Rosberg supera Hamilton novamente e conquista a pole para o GP do Canadá
Rosberg conseguiu sua terceira pole na temporada. (Foto: Divulgação/Mercedes)

E mais uma vez Nico Rosberg conseguiu superar Lewis Hamilton e faturar a pole position do GP do Canadá de Fórmula 1, tanto por seus méritos quanto pelos erroscometidos pelo britânico. Pole-position em Montreal em 2007, 2008 e 2010 e vencedor da prova em 2007, 2010 e 2012, Hamilton vai ter de se contentar em largar na segunda posição. 

Logo nos primeiros minutos do Q1, as Williams trataram de ir para a pista e marcar tempos, com Felipe Massa comandando a tabela com 1:17.728, mas logo sendo superado pelo finlandês Valtteri Bottas que marcou 1:17.696. A medida que o tempo passou, outros pilotos começaram a ir para a pista, e Rosberg já tratou de pôr a Mercedes na frente, com 1:16.690.

Com quase 10 minutos de Q1, Hamilton se recuperou da saída de pista na curva 1 e superou Rosberg, com o tempo de 1:16.438, 33 milésimos a frente do atual líder do campeonato. Depois disso, Hamilton conseguiu se acertar com a pista e o carro e marcou 1:15.750. Além das duas Mercedes, as duas Williams(Massa e Bottas) e a McLaren de Jenson Button estavam entre os 5 primeiros.

No fim do Q1, Perez rodou na chincane que leva ao hairpin, sem muitas consequências. O mexicano se garantiu por pouco no Q2, em décimo-sexto.

Nos minutios finais, Daniil Kvyat se salvou da zona da degola com o tempo de 1:16.938, ficando em sexto. Já outro piloto movido pela unidade Renault, Pastor Maldonado não só não conseguiu se salvar da eliminação, mas também acabou parando fora da pista, com problemas em sua Lotus. O treino se encerrou com bandeira vermelha restando 16 segundos para o fim da sessão, com Marcus Ericsson acertando o muro e destruindo sua roda traseira esquerda. Os eliminados foram Maldonado,
Chilton, Bianchi, Kobayashi, Ericsson e Gutierrez, que não pôde participar da classificação por danos extensos em sua Sauber.

Começando o Q2, novamente as Williams trataram de ir cedo à pista, assim como as Force India, mas agora, todos com pneus super-macios. Felipe Massa tratou de ficar na ponta, com 1:15.773. Alonso e Raikkonen trataram de posicionar as Ferraris logo atrás da Williams, mas logo Hulkenberg se colocou entre Alonso e Raikkonen.

Perto da metade da segunda sessão, Rosberg abriu os trabalhos da Mercedes no Q2, logo seguido por Hamilton. Mesmo usando super-macios, os carros prateados não conseguiram passar Massa: Rosberg em segundo e Hamilton em terceiro.

Já na zona de eliminação, os motores Renault faziam preseça forte, com Vergne, Vettel, Grosjean e Kvyat. Porém, no final do Q2, Vettel marcou o quinto tempo e avançou para o Q3. Já Hulkenberg, Magnussen, Perez, Grosjean, Kvyat e Sutil. Na ponta de cima da tabela, Hamilton roubou o primeiro lugar de Massa, com o tempo de 1:15.054. Rosberg pulou para segundo, com o tempo de 1:15.189.

Bottas foi o primeiro a ir para a pista no Q3, e logo depois Hamilton e Alonso lideraram a vinda do resto dos dez candidatos a pole. Bottas marcou 1:15.550 em sua primeira volta, mas Hamilton e Rosberg vinham claramente mais rápidos. Rosberg fez 1:14.946, e Hamilton tentou, mas mesmo com os 2 primeiros setores mais rápidos, não conseguiu passar Rosberg. Depois de Mercedes e Williams, Daniel Ricciardo era o melhor carro sem motor Mercedes, em quinto, com 1:15.636. Nos minutos finais, todos recolheram para trocar pneus para tentar novas voltas rápidas.

Quando o cronõmetro zerou, Rosberg marcou a pole, com 1:14.874. Mais uma vez, Hamilton até tentou, mas por um erro em sua volta, ele teve de se contentar com o segundo lugar, com 1.14.953. Vettel se colocou em terceiro, o que é um grande feito para a Red Bull, já que velocidade em reta não é o forte das unidades Renault. As duas Williams ficaram logo atrás, com Bottas em quarto e Massa em quinto. Depois vieram Ricciardo, Alonso, Vergne, Button e Raikkonen.

A largada do GP do Canadá, em Montreal, será às 15h (horário de Brasília), deste domingo (8).

Confira o grid de largada para o  GP do Canadá:

1 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1:14.874

2 - Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1:14.953

3 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) - 1:15.548

4 - Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) - 1:15.550

5 - Felipe Massa(BRA/Williams-Mercedes) - 1:15.578

6 - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Renault) - 1:15.589

7 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1:15.814

8 - Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Renault) - 1:16.162

9 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1:16.182

10 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1:16.214

11 - Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) - 1:16.300

12 - Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes) - 1:16.310

13 - Sergio Perez (MEX/Force India-Mercedes) - 1:16.472

14 - Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) - 1:16.687

15 - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault) - 1:16.713

16 - Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari) - 1:17.314

17 - Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault) - 1:18.328

18 - Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari) - 1:18.348

19 - Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari) - 1:18.359

20 - Kamui Kobayashi (JAP/Caterham-Renault) - 1:19.278

21 - Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault) - 1:19.820

22 - Esteban Gutierrez (MEX/Sauber-Ferrari) - Sem tempo

VAVEL Logo