Judô: Maria Portela é desclassificada por golpe irregular em sua segunda luta na Olimpíada

Brasileira "abraçou" adversária austríaca e foi eliminada já no golden score

Judô: Maria Portela é desclassificada por golpe irregular em sua segunda luta na Olimpíada
Foto: (Graziella Batista / MPIX)

A judoca brasileira Maria Portela - depois de estrear nos Jogos Rio 2016 com vitória - foi eliminada após um golpe irregular na luta contra a austríaca Bernadette Graf. Portela "abraçou" a adversária para aplicar o golpe, movimento irregular no judô segundo a regra. Judoca brasileira está fora da disputa na modalidade.

Com uma luta controlada, Maria Portela estava segura e bem na competição. As duas atletas receberam um shido como punição logo no início da luta. Disputado, o confronto terminou empatado. Porém, no início do golden score, a brasileira "abraçou" sua adversária e a derrubou sem tocar no kimono. Pela regra, golpe sujeito a eliminação. Por isso, Portela está fora da Olimpíada.

Número 12 mundial, essa é a segunda olimpíada de Portela. A brasileira foi eliminada logo na primeira luta nos Jogos de Londres em 2012.