Natação: dia 5 na Rio 2016

Natação: dia 5 na Rio 2016
Nadadores se alinham para o revezamento (Foto: Adam Pretty/Getty Images)

Esse foi o fim das provas de hoje, amigos leitores da VAVEL Brasil! Amanhã tem mais e você pode acompanhar conosco aqui. Muito boa noite a todos!

MEDALHA DE OURO PARA OS ESTADOS UNIDOS! Katie Ledecky consegue ultrapassar a nadadora australiana e traz o ouro para os Estados Unidos. O revezamento da Austrália fica com a prata e Penny Oleksiak fecha para o Canadá, que leva o bronze

Caem na piscina as últimas nadadoras. Austrália ainda na frente, mas vem aí Katie Ledecky para buscar a vitória pelos Estados Unidos

Na virada dos 450m, a Austrália vem na frente e os Estados Unidos vem na segunda colocação

Vamos agora à final do revezamento 4x200m livre feminino!

Henrique Rodrigues ficou com o nono tempo e não conseguiu avançar

Os oito classificados para a final são:
Michael Phelps (EUA)
Ryan Lochte (EUA)
Thiago Pereira (BRA)
Kosuke Hagino (JAP)
Dan Wallace (GBR)
Shun Wang (CHN) 
Hiromasa Fujimori (JAP)
Philip Heintz (ALE)
 

Michael Phelps vence a bateria com 1:55.78. Ryan Lochte vem na segunda posição com 1:56.28 e Thiago Pereira fecha com 1:57.11

Vamos à segunda bateria, com a presença de Thiago Pereira e da lenda Michael Phelps! Além disso, contamos com Ryan Lochte, outro grande da natação estadunidense. Se os três avançarem para a final, será a quarta vez em que todos nadarão juntos numa final olímpica dos 200m medley

Kosuke Hagino vence a primeira bateria com 1:57.58. Henrique Rodrigues terminou em quarto, marcando 1:59.23

Henrique Rodrigues vira em segundo nos primeiros 100m!

Tem mais Brasil na piscina! Vem aí Henrique Rodrigues nos 200m medley masculino. O brasileiro tem boas chances de avançar à final

A vitória da segunda bateria fica com a australiana Taylor McKeon, fechando em 2:21.69

Rie Caneto vence a primeira bateria com 2:22.11 e Yulia Efimova chega na segunda colocação

A próxima conta com duas baterias: são as semifinais dos 200m peito feminino

MEDALHA DE OURO PARA A AUSTRÁLIA! Kyle Chalmers aperta demais o ritmo nos últimos 20m e vence a prova com o tempo de 47.58, estabelecendo novo recorde mundial júnior! A prata vai para a Bélgica, com Pieter Timmers e Nathan Adrian, dos Estados Unidos, fica com o bronze. Marcelo Chierighini fecha em oitavo.

Próxima prova é a final dos 100m livre. E temos Brasil na raia de número 8, com Marcelo Chierighini!

MEDALHA DE OURO PARA A ESPANHA! Mireia Belmonte Garcia, com o tempo de 2:04.85, consegue a vitória por apenas três centésimos, chorando ainda dentro da piscina. Madeline Groves fica com a prata para a Austrália e quem leva o bronze é Natsumi Hoshi

Madeline Groves vai abrindo nos primeiros 100m. Mireia Belmonte Garcia vai se recuperando no fim e tenta apertar na segunda metade

Após a premiação do cazaque Dmitriy Balandin, vamos à final dos 200m borboleta feminino

Agora teremos a premiação dos 200m peito masculino

Evgeny Rylov novamente faz o melhor tempo das eliminatórias, se classificando para nadar na raia número 4 da prova. O russo fechou a prova com o tempo de 1:54.45

Na metade da prova, quem lidera é Mitchell Larkin

Vamos à segunda bateria, com destaque para o russo Evgeny Rylov e para o australiano Mitchell Larkin

Ryan Murphy, dos Estados Unidos, consegue a vitória com o tempo de 1:55.15. Léo de Deus é o sexto, com 1:57.67, piora sua marca das eliminatórias, e não deve conseguir avançar

Beaver é o primeiro na virada dos 100m e Léo de Deus vai começando a forçar mais, virando em quinto!

Começa a prova! Leonardo de Deus não tem saída tão forte e começa atrás dos líderes. 7º nos primeiros 50m

Continuando com as semifinais, teremos agora os 200m costas masculino. Também tem Brasil na piscina, com Leonardo de Deus na raia 7!

