Dobradinha britânica: Reino Unido é imparável no ciclismo de pista

Dobradinha britânica no pódio da velocidade individual masculina; o Russo Denis Dmitriev levou o bronze

Dobradinha britânica: Reino Unido é imparável no ciclismo de pista
Kenny contra Dmitriev na semifinal. Foto: Christian Petersen/Getty Images

Os recordes e medalhas olímpicas não estão somente entre as mulheres do Reino Unido no ciclismo de pista. Desde a primeira prova, a perseguição por equipes, realizada na quinta-feira (11), a Terra da Rainha tem se destacado na modalidade. 

A prova de velocidade individual teve dois finalistas britânicos, o escocês Callum Skinner e o inglês bicampeão mundial, Jason Kenny

A Inglaterra é o berço deste esporte, que começou a ser praticado em 1870 e estava presente no programa dos Jogos Olímpicos desde a primeira edição do evento, em Atenas, 1896. Portanto, o Reino Unido carrega consigo ao longo da História uma boa tradição na modalidade. Ganhou ainda mais destaque depois da última edição, na própria casa, principalmente pelo fato de as mulheres terem começado a competir com equipes inteiras. 

Na Rio 2016, os dois finalistas da corrida individual estão ajudando a escrever mais uma página na história da modalidade no país. 

Já nas quartas de finais era de se prever que os dois se enfrentariam. Kenny enfrentou o australiano Patrick Constable, que não ficou entre os melhores na primeira fase e teve de disputar a repescagem para continuar na competição. Skinner correu contra Chu Xao, da China e venceu. 

Foram para as semifinais contra Denis Dmitriev, da Rússia e Matthew Glaetzer, australiano. Skinner bateu Glaetzer e o russo foi vencido por Jason Kenny. Os derrotados disputaram entre si pela medalha de ouro. 

Assim como as semifinais, as finais, tanto pelo ouro e prata, quanto pelo bronze, são realizadas em disputas de melhor de três. Dmitriev conseguiu atravessar a linha de chegada com larga vantagem em relação ao australiano e conquistou a medalha de bronze. 

A disputa pelo ouro, entre os dois britânicos, foi mais acirrada. Até o final da última volta Skinner e Kenny estavam muito próximos, mas a velocidade do agora bicampeão aumentou e ele abraçou o segundo ouro da carreira nesta prova. 

Jason Kenny e Callum Skinner alcançaram juntos o primeiro ouro do Reino Unido no ciclismo de pista da Rio 2016, na prova de velocidade por equipes. E agora subiram novamente juntos ao pódio, lado a lado, Kenny com o ouro e Skinner com a prata. 

Neste domingo a prova de omnium teve início. Ela é realizada em seis subcategorias, fora a classificatória geral: scratch, perseguição individual, corrida de eliminação, contrarrelógio, volta rápida e corrida por pontos. Esta última parte, em que os vencedores aparecerão, acontecerá na segunda-feira (15) às 17h20.