Brasil faz jogo instável e perde para Suécia no handebol feminino
Foto: Susan Vera / Reuters / Olympic Games

Na madrugada deste sábado (31), a Seleção Brasileira de handebol feminino encarou o forte time da Suécia na penúltima rodada. E depois de uma partida com altos e baixos, as meninas do Brasil foram derrotadas por 34 a 31 e se complicaram na briga pela classificação ao mata-mata da competição nos Jogos Olímpicos de Tóquio

O primeiro tempo começou excelente para o Brasil, que ficou à frente por grande parte dele, inclusive por mais três gols de diferença (no 12 a 8 e também 13 a 9). Alexandra deu show ao acertar cinco dos cinco chutes de 7 metros que teve. Mas a partir do minuto 19, o Brasil sofreu um apagão e fechou os 11 minutos restantes do primeiro tempo sem fazer um gol sequer. Nisso, as suecas cresceram e marcaram seis gols seguidos. E o primeiro tempo terminou com 15 a 13 para a Suécia. 

Depois do intervalo, o Brasil não começou bem. Em momentos que esteve com uma jogadora a mais por conta de exclusões suecas faltou concentração e foco nas jogadas. Erros infantis eram vistos. Do outro lado, a Suécia mantinha sua eficiência estável e foi aumentando a vantagem, que chegou a estar em 19 a 14. As brasileiras até tentaram uma reação e empataram em 25 a 25, mas em seguida as europeias retomaram as rédeas do jogos e fecharam o confronto em 34 a 31.

Como fica a situação das brasileiras?

Foto: Susana Vera / Reuters / Olympic Games
Foto: Susana Vera / Reuters / Olympic Games

Agora, o Brasil vai para a última rodada, contra a França, precisando da vitória para confirmar a classificação ao mata-mata. Neste momento, as brasileiras estão na quarta colocação do grupo B e estariam classificadas, porém uma derrota para as francesas inverteria a posição desses dois times na chave.

França e Brasil se encaram às 23h da próxima segunda-feira (1), e você acompanha o jogo em tempo real na cobertura especial da VAVEL Brasil dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

VAVEL Logo