Cate Campbell vence a bateria e estabelece novo recorde olímpico, com 52.71, quebrando sua própria marca. Penny Oleksiak, na segunda colocação, quebra o recorde das Américas e estabelece novo recorde mundial júnior, com 52.72

Vamos à segunda bateria! Cate Campbell vem aí na raia 4. Nas eliminatórias, a australiana bateu o recorde olímpico

Simone Manuel, dos Estados Unidos, vence com o tempo de 53.11. Etiene Medeiros fecha em 54.59, termina na oitava colocação e não deve conseguir vaga para a final

Agora vem Brasil na piscina! Na primeira bateria das semifinais dos 100m livre feminino, Etiene Medeiros cai na raia de número 1!

MEDALHA DE OURO PARA O CAZAQUISTÃO! Dmitriy Balandin vence a prova com o tempo de 2:07.46 e faz a história! É a primeira medalha do Cazaquistão no esporte! A prata vai para os Estados Unidos, com Josh Prenot e a Rússia fica com o bronze, com Anton Chupkov

Na virada dos 100m, Yasuhiro Koseki lidera, vencendo até mesmo o recorde mundial

Começou! Todos na água e está valendo a primeira final da noite!

Os nadadores já vão sendo anunciados. Olho em Ippei Watanabe, que se classificou na semifinal com novo recorde olímpico!

Daqui a pouco teremos as provas voltando. Para abrir os trabalhos da noite, vamos com a decisão dos 200m peito masculino!

Paramos a competição da natação até as 22h, quando voltamos para semifinais e finais. Até lá!

Vence o revezamento dos Estados Unidos com o tempo de 7:47.77. As brasileiras marcam apenas 7:55.68, não conseguindo avançar à final, mas estabelecendo recorde sul-americano

Vem aí Brasil na raia de número 7! Manuela Lyrio, Jéssica Cavalheiro, Gabriele Roncato e Larissa Oliveira compõem o revezamento brasileiro

A vitória da primeira bateria do revezamento fica com a Austrália. As meninas marcam o tempo de 7:49.24

Agora vamos à prova de revezamento dos 4x200m livre feminino

Michael Phelps vence a última bateria, com o tempo de 1:58.41. Thiago Pereira chega na segunda colocação, apenas 22 centésimos atrás. Thiago se classifica com o quinto tempo e Henrique Rodrigues passa para as semis com o quarto tempo!

É agora! Temos Brasil na piscina com Thiago Pereira. O brasileiro nada na raia 5, ao lado de Michael Phelps, que vem na raia central

Na terceira bateria, Kosuke Hagino vence com o tempo de 1:58.79

Ryan Lochte nadou para 1:57.38 e venceu a segunda série. Henrique Rodrigues liderou a prova até os 100m, fechou em terceiro com o tempo de 1:58.56

Teremos Brasil agora! Henrique Rodrigues vem aí tentando vaga nas semifinais

Raphael Stacchiotti, de Luxemburgo, fica com o tempo de 2:00.71 e vence a primeira bateria

Para encerrar as provas individuais, vem aí os 200m medley masculino. As atrações são a lenda Michael Phelps e Thiago Pereira, o "Mr. Pan"

Fechando as baterias de qualificação, quem vence é Kierra Smith, do Canadá, com 2:23.69

Rie Kaneto leva a primeira colocação da terceira eliminatória com o tempo de 2:22.88

Na segunda série, temos Rikke Pedersen com o tempo de 2:22.72

Vitória da argentina Julia Sebastian com 2:27.98, logo na primeira bateria

Agora teremos os 200m peito feminino

Mitchell Larkin vence a bateria com 1:56.01. Léo de Deus fecha na quinta posição marcando 1:57.00 e avança às semifinais da prova!

