Vela: Brasileiras terminam dia em terceiro na classe 49er FX , final da Laser é adiada

Martine e Kahena chegaram a assumir a liderança após a primeira regata do dia, mas na segunda ficaram em 11° e cairam para 3°

Vela: Brasileiras terminam dia em terceiro na classe 49er FX , final da Laser é adiada
Photo: Getty Images/Clive Mason

O dia foi promissor para as brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49er FX feminina. Nas regatas disputadas nesse segunda-fera (15), em Niterói, as brasileiras chegaram em terceiro na primeira, assumindo a liderança geral, e em 11° na segunda, caindo para terceiro no geral.

Martine e Kahena perderam apenas 34 pontos, e estão atrás de Nova Zelândia, com 32 pontos perdidos, e Espanha que lidera com apenas 30 pontos perdidos.

''A troca de liderança tem mostrado que a nossa classe é bem competitiva. Espero que todos os dias troque novo'', comentou Martine.

Restam apenas duas regatas nessa classe, sendo uma a medal race, que valerá o dobro da pontuação.

Final da classe Laser é adiada por falta de vento

A classe Laser foi adiada para amanhã, devido a falta de vento na raia do Pão de Açúcar, na parte da tarde.

"No inverno carioca temos muitos dias sem vento nenhum. A gente torce para que amanhã haja a regata", disse Scheidt.

Robert Scheidt vinha se recuperando nas regatas e chegou a estar em segundo no geral, mas no último dia de competições da classe acabou atrapalhado por um saco plástico que grudou em seu leme, e caiu na classificação. O brasileiro precisa de uma combinação de resultados para conquistar o bronze, única medalha possível.

''Claro que queríamos competir hoje, mas não teve vento. É até melhor, porque amanhã vai ter um vento melhor, mais constante, para fazer uma prova melhor. Estou bem tranquilo. Há dois dias, foi muito ruim para mim, estava decepcionado, mas ter tido o dia livre ontem (domingo) me ajudou a relativizar as coisas e pensar que tenho uma chance. Hoje estava bem animado para velejar, mas não vai ter. Amanhã, tenho de continuar com esse foco, com esse pensamento positivo'', comentou o bi-campeão olímpico.