Resultado GP da Espanha 2015 de Fórmula 1
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Ficamos por aqui com a nossa transmissão do GP da Espanha. Muito obrigado a todos que acompanharam. A próxma corrida será no dia 24 de maio, daqui a duas semanas, o GP de Mônaco, em Monte Carlo. Até lá!

"Tivemos um bom ritmo. Fiz uma boa largada, mas quando as Mercedes trocaram para a estratégia de três paradas, ficaram muito rápidas", disse Vettel, o 3º colocado, no pódio.

"Tive uma largada ruim, com problemas nos pneus. Nico fez um grande trabalho. Estou feliz por conseguir o 2º lugar para a equipe", disse Hamilton no pódio.

"Foi um fim de semana perfeito. Pole-position e vitória, finalmente consegui o que precisava para começar e estou muito feliz", diz o sorridente Rosberg no pódio.

Agora são 24 corridas seguidas com pelo menos um carro da Mercedes no pódio, segunda melhor marca da história. A últma vez que isso não aconteceu foi o no GP do Brasil em 2013, onde Sebastian Vettel (Red Bull), Mark Webber (Red Bull) e Fernando Alonso (Ferrari) foram os três primeiros.

Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel sobem ao pódio. Hino alemão para Rosberg e a Mercedes, vencedores em Barcelona!

Em cinco corridas, é a terceira dobradinha da Mercedes. Apenas na Malásia e no Bahrein os dois primeiros lugares do pódio não foram ocupados por carros da equipe alemã.

Valtteri Bottas segura a 4ª posição, e Kimi Räikkönen é o 5º. Completam os 10 primeiros e pontuáveis: Felipe Massa, Daniel Ricciardo, Romain Grosjean, Carlos Sainz Jr e Daniil Kvyat.

Lewis Hamilton cruza em 2º lugar. Sebastian Vettel vem para ser o 3º e fechar o pódio!

NICO ROSBERG VENCE O GRANDE PRÊMIO DA ESPANHA DE 2015 DE FÓRMULA 1!!!!!!!!

Volta 66: Última volta para Nico Rosberg! Falta pouco para a primeira vitória do alemão na temporada!

Volta 65: Räikkönen continua no ataque pesado pelo 4º posto. Enquanto isso, Rosberg vai tranquilo, faltando duas voltas para o fim!

Volta 64: Räikkönen diminui a vantagem para 0.6, abre o DRS, mas novamente não consegue a ultrapassagem.

Volta 63: Max Verstappen e Carlos Sainz Jr, companheiros de Toro Rosso, brigam pelo 10º lugar, com Sainz levando a melhor na curva 1.

Volta 62: Räikkönen continua no ataque, mas Bottas segura firme e mantém o 4º lugar.

Volta 61: Hamilton vem tirando a vantagem para Rosberg, que agora é de 12.9s

Volta 60: Vantagem de Bottas para Räikkönen se mantém em 0s7. Vários retardatários estão à frente.

Volta 59: Daniil Kvyat é o que mais gastou combustível até agora, com 86kg usados.

Volta 58: Agora a vantagem de Bottas é de apenas 0s7. Räikkönen vem chegando!

Volta 57: Mesmo com retardatários, Räikkönen continua chegando em Bottas. A vantagem é de apenas 1s!

Volta 56: Räikkönen se aproxima com força de Bottas, na briga pela 4ª posição. A vantagem do piloto da Williams é de apenas 1.6s!

Volta 55: Hamilton foi na última volta pouco mais de 1s mais rápido que Rosberg. Será que dá tempo do inglês chegar perto da ponta?

Volta 54: Hamilton continua tentando chegar em Rosberg, fazendo a volta mais rápida em 1min28s401, mas o alemão ainda mantém uma boa vantagem.

Volta 53: Vettel, que agora está atrás de Hamilton, reclamou de problemas de tráfego com retardatários, que o fizeram perder tempo.

Volta 52: Hamilton para, põe pneus médios em 2.6s e volta à frente de Vettel. Agora ele vai tentar o ataque sobre Rosberg, pela liderança!

Volta 51: Hülkenberg vai aos boxes durante disputa com Nasr, e faz a parada em 3.2s.

Volta 50: Nico Hülkenberg e Felipe Nasr brigam pela 12ª posição, com o brasileiro a apenas 0.8s do alemão.

