Atletas e dirigentes recebem II Prêmio Sou do Esporte por atuações em 2016

Lançamento do Primeiro Anuário do Esporte Brasileiro e palestras de nomes importantes do cenário esportivo brasileiro

Atletas e dirigentes recebem II Prêmio Sou do Esporte por atuações em 2016
Foto: Gabriela Bustamente/ VAVEL Brasil

O fim do ano se aproxima e as escolhas de melhores durante a temporada começam a aparecer no mundo dos esportes. Nessa quarta-feira, São Paulo recebeu a premiação do II Prêmio Sou do Esporte e viu o lançamento do Primeiro Anuário do Esporte, apresentando ideias, formas de interação social, experiências, opiniões e sugestões de mais de 40 formadores de opiniões sendo grandes expoentes do mundo esportivos, como Virna, Clodoaldo Silva, Tande e Torben Grael.

Premiando nomes importantes, seja no meio competitivo ou na administração do esporte, a Sou do Esporte elevou o nível e mostrou melhorias na condução do esporte brasileiro em 2016, ainda mais em ano olímpico. Após os prêmios entregas, palestras de lendas do esporte brasileiro, como Magic Paula e Lars Grael deram mais emoção e lucidez ao evento.

Um dia após a tragédia com o avião da Chapecoense, os envolvidos e o público presente prestaram um emocionante minuto de silêncio em homenagem às vítimas. Logo depois, a ex-jogadora de vôlei Virna chamou o secrátario de esportes de alto rendimento representando o Ministério dos Esportes, Luis Lima. Ele ocupou a vaga de Leonardo Picciani, que não pôde comparecer ao evento após tragédia com o avião que carregava a delegação da Chapecoense. O secretário falou um pouco sobre sua vida, agradeceu Leonardo e disse, num tom político, que as coisas mudam, os pensamentos mudam, criticando estruturas feitas para a Olimpíadas do Rio de Janeiro em esportes sem tanto apelo. Além disso, falou sobre o bolsa-atleta (mais de 6 mil beneficiados) e dos Centros de Iniciação no Esporte, pedindo maior integração das prefeituras com suas escolas municipais e professores de educação física.

Após a fala do secretário, um vídeo da Latam, empresa que patrocina o esporte brasileiro, foi exibido e nele contou com atletas cadastrados na Sou do Esporte. Logo depois, começou a entrega dos prêmios. Os vencedores foram:

Prêmio Solidário (confederações com melhores práticas de governança): URECÊ (promove o esporte para deficientes visuais)
Prêmio Atleta de Valor: Guilherme Murray (atleta de esgrima)
Prêmio Atleta de Valor: Serginho (medalha de ouro no vôlei)
Prêmio Atleta de Valor: Clodoaldo Silva (nadador paralímpico recordista)
Prêmio Atitude Positiva: Comissão Nacional dos Atletas de Vôlei / André Heller
Prêmio Gestor do Ano: Ricardo Trade (CBV)
Prêmio Governança: Ranking -
1º Confederação Brasileira de Rúgbi
2º Confederação Brasileira de Handebol
3º Confederação Brasileira de Vôlei
4º Confederação Brasileira de Tênis de Mesa
5º Confederação Brasileira de Atletismo
Prêmio Homenagem Esoecial: Geraldo Bernardes (judô)