Carolina Marin vence de virada e faz história no Badminton feminino

Carolina Marin vence de virada e faz história no Badminton. Indiana fatura segunda medalha para Índia nos Jogos Olímpicos 2016. O bronze ficou com o Japão

Carolina Marin vence de virada e faz história no Badminton
feminino
Foto: (Reprodução/Internet)

Aconteceu nesta sexta-feira (19) a final do Badminton no simples feminino, entre Carolina Marin da Espanha, contra a indiana P.V Sindhu. Em partida acirrada e disputada em três sets, a bicampeã mundial Carolina Marin – e atual líder do ranking – começou perdendo para Sindhu o primeiro set por 21-19, mas se recuperou no segundo e venceu com larga vantagem de 21-12. No terceiro set Marin venceu por 21-15 e fez história: primeira medalha da história da Espanha no Badminton e ser a primeira mulher da Europa a ganhar uma medalha na modalidade.

Na fase preliminar da competição, a espanhola que estava no Grupo A com Line Kjærsfeldt – Dinamarca – e Nanna Vainio – Finlândia –terminou na primeira colocação com duas vitórias em dois jogos. Marin não disputou as oitavas de final e foi direto para quartas, onde enfrentou Sung Ji-hyun da Coreia do Sul e venceu por 2 sets a 0.

Na semifinal Li Xuerui teve a tarefa de derrotar Carolina Marin, mas não conseguiu e acabou perdendo por 2 sets a 0. Com esse resultado a espanhola garantiu vaga em sua primeira final olímpica.

A surpresa desta final ficou por conta da índia Sindhu que ficou com a prata. No Grupo M, a indiana também se classificou na primeira colocação, após vencer os seus dois jogos. Diferentemente de sua rival na final, Sindhu participou das oitavas de final e venceu Tai Tzu-ying (Taipé Chinesa) por 2 sets a 0.

Nas quartas de final, o duelo foi diante Wang Yihan da China, mas sem grandes dificuldades a indiana venceu por 2 sets a 0. Na disputa da vaga na grande final, Nozomi Okuhara do Japão, mas a surpresa da competição mais uma vez foi brilhante e venceu por 2 sets a 0. A disputa pelo bronze ficou entre Japão e China.

A final entre Carolina Marin e Sindhu foi um marco na história do Badminton, já que o esporte é dominado por asiáticos. Na disputa pela medalha de bronze, a japonesa Nozomi Okuhara venceu por W.O a chinesa Wang Yihan. Desde Atlanta 96, que o Badminton não tinha uma chinesa no pódio. O Rio de Janeiro presenciou história na modalidade.