Volta 49: Felipe Massa vai novamente aos boxes, e põe pneus médios em 2.9s

Volta 48: Por fora, com facilidade, Räikkönen ultrapassa Massa e assume o 5º lugar. Enquanto isso, Maldonado, com mais problemas, abandona a corrida, encerrando o fim de semana para a Lotus.

Volta 47: Felipe Massa e Kimi Räikkönen, ex-companheiros de Ferrari entre 2007 e 2009, fazem boa briga pela 6ª posição. O finlandês está apenas a 0.1s do brasileiro!

Volta 46: Rosberg para e põe pneus duros em 2.8s. Hamilton está na frente, mas ainda precisa parar mais uma vez.

Volta 45: Pastor Maldonado vai aos boxes e faz uma parada super rápida, de 2.8s.

Volta 44: Carlos Sainz Jr para, e volta dividindo a curva 1 com Romain Grosjean, mas o francês fica na frente.

Volta 43: Pastor Maldonado, Nico Hülkenberg e Max Verstappen brigam com força pela 12ª posição. Enquanto isso, Valtteri Bottas para em 2.5s, pondo pneus duros.

Volta 42: Problemas na parada de Romain Grosjean. O francês errou o ponto de parada e acabou atingindo um mecâncio da própria equipe.

Volta 41: Vettel para e põe pneus duros em incríveis 2.2s! Belíssima parada!

Volta 40: Disputa interna na Sauber! Felipe Nasr e Marcus Ericsson disputam o 10º lugar, com o brasileiro na frente por apenas 0s4.

Volta 39: Após passar Bottas, Hamilton já tira 1.5 de vantagem para Vettel!

Volta 38: Hamilton ultrapassa Bottas e assume o 3º lugar.

Volta 37: Nas últimas três voltas, Hamilton, o 4º, tirou simplesmente 8s de vantagem para Bottas, o 3º! O inglês vem voando!

Volta 36: Na última volta, Hamilton tirou 2.4s de vantagem para Vettel. O inglês está voando depois da segunda parada!

Volta 35: Lewis Hamilton faz 1min29s910, volta mais rápida. É o primeiro piloto a andar abaixo de 1min30s!

Volta 34: Hamilton voltou atrás de Räikkönen, mas ataca e assume com tranqulidade o 4º lugar.

Volta 33: Agora Felipe Massa vai aos boxes, com a mesma situação de Hamilton. Pneus duros e 3.4s nos boxes.

Volta 32: Segunda parada de Lewis Hamilton! O inglês põe pneus duros em 3.4s

Volta 31: Nas duas últimas voltas, Rosberg conseguiu abrir mais 1.9s de vantagem para Vettel. O alemão voa na liderança!

Volta 30: Hamilton segue atacando, mantendo a vantagem na casa de 1s, mas Vettel consegue manter o 2º lugar.

Volta 29: Agora é a vez da McLaren de Button ir aos boxes. Parada de 4.1s

Volta 28: Alonso reclama de problemas de freios, e vai aos boxes para desligar o carro e abandonar a corrida.

Volta 27: Mais problemas para Button. Maldonado o ultrapassa e assume a 17ª posição. O inglês cai para 18º. Enquanto isso, Alonso, com a outra McLaren, escapa e sai da pista na curva 1.

Volta 26: Jenson Button, que é o 17º colocado, reclama de problemas de tração e pneus em sua McLaren.

Volta 25: Na última volta, Hamilton foi 0s3 mais rápido que Rosberg, mas ainda não consegue ultrapassar Vettel.

Volta 24: Até agora, Sebastian Vettel é o piloto que mais consumiu combustível, com 36kg. O limite é de 100kg.

Volta 23: Hamilton segue atacando Vettel. A vantagem é sempre menor que 1s, mas mesmo com o uso da asa traseira móvel (DRS), o inglês não ultrapassa.

Volta 22: Kvyat ataca e ultrapassa Verstappen, assumindo a 9ª posição.

Volta 21: Com quase 1/3 da corrida completada, Fernando Alonso, da McLaren, é o último a fazer a primeira parada, com 4.2s.

Volta 20: A diferença de Vettel para Hamilton é de apenas 0s4. O inglês vai atacar!

Volta 19: Daniil Kvyat ultrapassa Carlos Sainz Jr e assume a 13ª posição.

