Rosberg vence a primeira na temporada em pilotagem impecável na Espanha
Pela primeira vez no ano Rosberg lidera dobradinha da Mercedes (Foto: Divulgação/Mercedes AMG F1)

Nico Rosberg finalmente conseguiu o fim de semana dos sonhos ao vencer o GP da Espanha, sua primeira vitória na temporada 2015 da Fórmula 1, algo que era necessário para que o piloto alemão necessitava para resgatar a motivação que vinha claramente se esvaindo após os sucessivos triunfos de Lewis Hamilton.

Na largada, Rosberg conseguiu manter a primeira posição, enquanto Hamilton se atrapalhou e viu Sebastian Vettel passar por ele, assumindo o segundo lugar. A situação favorável para Rosberg o permitiu abrir vantagem para Vettel, enquanto Hamilton perseguia o alemão da Ferrari, mas permaneceu preso atrás dele, fazendo a Mercedes mudar de estratégia com menos de dez voltas de corrida. Enquanto isso, as deficiências do carro da Toro Rosso se faziam evidentes com Carlos Sainz e Max Verstappen, já que ambos perderam terreno após a largada.

Para ter um pouco de pista livre, Hamilton para na volta 13, mas um problema na roda traseira esquerda atrapalha os planos do inglês, que acaba voltando bem atrás de Vettel mesmo após a parada do alemão. Enquanto isso, Rosberg para na volta 15, dando a liderança provisóriamente para Kimi Raikkonen, que para duas voltas depois. Nesse meio tempo, Pastor Maldonado arrebentou parte da asa traseira de sua Lotus, parando poucas voltas depois para trocar a peça.

Na volta 23, Fernando Alonso vinha em boa prova com sua McLaren, fazendo 23 voltas até sua parada nos boxes, o que chegou a deixá-lo em sétimo. Porém, alguns erros na pista combinados com problemas no freio do seu carro acabaram com a prova do espanhol, abandonando na volta 27.

Na volta 30, a diferença de Rosberg para Vettel é de quase 10 segundos, e apesar de Hamilton manter Vettel na sua alça de mira, a dificuldade para se aproximar e passar era evidente. Três voltas depois, Hamilton parou de novo para colocar pneus médios, voltando em quinto, e tendo que batalhar para passar Raikkonen e Bottas. Ele se livrou de Raikkonen na volta 34, enquanto na volta 39 foi a vez de Valtteri Bottas ser deixado para trás.

Na volta 41, Vettel para e coloca pneus duros, e uma volta depois, Romain Grosjean passa da conta nos boxes e acaba acertando um mecânico da Lotus. Rosberg colocou pneus duros na volta 46, fazendo com que Hamilton assumisse a liderança, mas com uma parada por fazer, ele teria que ficar de olho em sua diferença para Vettel. Na volta 51, Hamilton parou para finalmente pôr pneus duros e conseguiu voltar a frente de Vettel. Atrás dos três primeiros, Raikkonen perseguia Bottas, tentando achar um jeito de passar para o quarto lugar.

Nenhum dos três primeiros teve contratempos, visto que Rosberg, Hamilton e Vettel estavam bem distanciados entre eles, o que permitiu a Rosberg seguir tranquilo até a bandeira quadriculada após 66 voltas. A ação ficou por conta de Raikkonen e Bottas, visto que o piloto da Ferrari pressionou Bottas, a ponto de estar a menos de 1 segundo do piloto da Williams. Porém, o esforço de Raikkonen foi em vão, visto que ele não conseguiu a abertura para ultrapassagem.

Os brasileiros fizeram corridas bem discretas na Catalunha. Felipe Massa não conseguiu alcançar os primeiros colocados, mas não sofreu pressão a ponto de perder o seu sexto lugar. Para Felipe Nasr e sua Sauber, ficou o décimo segundo lugar em meio a disputas com o companheiro Marcus Ericsson, que não conseguiu superá-lo e ainda perdeu posições.

Resultado do Grande Prêmio da Espanha:

POSIÇÃO

PILOTO

EQUIPE

PAÍS

TEMPO

1

NICO ROSBERG

MERCEDES

ALE

1:41:12.555

2

LEWIS HAMILTON

MERCEDES

ING

+17.551

3

SEBASTIAN VETTEL

FERRARI

ALE

+45.342

4

VALTTERI BOTTAS

WILLIAMS

FIN

+59.217

5

KIMI RAIKKONEN

FERRARI

FIN

+1:00.002

6

FELIPE MASSA

WILLIAMS

BRA

+1:21.314

7

DANIEL RICCIARDO

RED BULL

AUS

+ 1 VOLTA

8

ROMAIN GROSJEAN

LOTUS

FRA

+ 1 VOLTA

9

CARLOS SAINZ

TORO ROSSO

ESP

+ 1 VOLTA

10

DANIIL KVYAT

RED BULL

RUS

+ 1 VOLTA

11

MAX VERSTAPPEN

TORO ROSSO

HOL

+ 1 VOLTA

12

FELIPE NASR

SAUBER

BRA

+ 1 VOLTA

13

SERGIO PEREZ

FORCE INDIA

MEX

+ 1 VOLTA

14

MARCUS ERICSSON

SAUBER

SUE

+ 1 VOLTA

15

NICO HULKENBERG

FORCE INDIA

ALE

+ 1 VOLTA

16

JENSON BUTTON

MCLAREN

ING

+ 1 VOLTA

17

WILL STEVENS

MANOR MARUSSIA

ING

+ 3 VOLTAS

18

ROBERTO MERHI

MANOR MARUSSIA

ESP

+ 4 VOLTAS

Abandonos:

Fernando Alonso (ESP - McLaren)

Pastor Maldonado (VEN - Lotus)

VAVEL Logo