ausências mais uma vez comprometeram o desempenho dos 49ers em 2020. Eliminada com antecedência, a franquia de San Francisco tenta encerrar bem a temporada após a vitória sobre Arizona Cardinals e o grande desafio da noite contra Seattle Seahawks, apenas para cumprir tabela.

QB Nick Mullens – 211/326 passes, 2437 jardas, 12 passes para touchdowns e 12 interceptações

LB Fred Warner – 115 jardas, um fumble forçado e dois fumbles recuperados

VAVEL Logo