Phelps sobra em revezamento e mostra que ainda tem gás para medalhas

Maior campeão olímpico em toda história coloca Estados Unidos com 1s da vantagem sobre atuais campeões olímpicas conquistando o 19º ouro

Phelps sobra em revezamento e mostra que ainda tem gás para medalhas
Phelps sobra em revezamento e mostra que ainda tem gás para medalhas

Na segunda noite da natação foi escrita mais uma página do vasto livro olímpico de Michael Fred Phelps II. Para variar o norte-americano junto outra medalha dourada na fraca coleção que continha outras 18 antes de desembarcar no Rio de Janeiro.

O ouro conquistado no revezamento 4x100 pelo time dos Estados Unidos teve o toque especial de Phelps. Pegando sua equipe na 2ª colocação, dois décimos atrás dos franceses Phelps deixou norte-americanos com 1s em vantagem sobre Fabien Gilot e a medalha dourada encaminhada superando os campeões em Londres.

Com Cech, Le Chlos, Phelps, Hozsu e a brasileira Joanna Maranhão confira o dia 3 na natação

Optando por nadar poucas provas o maior vencedor da história vai cair na piscina apenas mais quatro vezes no Centro Aquático antes de se retirar definitivamente.Entre hoje e amanhã nos 200m borboleta enfrentará Laszlo Cech, Chad Le Chlos e o japonês Daiya Seto formando 4 dos 5 nadadores com melhor tempo em 2015/2016.

Para fechar ele ainda disputa os 200m medley na quarta-feira e fecha com 100m borboleta no sexto dia de competição. Se sobrar tempo ainda vai compor o time no revezamento 4x200 livre ao lado de Ryan Lochte