Volta 18: Räikkönen, o atual líder, vai aos boxes e decide usar uma nova estratégia, com pneus duros. Parada de 3.1s

Volta 17: Maldonado, que teve problemas no lado direito da asa traseira, foi aos boxes. A pate foi retirada e ele volta à pista.

Volta 16: Com 1min31s033, Hamilton mostra estar determinado a se recuperar e faz a volta mais rápida

Volta 16: Rosberg vai aos boxes e a parada é muito boa, apenas 2.5s!

Volta 15: Diferentemente de Hamilton, Vettel se dá muito bem na parada, com apenas 2.3s.

Volta 14: Daniel Ricciardo e Max Verstappen também fazem suas paradas.

Volta 13: Hamilton vai aos boxes para colocar pneus médios, mas tem problemas na parada, que demora 5.3s

Volta 12: Segue a briga pelo 2º lugar. Hamilton ataca na longa reta antes da curva 1, mas ainda não consegue colar em Vettel!

Volta 11: Hamilton pressiona Vettel, boa briga pelo 2º lugar!

Volta 8: Maldonado ultrapassa Verstappen na curva 1 e assume a 7ª posição.

Volta 7: Rosberg, voando na pista, dita o ritmo e abre 4.4s de vantagem para Vettel.

Volta 6: Sainz Jr é ultrapassado de novo, desta vez por Ricciardo, que assume o 9º lugar.

Volta 4: Pastor Maldonado e Daniel Ricciardo ultrapassam Romain Grosjean, assumindo 9ª e 10ª posição, respectivamente.

Volta 3: Repetição da volta 2, Felipe Massa ultrapassa uma Toro Rosso, dessa vez a de Max Verstappen, e Rosberg faz a melhor volta com 1min31s755.

Volta 2: Felipe Massa ataca Carlos Sainz Jr e consegue a 7ª posição. Enquanto isso, Rosberg faz a volta mais rápida, com 1min32s313.

Volta 1: Rosberg pula na frente, com Vettel tomando a 2ª posição, e Hamilton é o 3º! Bottas é o 4º, e Räikkönen pulou de 7º para 5º.

COMEÇA O GRANDE PRÊMIO DA ESPANHA DE 2015 DE FÓRMULA 1!!!!!!!!!!!!

Volta de apresentação rolando, falta muito pouco!

Vai começar a volta de apresentação. Dentro de pouquíssimos minutos, teremos a largada!

Os pilotos do atual grid que já foram ao pódio em Barcelona (Foto: Divulgação/F1)

No atual grid, nove pilotos já chegaram ao pódio no GP da Espanha. O recordista é Fernando Alonso, com sete aparições entre os três primeiros.

Os carros começam a ir para a pista! Dentro de instantes, começa a corrida!

Todas as equipes estão preparadas, mas até agora não temos carros na pista.

Os pilotos ainda estão nos boxes. Dentro de alguns minutos, eles irão começar a alinhar no grid de largada.

A pista da corrida é o Circuit de Catalunya, em Montmeló, Barcelona. Ela foi criada em 1991, ano do seu primeiro GP, sendo usada em modalidades das Olimpíadas de Barcelona, em 1992. O circuito tem 16 curvas e 4.665m por volta, com 307.104 km totais (66 voltas). A volta mais rápida de sua história em corrida é de Rubens Barrichello, com a Brawn GP em 2009, marcando 1min19s954.

Em 1996, Michael Schumacher venceu pela primeira vez na Ferrari sob forte chuva; segunda de seis vitórias na Espanha do maior ganhador do GP (Foto: Getty Images)

O Grande Prêmio da Espanha teve sua primeira edição em 1951, mas apenas desde 1991 a corrida é sediada no atual circuito, em Barcelona. O maior vencedor é o alemão Michael Schumacher, com seis vitórias (1995, 1996, 2001, 2002, 2003 e 2004). Além dele, no circuito catalão, outros treze pilotos já venceram: Mika Häkkinen (3 vitórias), Nigel Mansell, Kimi Räikkönen, Fernando Alonso (2 vitórias), Alain Prost, Damon Hill, Jacques Villeneuve, Felipe Massa, Jenson Button, Mark Webber, Sebastian Vettel, Pastor Maldonado e Lewis Hamilton (1 vitória).

