Conheça Marílson Gomes, maratonista brasileiro no Rio 2016

Bicampeão da Maratona de Nova York e tricampeão da São Silvestre; Conheça a história de conquistas do fundista Marílson Gomes dos Santos.

Conheça Marílson Gomes, maratonista brasileiro no Rio 2016
Conheça Marílson Gomes, maratonista brasileiro no Rio 2016

Marílson Gomes dos Santos é o maratonista brasileiro de maior sucesso atualmente, o fundista nascido no Distrito Federal tem 38 anos e corre não só provas de tiro longo. Gomes já disputou provas de 10 mil metros, 5 mil metros, meia maratona e quando ainda começava no atletismo corria nas pistas provas dos 800, 1500 e 3000 metros.

Marílson se tornou conhecido pela população brasileira pela dobradinha 2003-2005 na São Silvestre, igualando feito de José João da Silva como bicampeão e desbancando Robert Cheruiyot e Paul Terga, quenianos que eram favoritos no torneio nos anos 2000.

Carreira 

Além das primeiras duas conquistas na tradicional prova de rua paulistana, Marílson obteve o feito pela terceira vez em 2010 sendo o brasileiro que mais chegou na primeira posição após 42km na São Silvestre. Em jogos Pan-americanos ele conquistou triunfos em provas de pista, a paixão antiga da adolescência como as pratas nos 10000 metros em Santo Domingo(República Dominica) e Rio de Janeiro e também o bronze, por duas vezes, nos 5000 metros também na República Dominicana e em terras cariocas. O ouro veio mas demorou a chegar, foi em Guadalajara(2011) na prova que bateu na trave duas vezes, os 10 mil metros com o tempo de 29:00.64.

O currículo de Marílson não para nas provas dentro do continente americano pois ele venceu a Maratona de Nova York em 2006 como surpresa, outra vez vencendo Paul Terga, e em 2008 repetiu o feito na Big apple. Outros resultados satisfatórios foram os 6º(2010), 4º(2011) e 8º(2012) em Londres e a 7ª posição na já conquistada Nova York . Por duas vezes Marílson esteve correndo em Jogos Olímpicos, abandonando a prova em Pequim e chegando em 5º nos jogos de Londres com o tempo de 2h11m10s.


Expectativa para o Rio 2016

Apesar de não viver a melhor fase da carreira, Marílson marcou seu melhor tempo em Hamburgo no dia 26/04/2015 sendo o brasileiro com melhor índice para a disputa dos Jogos Olímpicos. Até correr em Hamburgo eram quase 2 anos sem completar uma prova de rua e sua condição física atual não é a melhor da carreira mas pelo histórico tem chances sim de conquistar medalha no Rio de Janeiro em Agosto no percusso que vai ter chegada no Sambodromo.