"Fernando Alonso não usava o simulador da Ferrari", afirma Massa
Da Ferrari restaram apenas mágoas (Foto: Reprodução / Motorsport.com)

Aos poucos os bastidores da equipe Ferrari durante a temporada de 2013 da Fórmula 1 começam a ser revelados. Nesta quinta-feira (13), em entrevista coletiva realizada em São Paulo, o piloto brasileiro Felipe Massa que correrá pela Williams em 2014 falou um pouco da mudança de equipe e também de alguns detalhes da sua passagem pela scuderia italiana, bem como o desenvolvimento do carro na temporada passada.

"Para ser honesto, eu sinto que eu precisava dessa mudança, e talvez seja o mesmo para a Ferrari", disse Massa. "Quando o tempo passa e a situação é a mesma, você acaba perdendo a motivação", admitiu.

Felipe também comentou a receptividade que teve em sua chegada a equipe Williams. "Desde o primeiro dia em que cheguei a fábrica, todo mundo me ajudou muito, me felicitando e acreditando 100%, no meu potencial. Na Williams estou sendo ouvido", continuou. “Mas isso não significa que na Ferrari eu não era ouvido. Eles me ouviam muito.”

Para o brasileiro o principal problema da Ferrari foi sem dúvida o acerto no túnel de vento, e aproveitou para criticar seu ex-companheiro, Fernando Alonso, que participava muito pouco dos testes no simulador.

"No ano passado eu trabalhei no desenvolvimento do carro, e no simulador eu era praticamente o único piloto, pois Alonso não estava lá." Aponta. "Muitas vezes, víamos que os acertos não funcionavam", explicou. "Começamos com um carro competitivo e terminamos com um nada competitiva, o que era o oposto da Red Bull."

Felipe Massa vai para a sua 12ª temporada na Fórmula 1 e já passou pelas equipes Sauber, Ferrari e agora Williams. A temporada 2014 começa no dia 16 de março na Austrália.

VAVEL Logo