Vettel critica o som dos novos motores
Vettel está insatisfeito com novos sons dos motores dos carros da F1 (Foto: AFP PHOTO / Paul CROCK)

Sebastian Vettel criticou de forma veemente o som dos carros de 2014. O alemão daRed Bull seguiu a via de regra de insatisfação que perdurou entre os fãs sobre a falta de ruído dos novos motores turbo, comparados com os V8 do ano passado, e acredita que aF1 perdeu um pouco de sua mágica nesta temporada.

Tendo assistido o GP da Austrália pelo pitlane, depois de seu abandono prematuro, ele acredita que os sons dos carros são terríveis.

"É uma m***a", disse Vettel quando perguntado sobre o som dos motores.

"Eu estava no pitwall durante a corrida e estava mais silencioso do que em um bar! Acho que não é bom para os fãs. Acho que a Fórmula 1 tem que ser espetacular - e o barulho é uma das coisas mais importantes. Apesar de não lembrar muito, pois tinha seis anos, lembro de quando íamos ver treinos livres na Alemanha e a coisa mais marcante era o barulho. Lembro do quão barulhentos os carros eram, lembro do quão o chão vibrava ao passar deles. E é uma pena que não tenhamos mais isso." declarou o alemão.

As declarações de Vettel são compartilhadas pelo CEO da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, que sempre foi um dos grandes opositores das mudanças de regras.

O companheiro do atual tetracampeão, Daniel Ricciardo, admitiu que o som dos motores era bem menor, mas foi mais otimista a respeito da mudança.

"Quando você está a toda velocidade, você ainda não escuta o barulho", disse Ricciardo. "Ainda há ruído suficiente em nossos capacetes para inibir todo o resto. Acho que está tudo bem. É algo diferente, algo a mais para nos acostumarmos. Provavelmente, não terei problemas com minha audição, então realmente não acho ruim.", disse o australiano.

Lewis Hamilton, da Mercedes, que tem o melhor carro do momento, concordou que o som não era tão bom, mas acredita que os novos motores são melhores em outros aspectos.

"OK, não é tão especial como era antes, mas é bem poderoso, então é especial em outros aspectos", disse o inglês.

VAVEL Logo