Reveja os desfiles das escolas da Série A no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação Riotur

Reveja os desfiles das escolas da Série A no Rio de Janeiro

Siga em tempo real as sete escolas que abrem os desfiles na Marques de Sapucaí

araujo_luis
Luis Araujo
Transmissão tem o oferecimento:
​​​​​​​
Encerrando o primeiro setor da escola temos o abre-alas. "Navio Terra: Estamos todos no mesmo barco”
Para o Carnaval de 2019 a Sossego terá como enredo “Não se meta com minha fé, acredito em quem quiser”
Já já começaremos a concentração da última escola da noite. Acadêmicos do Sossego.
O carro abre-alas da Inocentes de Belford Roxo conta com 12 mil garrafas recolhidas na Baixada Fluminense.
O samba da Inocentes é composto por: Cláudio Russo e André Diniz.
A Inocentes de Belford Roxo começa o desfile na Sapucaí em 2019. É a sexta escola de sexta-feira na Série A.
Unidos de Padre Miguel encerra seu desfile com 58 minutos. como estourou em 3 minutos o tempo regulamentar, deve perder 0,3 décimos.
Escola mantém seu padrão alto e destoa das outras escolas da noite. Poderia estar tranquilamente desfilando no Grupo Especial. 
Padre Miguel iniciando esquenta. 
Santa Cruz toda na Avenida. Desfile continua sem muitos problemas. Um buraco se formou no último setor. 
Comissão de frente da Santa Cruz teve problemas na primeira cabine de jurados. Um integrante caiu e se machucou na apresentação. Pista está completamente molhada 
vvv
Começando o esquenta da Acadêmicos de Santa Cruz. 
Transmissão tem o oferecimento
Acadêmicos da Rocinha passa muito bem na avenida. Um dos melhores desfiles da escola nos últimos anos. 
Desfile da escola na metade. Bateria com bom andamento até o momento. 
Alegria da Zona sul impressiona com alegorias muito bem acabadas e de bom gosto. 
Termina o desfile da Ponte. Vai entrar na avenida Alegria da Zona Sul. 
Escola está toda na avenida neste momento. Samba contagia as arquibancadas 
Componentes passam cantando bastante o samba que é uma reedição de 1984. 
Unidos da Ponte inicia seu desfile. 
Transmissão tem o oferecimento:
Transmissão tem o oferecimento:
Desfile irá atrasar
Lierj informa: Devido a grande chuva no seio, começo do desfile foi atrasado inicialmente das 22h30 para as 23h.
Chuva inunda a Sapucaí
Muita chuva por enquanto na Marquês de Sapucaí. Início do desfile deve atrasar. 
3h05 - Acadêmicos do Sossego
Um manifesto a favor da liberdade religiosa é a base do enredo “Não se meta com a minha fé. Acredito em quem quiser”, do carnavalesco Leandro Valente. Ele destaca o mexicano Jesus Malverde, que roubava para alimentar os pobres e que é muito cultuado como santo em seu país. Assim como Oxalá, Alá, Javé. E prega o respeito à fé de cada um. Em 2018, a escola ficou em 13º lugar, mas permaneceu na Série A porque não houve rebaixamento.
2h15 - Inocentes de Belford Roxo
O carnavalesco Marcus Ferreira desenvolveu o enredo “O frasco do bandoleiro”, baseado num “causo” nordestino, no qual pessoas enterravam suas fortunas em potes em seus quintais para evitar o saque de cangaceiros. Oitenta anos depois, os bandoleiros são outros, mas o povo continua buscando tesouros perdidos, num paralelo com os casos atuais de corrupção. A comissão de frente é de Patrick Carvalho e o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira é formado Peixinho e Jaçanã. No carnaval passado a escola ficou em quarto lugar.
1h30 - Unidos de Padre Miguel
Com o enredo “Qualquer semelhança não terá sido mera coincidência”, o carnavalesco João Vítor Araújo, vai reverenciar o talento e a obra do novelista, escritor Dias Gomes, destacando obras como o filme “O pagador de promessas” e novelas como “Roque Santeiro”, “O Bem-amado” e “Bandeira 2”, que retratava o universo das escolas de samba. E para cantar o samba, a escola vai contar com a garra e a experiência de Pixulé. Em 2018, a escola foi a vice-campeã da Série A.
0h45 - Acadêmicos de Santa Cruz
O carnavalesco Cahê Rodrigues - que fez o carnaval da Santa Cruz em 2003 – retorna à escola da Zona Oeste do Rio para homenagear um ícone das artes cênicas do Brasil, com o enredo “Ruth de Souza – Senhora Liberdade, abre as asas sobre nós”. Ele vai contar a história dessa atriz negra de 97 anos, que promete participar do desfile. A comissão de frente da escola está a cargo de Marcelo Chocolate – que foi bailarino do Dança dos Famosos, do Faustão – e Marcello Moragas. No ano passado, a escola ficou na décima colocação.
0h - Acadêmicos da Rocinha
O carnavalesco Júnior Pernambucano desenvolveu o enredo “Bananas para o preconceito”, através do qual vai combater o racismo e valorizar as ações afirmativas para que todo cidadão negro tenha seu valor reconhecido. E vai destacar as ações afro-brasileiras nas artes, nos esportes e na religião e exaltar os líderes negros. A escola reforçou a equipe para 2019 e terá Ciganerey como intérprete e o casal Hélio e Beth Bejani como responsáveis pela comissão de frente. No carnaval de 2018 a escola ficou em 11º lugar.
23h15 - Alegria da Zona Sul
A segunda escola a entrar na Sapucaí, vai exaltar a umbanda, religião de matriz africana, com o enredo “Saravá, Umbanda!”, do carnavalesco Marco Antônio Falleiros. A escola irá exaltar a religião afro através das palavras de um sábio Preto Velho, com objetivo de fazer uma grande propagação de caridade, amor e fé. No ano passado a escola foi a oitava colocada na Série A.
22h30 - Unidos da Ponte
Os carnavalescos Rodrigo Marques e Guilherme Diniz vão reeditar o enredo “Oferendas”, de 1984, um dos mais marcantes da escola. Ele fala das ofertas feitas para cada orixá nas religiões de matriz africana, como a umbanda e o candomblé. A escola de São João de Meriti, na Baixada Fluminense subiu para a Série A.
Siga ao vivo
VAVEL Logo