Após vitória na estreia, Sandro Cox traça objetivo para Liga Nacional: "Vamos fazer de tudo para sermos campeões"

Técnico do Fluminense Guerreiros elogiou atuação da equipe, mas destacou processo de evolução

Após vitória na estreia, Sandro Cox traça objetivo para Liga Nacional: "Vamos fazer de tudo para sermos campeões"
Sandro Cox teve discurso otimista após a vitória (Foto: Maílson Santana/Fluminense FC)

O Fluminense Guerreiros, time de futebol americano do clube das Laranjeiras, fez sua estreia em 2017 neste domingo (4). Com vitória por 14 a 6 sobre o Nova Friburgo Yetis, a equipe demonstrou um bom entrosamento, mesmo tendo pouco tempo de trabalho e alguns bons talentos se sobressaíram, em especial a linha ofensiva, o fullback Bruno Andrews e o wide receiver Marcos Paulo, que tiveram bom jogo. Para o técnico Sandro Cox, ainda há o que melhorar, mas a ambição está marcada no time.

Em coletiva de imprensa após o jogo, Sandro esteve ao lado dos principais destaques do time e destacou que o melhor de tudo foi, como era de se esperar, a vitória: "O maior ponto positivo foi a vitória. É muito importante começar ganhando, porque a gente faz um trabalho sustentável aqui no Fluminense e isso certamente vai nos ajudar a ganhar mais visibilidade", ressaltou o treinador, antes de projetar o futuro do time.

 "O jogo foi bom porque serviu para vermos pontos a melhorar, expusemos nossas falhas. Vamos ser sempre ambiciosos, então o nosso objetivo na Liga Nacional é sermos campeões. Vamos fazer de tudo para conseguir isso", afirmou Cox, que já havia concedido entrevista à VAVEL Brasil anteriormente. Na ocasião, tinha discurso mais cauteloso, pedindo tempo para que o time se desenvolvesse.

O discurso otimista seguiu com o quarterback Edgard Monteiro. Eleito o melhor jogador da partida, o camisa 16 destacou a relação construída ao longo da partida com seus companheiros: "Consegui olhar além porque tive muita segurança, tanto da comissão técnica, quanto dos meus companheiros ali dentro de campo. Existe uma confiança entre nós que cresceu muito nesse jogo", afirmou o atleta, que teve fala endossada por Vinicius da Cruz, defensor e capitão do time: "Nós confiamos muito no ataque. A gente sabe que a parte física é essencial, então a defesa trabalha muito duro. E nós temos uma união muito grande, temos um espírito de irmandade que só cresce e isso é muito importante", destacou.