Após medalha de ouro por equipes, sul-coreano Kim Woojin é eliminado no tiro com arco

Atleta havia batido o recorde mundial na rodada classificatória e levou um ouro para casa

Após medalha de ouro por equipes, sul-coreano Kim Woojin é eliminado no tiro com arco
Kim Woojin (à esquerda) comemora juntamente com seus companheiros após ganharem o ouro na competição por equipes (Foto: Paul Gilham/Getty Images)

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 a cada dia nos dão mais provas do quanto as competições são niveladas por alto, mantendo um equilíbrio enorme seja qual for o esporte. As provas do tiro com arco hoje (8) evidenciaram ainda mais esse equilíibrio. Kim Woojin, atleta da Coreia do Sul, disputou as eliminatórias individuais na sexta (5), estabelecendo um novo recorde mundial ao ultrapassar a barreira dos 700 pontos. Woojin foi, na sequência, medalhista de ouro na prova por equipes com seu país e voltou a disputar as provas individuais no dia de hoje. A modalidade era o recurvo de 70m.

No entanto, a boa fase parece não ter se mantido. O sul-coreano, que havia se classificado com a melhor marca, passou com facilidade por Gavin Sutherland, atleta do Zimbábue. No entanto, logo na rodada seguinte, a dos 16 avos de final, ao enfrentar o indonésio Riau Agatha Ega, não conseguiu repetir as boas atuações e acabou eliminado, perdendo por 6 a 2. Woojin parecia surpreso ao conceder entrevista após a derrota:

"Estou em choque. Não culpo a nada nem a ninguém. Simplesmente não estava bem hoje. Treinei muito, mas não adiantou nada", lamentou o sul-coreano. O Brasil ainda conta com três representantes nessa mesma prova, que entram em ação amanhã (9): Marcus Vinícius D'Almeida, Bernardo Oliveira e Daniel Rezende Xavier.