Como em todos os anos, é chegado o momento do Super Bowl,, fenômeno esportivo que em 2023 está em sua 57ª edição, com o jogo entre Kansas City Chiefs e o Philadelphia Eagles. No próximo domingo, 12 de fevereiro, os dois times vão dar tudo em campo para conquistar a maior honraria do futebol americano.

Além da euforia e paixão que envolve esse espetáculo, desde 2015 a NFL e a Zebra Technologies, empresa que oferece soluções tecnológicas inovadoras para a transformação digital, trabalham juntas para monitorar movimentações dos atletas em campo, estatísticas e placares em tempo real que podem ser a diferença nas estratégias da cada time na liga. Atualmente, um terço das equipes na NFL usam a tecnologia de rastreamento avançada por “Tags ativas” da Zebra para capturar informações de cada jogador durante os treinamentos e ao longo da temporada, permitindo que cada time analise o desempenho das atividades do atleta.

Após oito anos da operação do uso destas soluções Zebra, que inclui a plataforma de análise de dados, Next Gen Stats, Dominic Russo, especialista no Centro de Comando do Futebol e supervisor de todos os serviços da Zebra Sports, detalha que em todo o período do jogo, seja antes, durante ou depois de cada partida, toda a equipe está constantemente verificando se as “Tags” estão funcionando corretamente, se as bolas de futebol, capacetes e torres de informações estão sendo monitoradas, entre outros itens da solução. Antes do jogo no domingo que decidirá quem levará a taça do Super Bowl para casa, Dominic também destaca a importância de ter uma equipe capaz e com adaptabilidade, capaz de resolver qualquer necessidade durante a partida.

Fala-se pouco sobre a tecnologia desportiva, sobre como podemos otimizar as características e especialidade de cada jogador, explorando suas melhores competências em cada jogo. Com esta sinergia formada entre NFL e Zebra, temos uma nova possibilidade que esperamos que chegue às diversas modalidades esportivas, pois sabemos que esta tecnologia inovadora tem muito mais a oferecer. Os resultados que alcançamos com este projeto nos dá muito orgulho e continuaremos desenvolvendo novas formas de inovar por meio da tecnologia”, disse Vanderlei Ferreria, vice-presidente e gerente geral da Zebra Brasil.

Arte: Zebra Technologies
Arte: Zebra Technologies

Para cada um dos jogos desta temporada, um grupo de cinco a dez pessoas da Zebra Sports e Next Gen Stats monitoravam cada detalhe do local. Junto com a equipe de campo, cada jogo é acompanhado a partir do centro de comando, que é composto por duas fileiras de mesas e nove monitores para controlar e acompanhar a ação em tempo real.

Além de reconhecer o enorme esforço da Zebra Sports em monitorar vários jogos em diferentes locais ao mesmo tempo, Dominic observa que, além de dados valiosos que são disponibilizados para os fãs, as estatísticas obtidas graças à Zebra Technologies agora são decisivas para que os treinadores das equipes possam fazer alterações com base nos dados dos jogadores, ou graças a eles, o técnico pode decidir quem integrar o seu time e em que posição.

Segundo Dominic, o futebol americano universitário também poderia tirar muito proveito disso, pois assim os times da NFL poderiam conhecer antecipadamente as vantagens e pontos fortes de cada jogador, resultando assim em uma melhor integração ao time. Não é difícil imaginar o impacto significativo que a tecnologia RFID teria em outros esportes coletivos, como rugby union e futebol. Enquanto o treinamento e o rastreamento do dia do jogo continuam a evoluir, as percepções baseadas em dados estão se alinhando rapidamente com os desejos da sociedade atual, conectando jogadores e torcedores de maneiras ainda melhores.