Hamilton leva a melhor no primeiro treino livre para o GP da Malásia
Hamilton se sobressaiu e ficou na frente, em claro domínio da Mercedes (Foto: Mercedes AMG F1/Twitter)

E deu a lógica no primeiro treino livre para o GP da Malásia de Fórmula 1, comMercedes de Hamilton na frente, mais as McLarens e a Mercedes de Nico Rosbergentre os 5 melhores. Só não se esperava Kimi Raikkonen terminando o treino em segundo com sua Ferrari.

O primeiro treino livre começou com Fernando Alonso levando um contingente de carros com ele para a pista, aproveitando o tempo aberto, mas sem fazer alguma grande movimentação, sendo muito mais um momento para os pilotos se acostumarem com os carros. Após mais de 15 minutos de voltas de reconhecimento, Valteri Bottas eEsteban Gutierrez registraram os primeiros tempos.

Pouco tempo depois, Bottas tratou de baixar seu tempo para 1m43s193, mantendo a ponta, sendo superado por Fernando Alonso a menos de uma hora e dez minutos para o final da sessão, com a marca de 1m42s930. Três minutos depois, Jenson Buttonsuperou-o com sua McLaren, mas Alonso tratou de dar o troco quase que imediatamente após, baixando para a marca de 1m41s923, unico a ficar abaixo de 1 minuto e 42 segundos. Atrás de Alonso, sem surpresas: Magnussen, Rosberg, Button e Hamilton.

Aos 25 minutos de treino, a primeira bandeira amarela aparece com a Lotus de Romain Grosjean parada na pista com problemas. 

Os tempos voltaram a baixar restando 40 minutos de treino pela frente, quando Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, marcou 1m41s402, mas depois sendo ultrapassado porKevin Magnussen, com o tempo de 1m41s274, que passou boa parte do treino na segunda posição. Inusitado foi ver o carro do dono da melhor volta parar a poucos metros dos pits, devidos a problemas de ordem eletrônica em sua McLaren, causando a segunda bandeira amarela do treino.

Restando pouco mais de 30 minutos, enquanto a Ferrari de Raikkonen toma a ponta, Alonso roda mas se recupera e volta a pista imediatamente. O momento de glória de Raikkonen durou pouco, já que Lewis Hamilton baixou sua marca para 1m40s723, jogando o finlandês para segundo e com Nico Rosberg em terceiro.

Dando uma olhada no fundo do grid, a Lotus vai indo de mal a pior. E para se ter uma ideia da situação da Lotus até agora, a 15 minutos do fim o motor do carro de Pastor Maldonado apresenta problemas e ele é forçado a parar na área de escape.

Depois disso, como as equipes estavam mais concentradas em testar componentes, o treino não teve mais reviravoltas, mantendo todos em suas posições de quase meia-hora atrás. Felipe Massa foi razoavelmente bem, terminando na nona posição, um posto acima de seu companheiro, Valteri Bottas.

Tempos da primeira sessão:

1. Lewis Hamilton(Mercedes): 1m40s691

2. Kimi Raikkonen(Ferrari): 1m40s843

3. Nico Rosberg(Mercedes): 1m41s028

4. Jenson Button (McLaren-Mercedes): 1m41s111

5. Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes): 1m41s274

6. Jean-Eric Vergne (Toro Rosso-Renault): 1m41s402

7. Sebastian Vettel (Red Bull-Renault): 1m41s523

8. Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes): 1m41s642

9. Felipe Massa (Williams-Mercedes): 1m41s686

10. Valteri Bottas (Williams-Mercedes): 1m41s830

11. Fernando Alonso (Ferrari): 1m41s923

12. Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault): 1m42s117

13. Adrian Sutil (Sauber-Ferrari): 1m42s365

14. Danii Kvyat (Toro Rosso-Renault): 1m42s869

15. Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari):  1m42s904

16. Jules Bianchi (Marussia-Ferrari): 1m43s825

17. Marcus Ericsson (Caterham-Renault): 1m45s775

18. Max Chilton (Marussia-Ferrari): 1m46s911

19. Kamui Kobayashi (Caterham-Renault): 1m51s180

20. Sergio Perez (Force India-Mercedes): sem tempo

21. Pastor Maldonado (Lotus-Renault): sem tempo

22. Romain Grosjean (Lotus-Renault): sem tempo

VAVEL Logo