Brasil empata com Irã e enfrenta China nas semifinais do futebol de 5 masculino

Seleção poupa Ricardinho e fica no 0 a 0 com iranianos; Argentina e Irã fazem a outra semi, que ocorre na quinta-feira (15)

Brasil empata com Irã e enfrenta China nas semifinais do futebol de 5 masculino
Jefinho teve mais uma atuação sólida, mas parou em dia inspirado do goleiro iraniano | Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB
Brasil
0 0
Irã

Poupando Ricardinho – camisa 10 e melhor jogador de futebol de 5 do mundo, o Brasil empatou nesta terça-feira (13) com o Irã por 0 a 0, em jogo válido pela terceira rodada do Grupo A. O confronto ocorreu no Centro Olímpico de Tênis e com o resultado, a seleção somou 7 pontos na primeira fase e termina na liderança de sua chave na Rio 2016. 

Com o fim da primeira fase, as semifinais da modalidade na Paralimpíada já estão definidas. O Brasil agora enfrenta a China e a Argentina pega o Irã para confirmar os finalistas dos Jogos Paralímpicos. As semis ocorrem nesta quinta-feira (15), às 16h e às 20h.

Superioridade brasileira para em atuação inspirada do goleiro iraniano

Sob forte sol no Rio de Janeiro e com a classificação já encaminhada, o Brasil não entrou com o intenso ritmo das partidas anteriores. Porém, Jefinho e Nonato tiveram boas chances em sequência, mas as finalizações pararam nas excelentes defesas do goleiro Meysam.

Ainda no primeiro tempo, a seleção brasileira seguiu parando no bom arqueiro iraniano. As chances saíram novamente dos pés de Jefinho e Nonato. Ao fim da primeira etapa, Dumbo também teve a oportunidade de abrir o placar após rebote de Meysam, porém o goleiro adversário fez nova boa defesa, finalizando o primeiro tempo com o placar em igualdade.

A segunda etapa iniciou da mesma forma que a primeira metade do confronto. Aos cinco minutos, Jefinho cortou para o meio e bateu cruzado para fora. Na sequência, Nonato quase marcou o primeiro do Brasil após avanço pelo meio, mas parou novamente em defesa do goleiro iraniano. Na melhor chance dos visitantes, Sadegh avançou em disparada no contra-ataque, mas a zaga brasileira impediu a finalização na hora certa.

Com menos de dez minutos para o fim da partida, enfim Ricardinho entrou em quadra. Logo em sua primeira participação, o camisa 10 cruzou para finalização de Nonato em cima de Meysam. Os times diminuíram o ritmo com a aproximação do apito final – o empate também classificava o Irã, e a arbitragem assinalou o fim da primeira partida sem gols do Brasil no Rio de Janeiro.

Intenso calor não afastou torcida do confronto entre Brasil e Irã | Foto: Pedro Henrique Guimarães/VAVEL Brasil
Intenso calor não afastou torcida do confronto entre Brasil e Irã | Foto: Pedro Henrique Guimarães/VAVEL Brasil