Mesmo com pênalti polêmico, Pizzi declara: "Fomos amplamente merecedores da vitória"

Mesmo com a marcação de pênalti irregular, que possibilitou o triunfo chileno, o técnico da seleção "roja" diz que a vitória foi legal

Mesmo com pênalti polêmico, Pizzi declara: "Fomos amplamente merecedores da vitória"
Crédito da foto: Alfredo Duarte Pereira/Conmebol

Faltando um minuto para o final do duelo, um pênalti muito polêmico foi marcado a favor do Chile, o meio campista Vidal cobrou e deu a vitória para os atuais campeões da Copa América: 2 a 1 sobre a frágil seleção boliviana, que havia empatado o jogo aos 15 min do segundo tempo com um golaço de Jhasmani Campos; o jogo fez parte da segunda rodada da Copa América Centenário, em jogo realizado em Boston no estádio Foxborough.

O treinador do Chile, Juan Antonio Pizzi, afirmou que sua equipe mereceu a vitória ante a seleção boliviana, e não alimentou a importância do pênalti contestável que permitiu o triunfo da "La Roja": "Fomos amplamente merecedores de ganhar, embora nos faltou ser mais intenso nos últimos minutos".

Pizzi ainda revelou que não viu o replay da jogada do pênalti polêmico e desdenhou ao declarar que: "As falhas de arbitagem são assim, algumas são a favor e outras contra". O técnico ainda reconheceu que seu time precisa mostrar mais em campo, apesar do Chile ter sido claramente superior à Bolívia, especialmente no primeiror tempo. O que faltou mesmo foi clareza para definir e fazer com que o domínio na posse da bola se tornasse em vantagem no placar.

O chile entra em campo na próxima terça feira (14), para encarar o Panamá às 21:00 na Filadélfia, em jogo válido pela terceira rodada.