Chefe da Mercedes quer manter disputa entre Hamilton e Rosberg dentro da pista

A Mercedes se prepara para GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone, no dia 6 de julho, mas sobre a situação interna o chefe da equipe, Toto Wolff, diz que o clima está muito competitivo e quer ter a certeza de que não será prejudicial a equipe.

Nico Rosberg, depois de vencer na Áustria e abrir 29 pontos de vantagem sobre o companheiro Lewis Hamilton, afirmou: "é bom saber que tenho a força totalmente ao meu lado, isso é definitivamente bom". 

Mesmo sem ninguém expor essa situação, sabe-se que a relação entre a dupla de pilotos da Mercedes está por um fim, depois de "quase explodir" no GP de Mônaco. Hamilton e Rosberg brigam pelo título da temporada 2014 da Fórmula 1. Segundo Toto Wolff, chefe da equipe, a disputa interna entre os pilotos está apenas começando. "Vemos que está muito competitivo, mas precisamos ter certeza de que isso não prejudicará a equipe’’, afirmou.

Ainda de acordo com Wolff a equipe trabalha de forma ‘’transparente’’, ou seja, a equipe trabalha nos dois carros de forma igual e não existe uma polaridade dos grupos de trabalhos dos dois pilotos. O alemão Rosberg confirmou esse compartilhamento de dados entre os carros da Mercedes: "Os dados são todos abertos, de forma que você coloca em cima da mesa e mostra para equipe toda’’

Um homem que viu de perto uma situação como esta é Jo Ramirez, que foi chefe da equipe McLaren durante o período de disputa entre Ayrton Senna e Alain Prost. E em sua experiência afirma: "provavelmente vai acabar cada um no seu canto".

Por enquanto, ainda na esteira da controvérsia em Mônaco, a batalha é pouco mais que uma rivalidade na pista e uma batalha psicológica entre os dois pilotos. Hamilton, por exemplo, chegou a dizer aos repórteres britânicos no fim de semana que nos tempos do kart, Rosberg não era tão rápido como o polonês Robert Kubica. E o inglês não parou, continuou dizendo que Nico conseguiu os 29 pontos de vantagem se aproveitando dos dois abandonos.

‘’Nico terminou todas as corridas’’, disse Hamilton, "então ele só está na frente por que tive problemas, mas estou fazendo um trabalho melhor’’, insistiu aos repórteres ingleses.

VAVEL Logo