Brasileira Lohaynny Vicente é derrotada, mas escreve história no Badminton nacional

O Badminton da ‘oi’ ao Rio de Janeiro nesta Olimpíada; Brasileira é a primeira a representar o país em uma partida de Badminton em Jogos Olímpicos

Brasileira Lohaynny Vicente é derrotada, mas escreve história no Badminton nacional
Foto: (Divulgação/Internet)

Nesta quinta-feira (11), a Olimpíada Rio 16 conheceu alguns atletas do Badminton, um dos esportes mais praticados no mundo – mas sem apelo no Brasil. Favoritos a conquistarem o ouro, os atletas chineses Lin Dan e Zhao Yunlei já entraram e quadra e venceram. Mas foi uma brasileira quem escreveu história no Rio Centro – Pavilhão 4.

Lohaynny Vicente de 20 anos foi a primeira atleta brasileira a participar de uma partida de Badminton em Jogos Olímpicos. A modalidade começou a ser disputada em Barcelona 92, mas nunca uma equipe brasileira tinha se classificado para a competição. E logo em sua primeira partida, uma pedreira: Saina Nehwal, da India. Medalhista de bronze na Olimpíada de Londres 2012 e ex-número 1 da modalidade.

Além de uma adversária do alto escalão, Lohaynny enfrentou o nervosismo da primeira vez, mas não faltou apoio para a atleta brasileira. Com bom número de torcedores no ginásio, Lohaynny foi empurrada durante toda a partida e nos momentos mais complicados – quando a indiana abriu seis pontos – gritos de “eu acredito” eram ouvidos. E ao fim, decretada a derrota, a primeira brasileira do Badminton foi ovacionada pelo publico.

Foram dois games relativamente apertadores e em alguns momentos com a brasileira na frente do placar. Atualmente Lohaynny Vicente é a 72º do ranking e jogou de igual pra igual com uma das atletas mais importantes da modalidade, sendo derrotada por 2 a 0, em dois games de 21 a 17. Revelada no Projeto Social Miratus, na Comunidade da Chacrinha, no Rio, Lohaynny agradeceu o apoio do público e principalmente de seu técnico Marco Vasconcelos. Que para ela, sem ajuda dele, não estaria disputando uma Olimpíada.

Nesta quinta-feira que marca o inicio do Badminton no Rio 2016, os favoritos ao ouro, os chineses Lin Dan, pelo masculino e Zhao Yunlei pelo feminino, também entraram em quadra e deixaram claro o motivo de serem favoritos. Lin Dan venceu com muita facilidade o austríaco David Obernosterer por dois games a zero.

Já Yunlei disputou a prova nas duplas mistas, com o parceiro Zhang Nan e passaram sem dificuldades pela dupla alemã Birgit Michels e Michael Fuchs pelos mesmos 2 games a 0.

O Brasil volta a entrar em quadra no sábado (13). Lohaynny, às 11h55, contra Marija Ulitina, da Ucrânia. Já Ygor Coelho faz sua estreia nos jogos, às 19h55, diante Scott Evans, da Irlanda. A modalidade “deu as caras” no Brasil e o publico gostou, de “bad”, o Badminton não tem nada.