Vem aí Leonardo de Deus! O brasileiro busca vaga nas semifinais da prova e nada na raia de número 1 da última bateria

Ryan Murphy, dos Estados Unidos, vence a terceira bateria com 1:56.29

A segunda bateria termina com vitória de Evgeny Rylov, com o tempo de 1:55.02

Quem vence a primeira prova é Robert Glinta com 1:57.91

Vamos ter agora a prova dos 200m costas masculino

Na última bateria, Sarah Sjöström vence a prova com o tempo de 53.37. Etiene Medeiros já se classifica com o 14º tempo. A 16ª vaga ainda está em aberto porque tivemos um empate

Cate Campbell, da Austrália, vence a bateria e quebra o recorde olímpico com o tempo de 52.78. Larissa Oliveira termina na oitava posição da bateria com o tempo de 54.72

E teremos mais Brasil na piscina! Larissa Oliveira vem aí na raia número 1

Simone Manuel, marcando 53.32, termina a bateria na primeira colocação e Etiene Medeiros fecha em terceira, com 54.38

Teremos Brasil na proxima série, com Etiene Medeiros! Nota-se a ausência de Federica Pellegrini

Já na terceira bateria, a vitória fica com Veronika Popova, da Rússia, com o tempo de 54.60

A segunda série termina com Susann Bjornsen, da Noruega, com o tempo de 55.35, vencendo

Na primeira bateria, quem vence é Ines Remersaro, do Uruguai, marcando 58.75. Yusra Mardini, que compete pelo time dos refugiados e virou uma das atrações da Olímpiada, fecha com 1:04.66, acima do seu tempo de balizamento

Vão começar as emoções do quinto dia da natação! Vamos para as eliminatórias dos 100m livre feminino

O revezamento 4x200m livre feminino tem como destaque a equipe dos Estados Unidos. As estadunidenses têm um tempo de balizamento três segundos melhor do que as italianas, que ficam com a segunda melhor marca. O revezamento brasileiro nada na raia 7 da segunda série

Para dar fim às provas individuais da primeira etapa, os 200m medley masculino, o estadunidense Ryan Lochte torna-se uma das maiores atrações. Henrique Rodrigues nadará na mesma bateria que Lochte e representa o Brasil juntamente com Thiago Pereira. Thiago vai nadar ao lado da lenda Michael Phelps. Também é importante ficar de olho em Kosuke Hagino, japonês que nada na terceira bateria.

Thiago Pereira (esq.) e Henrique Rodrigues, representantes brasileiros nos 200m medley
Thiago Pereira (esq.) e Henrique Rodrigues, representantes brasileiros nos 200m medley (Foto: Divulgação/CBDA)

A terceira prova do dia será a dos 200m peito feminino e a favorita é a turca Viktoria Gunes, detentora do melhor tempo de balizamento. No entanto, a recordista mundial Rikke Pedersen também nadará. Outro destaque é a presença da russa Yulia Efimova, que vem sendo duramente criticada e vaiada por sua presença nos Jogos Olímpicos

Já nos 200m costas masculino, a expectativa maior fica por conta do australiano Mitchell Larkin, favorito à medalha de ouro na prova. O Brasil terá a presença de Leonardo de Deus e também é importante ficar de olho no estadunidense Ryan Murphy

A prova dos 100m livre feminino promete trazer de volta às piscinas uma das nadadoras que virou um "xodó" da torcida brasileira: a refugiada Yusra Mardini. A jovem de 19 anos nada na primeira bateria. Outras nadadoras relevantes para a prova são a italiana Federica Pellegrini, Penny Oleksiak e Sarah Sjöström. O Brasil será representado por Etiene Medeiros e Larissa Oliveira.

Yusra Mardini em coletiva logo após sua primeira prova nos Jogos Olímpicos. Ela volta nos 100m livre (Foto: Divulgação/Rio 2016)
Yusra Mardini em coletiva logo após sua primeira prova nos Jogos Olímpicos. Ela volta nos 100m livre (Foto: Divulgação/Rio 2016)

Na parte da noite, vamos às finais e semifinais, começando pela decisão dos 200m peito masculino. Em seguida, teremos as semifinais dos 100m livre feminino e dos 200m costas masculino. Depois das semis, mais duas finais com os 200m borboleta feminino e os 100m livre masculino. Encerrando as contendas individuais, vamos às semifinais dos 200m peito feminino e dos 200m medley masculino

Teremos cinco eliminatórias na parte da tarde, com destaque máximo para a prova dos 100m livre feminino. A abertura das atividades é feita pela mesma e, na sequência, assistiremos os 200m costas masculino, 200m peito feminino e 200m medley masculino, encerrando as provas individuais. Para finalizar a primeira parte de competições do dia, vamos ao revezamento 4x200m livre feminino

Como de costume na natação da Rio 2016, teremos apenas baterias eliminatórias durante o início da tarde. À noite serão disputadas semifinais e finais de algumas provas

Seja muito bem-vindo, leitor da VAVEL Brasil! Acompanhe conosco mais um dia de competições na natação dos Jogos Olímpicos Rio 2016!