Honda não planeja comprar McLaren
Honda se junta a Ferrari, Mercedes e Renault como fornecedora de motores para a categoria (Foto: Motorsports.com)

Os rumores sobre uma possível compra da McLaren pela Honda surgiram durante o fim de semana da realização do GP de Mônaco, por conta da fabricante japonesa vir a ser a fornecedora de motores para a equipe a partir de 2015. Mas nesta quinta-feira (29), os ingleses negaram qualquer possível venda.

Segundo jornais japoneses, a montadora estaria disposta a comprar 50% das ações da companhia que pertencem a Mumtalakat Company, e deixariam Ron Dennis e Mansour Ojjeh com os demais 50%. A possibilidade era de ocorrer algo parecido com a Brawn GP, que foi adquirida pela Mercedes em 2010.

A assessoria de imprensa da McLaren soltou um comunicado esclarecendo e desmentindo qualquer possibilidade da venda ocorrer. "Ao contrário de recentes relatórios da mídia, a Honda nos informou que não tem intenção de comprar a McLaren. Todo o foco da Honda é sobre o desenvolvimento de seu novo motor para a F1", finalizou.

Para chefe da McLaren Kevin Magnussen está com a “síndrome do novato”

Acostumado a vencer nas categorias de base, o estreante Kevin Magnussen está com dificuldades para se adaptar a atual realidade da McLaren, segundo Eric Boullier, chefe da equipe inglesa.

"Kevin está enfrentando a síndrome de estreia e assim como outros pilotos, tem se esforçado para entender que os carros que eles estão correndo precisam ser testados e ajustados para serem desenvolvidos e dar-lhes algum tipo de resultado", disse Boullier. 

"Este é o lugar onde eles mais se esforçam. Em outros pontos ele está bem. É muito consistente, e seu feedback é bom o suficiente para conduzir o grupo de engenharia ao redor dele para fazer o carro mais rápido. Ele está fazendo muito para quem é estreante", finalizou.

VAVEL Logo