Felipe Massa acredita que Kimi Raikkonen pode superar Fernando Alonso
Vencer Alonso é possível, segundo o brasileiro (Foto: Reprodução / Motorsports)

Atualmente competindo pela Williams, o brasileiro Felipe Massa ainda comenta, e critica seu ex-companheiro de equipe, Fernando Alonso, e a Ferrari.

O brasileiro que foi companheiro de Michael Schumacher e Kimi Raikkonen durante sua estada na Ferrari acredita que, com carros iguais, o finlandês superaria com facilidade Alonso. "Fernando e Michael estão no mesmo nível", disse o brasileiro em entrevista ao Auto Bild. "Em corrida Fernando vê as coisas mais claramente", completa.

Quando foi anunciado a contratação de Kimi para o lugar de Massa, se esperava um combate épico entre ele e Alonso, já que Raikkonen é conhecido pelo comportamento “desligado” e avesso a ordens de equipe. Ainda nas primeiras provas do campeonato o desempenho do espanhol foi nitidamente melhor, mas no GP de Mônaco, Kimi fazia uma boa corrida à frente do seu companheiro até ter problemas com o carro e abandonar.

"Para vencer Fernando, seu carro tem que ser perfeitamente adequado para o seu estilo, porque se tudo não for 100%, é impossível vencê-lo", completa Massa.

Gene Haas deve optar por motores Ferrari para 2015

Desde que teve seu projeto aceito para a adição de uma nova equipe na F1, Gene Haas vem correndo contra o tempo para firmar parcerias técnicas e de fornecedores. Para o fornecimento de motores a Ferrari parece ser a parceira ideal segundo Gene.

"Nós não assinamos exatamente um contrato formal, mas estamos muito perto", disse Haas ao site Motorsport.com durante as 500 milhas de Indianápolis. "Nós estamos mais inclinados com a Ferrari. Eles estão mais abertos para os nossos planos”, comenta.

Além da Ferrari, Hass fez contatos com a Dallara para a construção dos chassis. “Eles estão muito interessados ​​em nos ajudar", disse Haas. "Eu acho que eles estão olhando em uma parceria de longa data, mas é preciso tempo para ordenar as coisas e fazer as coisas programadas. Vamos decidir durante as próximas duas semanas”, completa.

VAVEL Logo