A grande surpresa do treino foi Carlos Sainz Jr. O espanhol da Toro Rosso, correndo em casa, foi o 5º melhor colocado no treino. Sobre seu desempenho, ele disse: “É incrível, ainda mais em minha terra natal. É muito especial, estou muito feliz com tudo isso. Agora tenho que manter o foco na corrida, e se eu não for bem amanhã, todos esquecerão a classificação. Então precisamos manter a cabeça fria, pois temos uma grande chance de marcar pontos, e precisamos fazer isso acontecer”.

Já Nasr elogiou o ritmo de corrida da Sauber, mas foi sincero sobre as possibilidades de pontuação: “Fiquei feliz com a volta do Q1, o carro parecia bem equilibrado, mas já estava no limite. Acho que procurei demais na segunda tentativa e o carro ficou um pouco traseiro, não deu para melhorar. Não é uma posição favorável para marcar ponto, mas a gente vai fazer de tudo para se manter na pista. Com os pneus médios, temos um ritmo bom de corrida. Não sei o quanto eles vão durar com essa temperatura, mas vamos ficar ali", disse o brasileiro.

Massa disse ter cometido um erro durante a sua volta na parte final da classificação: “Estou decepcionado, pois cometi um erro na curva 3 em minha volta rápida no Q3, saí da pista, e isso me custou muito tempo. Precisei usar dois jogos de pneus médios no Q2 para ter certeza que estava bem, então aquela volta única na última sessão teria que dar certo. Sem o erro, eu teria ficado no top-five”, disse Felipe.

Entre os brasileiros, Felipe Massa, da Williams, ficou com o 9º posto, marcando 1min26s757, cinco posições atrás de seu companheiro, Valtteri Bottas. Já Felipe Nasr, da Sauber, irá largar em 15º, uma posição à frente de seu companheiro, o sueco Marcus Ericsson, que partirá do 16ª posto.

Já Vettel exaltou as Mercedes e disse que será uma duríssima tarefa bater as flechas de prata amanhã. “Sendo realista, eles estão rápidos. Eles não estão na pole e segundo por acaso. Eles mostraram a cada sessão neste fim de semana o quanto são rápidos com os dois pneus, então espero eles muito fortes amanhã. Mas também espero que nós possamos estar mais próximos. Nas últimas corridas nós estivemos um pouco mais próximos em ritmo de corrida, mas sendo realista, acho que vai ser difícil batê-los”, disse o alemão.

Hamilton disse que não sentiu que fez um grande trabalho na classificação, e elogiou o treino de Rosberg. “Nico fez um grande trabalho. Eu não tive o equilíbrio do jeito que gosto, mas amanhã ainda tem muita coisa pela frente. Não acho que estava muito atrás, apenas não tive o ritmo hoje e não fiz um grande trabalho”, disse o inglês.

Rosberg exaltou a pole e a necessidade de voltar ao rumo das vitórias: “A pole é um passo na direção certa para tentar vencer neste fim de semana. A estratégia amanhã será importante, já que ultrapassar aqui é muito difícil. Com certeza, eu precisava disso. Estou feliz, a sensação é incrível”, disse o alemão.

Na classificação deste sábado (09), Nico Rosberg enfim quebrou a sequência de poles de seu companheiro de Mercedes, o inglês Lewis Hamilton, e irá largar na frente, após marcar 1min24s681, com pouco mais de 0s2 de vantagem para Hamilton. Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou em 3º, mas com um ritmo inferior ao esperado, com 0s7 de desvantagem para as Mercedes, marcando 1min25s458. Valtteri Bottas mostrou que a Williams vem com um bom ritmo e vai largar em 4º, com 1min25s694. Os dois carros da Toro Rosso surpreenderam e vão largar na terceira fila, com Carlos Sainz Jr em 5º (1min26s136) e Max Verstappen em 6º (1min26s249). Fecharam os dez primeiros: Kimi Räikkönen, da Ferrari, Daniil Kvyat, da Red Bull, Felipe Massa, da Williams, e Daniel Ricciardo, também da Red Bull.

Bom dia, amigos da VAVEL Brasil! Começa agora o nosso Live do Grande Prêmio da Espanha, 5ª etapa do mundial de 2015 da Fórmula 1. A corrida terá início às 9h (horário de Brasília).

VAVEL Logo