Pódio do triatlo tem dobradinha em família

Uma das mais tradicionais modalidades olímpicas teve como cenário a praia de Copacabana na manhã desta quinta-feira

Pódio do triatlo tem dobradinha em família
Equipe britânica formada por Gordon Benson e os irmãos Alistair e Jonathan Brownlee. (Foto: Bryn Lennon/Getty Images)

O triatlo é a união entre três modalidades, a natação, o ciclismo e a maratona. Assim, participam dela atletas capazes de superar os desafios de cada um destes esportes, mostrando sua força e resistência na água, sobre rodas e com o próprio corpo. 

A prova realizada na manhã desta quinta-feira em Copacabana escreveu mais uma página da história dos Jogos. Alistair Brownlee, do Reino Unido, o primeiro a atravessar a linha de chegada na Avenida Atlântica, realizou o feito inédito de se tornar bicampeão olímpico no triatlo. A primeira medalha de ouro de Alistair foi conquistada na Olimpíada de Londres, em 2012. 

Para acrescentar ainda mais emoção à prova, quem subiu ao pódio ao seu lado, com a medalha de prata, foi seu irmão, Jonathan Brownlee que, na edição anterior dos Jogos Olímpicos, também compôs o pódio, daquela vez com o bronze.

O Brasil contou com apenas um representante,  o carioca Diego Sclebin. Ele alcançou somente a 41ª colocação, completando a prova em 1h52min32.

O campeão completou o percurso em 1h45min01, e seu irmão, apenas seis segundos atrás dele: 1h45min07. O sul-africano Henri Schoeman, que conquistou a medalha de bronze, chegou ao final da prova em 1h45min43. 

A prova feminina acontece neste sábado (20), com início às 11h.