Quartas de final são definidas; Brasil faz história e vence no rúgbi feminino

Brasileiras venceram duas vezes no segundo dia de competições; confira todos os resultados deste domingo

Quartas de final são definidas; Brasil faz história e vence no rúgbi feminino
(Foto: Gabriel Nascimento/Rio 2016)

A última etapa antes das fases finais do rúgbi feminino foi especial para a Seleção Brasileira. As Yaras venceram sua primeira partida na história dos Jogos Olímpicos e, mesmo sem conseguir a classificação, fizeram a alegria da torcida em Deodoro. Elas ainda venceram a semifinal na disputa pelo nono lugar contra a Colômbia.

Confira todos os resultados e detalhes da terceira rodada no segundo dia de disputas do Rúgbi Sevens dos Jogos Olímpicos Rio 2016:

3ª rodada:

11h: Espanha 19x10 Quênia - Grupo B

A Espanha sofreu para vencer o Quênia no início do segundo dia de disputas. Mesmo abrindo o placar com um try logo no início, as espanholas levaram o empate pouco depois e precisaram correr atrás do resultado. As quenianas tentaram muito seguras as adversárias, mas as Leoas conseguiram dois tries seguidos com Bravo e abriram a vantagem. O Quênia ainda marcou outro try no fim com Okelo.

11h30: Nova Zelândia 26x7 França - Grupo B

As neozelandesas não tiveram problemas para vencer a França. Já classificadas, as seleções não fizeram um confronto muito pegado justamente para não haver desgaste para as quartas de final. Nova Zelândia se impôs e marcou três tries rapidamente. Logo depois, as francesas reagiram e conseguiram marcar um try com Grassineau antes do intervalo. No segundo tempo, McAlister fechou o placar com mais um try para as neozelandesas.

12h: Brasil 26x10 Japão - Grupo C

As meninas brasileiras conseguiram vencer pela primeira vez na história da Olimpíada e fizeram um ótimo jogo contra o Japão. Paulinha marcou o primeiro try do Brasil após duas rodadas sem nenhum, mas Raquel perdeu a conversão logo depois. As Yaras pressionaram bastante e conseguiram segurar as japonesas com muita força. Entretanto, um cartão amarelo deixou a Seleção com uma a menos e foi o momento das adversárias se destacarem.

O Japão aproveitou a chance e conseguiu marcar dois tries, virando o placar para 10 a 5. Em seguida, o Brasil voltou a ter sete atletas após cumprimento da punição e retornou com força total ao jogo, marcando outro try, este com Baby e com conversão certa de Raquel, virando para 12 a 10. Duas ótimas jogadas que viraram tries e duas conversões garantiram a vitória brasileira. Baby e Amanda marcaram os pontos finais.

O Brasil precisava vencer o Japão com uma diferença no placar de 31 pontos para conseguir a classificação às quartas de final, mas isso não aconteceu. Com o resultado, as brasileiras disputam o nono lugar no torneio.

12h30: Canadá 0x22 Grã-Bretanha - Grupo C

As britânicas conseguiram passar pela primeira fase sem levar um try sequer. Na terceira partida na Olimpíada, a Grã Bretanha bateu o Canadá por 22 a 0 e garantiu mais uma ótima vitória na modalidade. Foram três tries só no primeiro tempo e dois no segundo. Scarratt foi um dos destaques e conseguiu marcar dois tries, sendo um em cada tempo.

13h: Fiji 36x0 Colômbia - Grupo A

Fiji conseguiu a classificação após bater fácil a Colômbia, que não conseguiu marcar nenhum ponto até agora. Daveua deu os números iniciais ao duelo e marcou dois tries, ajudando as fijianas a abrirem 24 a 0 logo no primeiro tempo com quatro tries. Na etapa final, as colombianas ainda levaram mais dois tries e não conseguiram reagir.

13h30: Austrália 12x12 Estados Unidos - Grupo A

Para fechar a primeira fase do rúgbi feminino, o único empate até agora teve jogo bem disputado entre Estados Unidos e Austrália. As australianas saíram na frente com um try logo no início, mas não conseguiram segurar a força norte-americana e acabaram levando dois tries seguidos. Entretanto, Tonegato conseguiu o empate na última bola e garantiu a igualdade no placar.

Semifinal pelo 9º lugar:

16h: Brasil 24x0 Colômbia

As brasileiras conseguiram a segunda vitória do dia contra a Colômbia e Claudinha foi o grande destaque com dois tries. Os primeiros pontos do Brasil foram marcados por Mari com um try sem conversão. Pouco depois, Claudinha disparou sozinha, fez seu primeiro try e em seguida marcou o segundo, deixando o placar em 17 a 0 antes do intervalo graças a conversão certa de Raquel.

No segundo tempo, o Brasil ainda fez mais um try nas colombianas com Baby, que apenas assistiram a melhor jogadora brasileira ampliar o placar. Com a conversão certa, as Yaras abriram 24 a 0 e deram os números finais ao confronto.

16h30: Quênia 0x24 Japão

Na segunda semifinal, as japonesas venceram com facilidade o Quênia e vão enfrentar as donas da casa mais uma vez. Contra um jogo duro queniano, o Japão soube encontrar os espaços e conseguiu marcar quatro tries, sendo dois de Yamaguchi.

Classificação final:

O Brasil terminou na terceira colocação do Grupo C e disputará o nono lugar do torneio, já que venceu a Colômbia. As adversárias são as japonesas e o confronto será às 13h.

É importante lembrar que conquistar o nono lugar garante vaga como seleção central da Série Mundial de Sevens Feminina 2016/17.

Já as quartas de final também estão definidas e serão disputadas neste domingo a partir das 17h:

17h: Austrália x Espanha

17h30: Canadá x França

18h: Grã-Bretanha x Fiji

18h30: Nova Zelândia x EUA