A espera finalmente terminou: o Brasil Onças masculino volta a campo na noite desta sexta-feira (01) após seis anos sem realizar um jogo. O confronto marca a estreia da equipe no Sul-Americano de Futebol Americano, que está sendo disputado em Brasília. A partida terá início às 18h no Estádio Chapadinha, em Brazlândia.

O último jogo realizado pelo Brasil Onças de futebol americano masculino aconteceu em dezembro de 2017, quando o selecionado encarou no Estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG) a equipe da Argentina Halcones, e na oportunidade, venceu por 38 a 00. Desde então, as poucas vezes que foi convocada, foram apenas para training camps.

De olho na preparação para o mundial da modalidade em 2025, o Brasil Onças disputará o primeiro Sul Americano da modalidade contra Colômbia e Chile, adversários que também estão focados em obter uma possível vaga na competição mundial. As eliminatórias estão previstas para 2024, sem data e local definidos pela IFAF – Federação Mundial de Futebol Americano.

O jogo desta noite contra a Colômbia será a primeira chance do head coach Brian Guzman ver o quanto seus selecionáveis evoluíram desde o último jogo do Brasil Onças.

“A preparação para este jogo foi ótima. Obviamente é um formato muito curto, com dois jogos em dois dias seguidos para nós, mas acredito que o plano para manter a integridade física dos jogadores está dando certo e todos estão bem motivados para este momento”, explicou Brian Guzman.

“Acredito que o resultado do jogo entre Chile e Colômbia surpreendeu todo mundo. Com isso, acredito que vamos ter o jogo mais forte nesta sexta, mas a expectativa é a melhor possível. Estamos ansiosos e prontos para voltar a representar o Brasil após seis anos”, completou.

Para a presidente da CBFA – Confederação Brasileira de Futebol Americano, Cristiane Kajiwara, é um sonho ver o Brasil sediando um evento de futebol americano como este, principalmente com a seleção brasileira masculina da modalidade. Vale lembrar que as seleções de flag disputaram várias competições nos últimos anos, inclusive um Sul-Americano da modalidade aqui no Brasil no final do ano passado, em Itapecerica da Serra (SP).

“Estamos contentes em sediar este primeiro Sul-Americano aqui no Brasil. Há muitos anos queríamos fazer um evento com a seleção masculina de futebol americano, e foi ótimo quando Chile e Colômbia toparam participar. As seleções de flag já estavam disputando várias competições e precisávamos fazer o mesmo com o Brasil Onças de FA, e acredito que agora eles também terão um calendário bem movimentado pelos próximos anos”, explicou Cristiane Kajiwara, presidente da CBFA – Confederação Brasileira de Futebol Americano.

Se o Brasil Onças chega a este jogo ansioso e preparado, os adversários estão vivendo seu melhor momento na história após terem conquistado na noite da última quarta-feira contra o Chile, a primeira vitória de sua história em uma partida internacional, pelo placar de 29 a 00.

A atuação da seleção colombiana surpreendeu, principalmente a força de sua defesa e as variações de seus quarterbacks. E a equipe terá na noite desta sexta-feira a oportunidade de conquistar o título do Sul-Americano de forma antecipada, caso consiga a vitória. Porém, para o head coach Renzo Debia, só o fato de vir ao Brasil disputar a competição, já é um fato grandioso para os “condores”.

“Nós lutamos muito para vir ao Brasil. Economicamente e fisicamente. Vivemos uma noite incrível na quarta-feira, mas não somente pela vitória, mas pela experiência. Tivemos a oportunidade de conhecer uma equipe de outro país e poder ter essa troca de experiência com equipes que já possuem uma rodagem internacional. Esperamos que outras equipes do continente possam viver essa mesma experiência nos próximos anos”, comentou Renzo Debia.

A partida entre Colômbia e Brasil pelo Sul-Americano de Futebol Americano terá transmissão ao vivo no canal da CBFA no YouTube.

 

 

VAVEL Logo
Sobre o autor