Richard Sherman é preso por violência doméstica e tentativa de invasão de propriedade privada
Richard Sherman (San Francisco 49ers / Divulgação)

A lista de jogadores da National Football League (NFL) com a polícia é bastante extensa. Na última quarta-feira (14), quem adentrou em tal grupo é Richard Sherman. O cornerback, atualmente sem clube após sair do San Francisco 49ers, foi preso em Seattle ao ser acusado de violência doméstica e por invasão de propriedade privada.

De acordo com o King County Sheriff's Department, que efetuou a prisão, o atleta tentou invadir uma casa às 2h (6h no horário de Brasília). Ele reagiu à prisão e os policiais tiveram que levá-lo à força. Depois de ter uma passagem pelo hospital, ele foi enviado à detenção.

Horas depois, a imprensa americana revelou que ele também é investigado por conta de um acidente de carro - no caso, as autoridades querem identificar se ele estava embriagado na ocasião. A fiança foi negada para que ele saísse do local.

Após a prisão, mais detalhes da detenção foram revelados. De acordo com áudios vazados, o atleta estava embriagado e perseguindo a própria esposa, Ashley Moss, e tentou entrar em confronto com uma pessoa - que pode ser ela ou o próprio tio. Um membro da família também contou que o atleta portava uma faca e falava em tom suicida.

Histórico

Selecionado pelo Seatthe Seahawks no Draft NFL 2011, Richard Sherman ficou na equipe até 2017, vencendo o Super Bowl XLVIII e chegando também ao Super Bowl XLIX. Integrante da "Legion of Boom", famosa defesa da franquia que também contava com Earl Thomas, Kam Chancellor, Brandon Browner e Byron Maxwell, foi cinco vezes selecionado para o Pro Bowl. 

A partir de 2018, passou a atuar no San Francisco 49ers. O vínculo se encerrou na temporada 2020 e não foi renovado.

VAVEL Logo