Nico Rosberg mantém domínio no terceiro treino livre para o GP do México
Rosberg teve a vantagem na parte final do treino, quando Hamilton optou por usar pneus médios em vez dos macios (Foto: divulgação/Mercedes AMG F1)

No último treino livre para o GP do México, a Mercedes mais uma vez fez questão de mostrar porque é a equipe mais dominante da Fórmula 1 este ano, com Nico Rosberg na frente e Lewis Hamilton em segundo.

Ficou claro que os unidades motrizes da Mercedes estavam reinando em terreno mexicano, visto o diferencial de potência em relação a concorrência, mas a Red Bull tentava de alguma maneira quebrar a corrente de carros com unidades alemãs.Por um determinado momento do treino, Daniel Ricciardo chegou a liderar com Daniil Kvyat em segundo.

Outro problema foi que, apesar do tanto de sessões realizadas nesta sexta (30) e no sábado (31), a falta de aderência no circuito ainda se provava um ponto para se lidar, dado o número de deslizes cometidos pelos pilotos, incluindo até algumas rodadas daqueles que tentaram movimentos mais audaciosos.

Em compensação as coisas não começaram muito bem para a Ferrari já na parte inicial do treino, visto que Kimi Räikkönen teve de abandonar o seu carro por conta de problemas no motor, algo que de fato é um tanto esperado no Autódromo Hermanos Rodriguez. Apesar do contratempo com o finlandês, Sebastian Vettel vinha fazendo sua parte, procurando entrar no grupo da frente.

Outra equipe que surpreendeu em terras mexicanas foi a Toro Rosso, que no tempo em que os carros ficaram com pneus médios, esteve sempre perto do topo, e por mais que Max Verstappen e Carlos Sainz tenham ficado um pouco para trás no final, eles não podem ser descartados de possíveis incursões ao grupo da frente.

A Williams deixou um pouco a desejar visto a vantagem das unidades da Mercedes, pois o sétimo lugar de Valtteri Bottas e o nono lugar de Felipe Massa acaba não dando pistas de uma boa performance no treino de classificação.

O herói local, Sergio Perez, levou a Force India a um sexto lugar, bem a frente do companheiro Nico Hülkenberg, e com uma performance deveras consistente durante todo o treino, o piloto mexicano pode entrar na briga por boas posições na classificação.

Confira o resultado do terceiro treino livre para o GP do México:

6

NICO ROSBERG

ALE

MERCEDES

1:21.083

2

44

LEWIS HAMILTON

ING

MERCEDES

1:21.097

+0.014

3

3

DANIEL RICCIARDO

AUS

RED BULL-RENAULT

1:21.201

+0.118

4

5

SEBASTIAN VETTEL

ALE

FERRARI

1:21.294

+0.211

5

26

DANIIL KVYAT

RUS

RED BULL-RENAULT

1:21.530

+0.447

6

11

SERGIO PEREZ

MEX

FORCE INDIA-MERCEDES

1:21.603

+0.520

7

77

VALTTERI BOTTAS

FIN

WILLIAMS-MERCEDES

1:21.772

+0.689

8

55

CARLOS SAINZ

ESP

TORO ROSSO-RENAULT

1:21.775

+0.692

9

19

FELIPE MASSA

BRA

WILLIAMS-MERCEDES

1:21.945

+0.862

10

27

NICO HÜLKENBERG

ALE

FORCE INDIA-MERCEDES

1:22.010

+0.927

11

33

MAX VERSTAPPEN

HOL

TORO ROSSO-RENAULT

1:22.039

+0.956

12

13

PASTOR MALDONADO

VEN

LOTUS-MERCEDES

1:22.042

+0.959

13

8

ROMAIN GROSJEAN

FRA

LOTUS-MERCEDES

1:22.184

+1.101

14

9

MARCUS ERICSSON

SUE

SAUBER-FERRARI

1:22.871

+1.788

15

14

FERNANDO ALONSO

ESP

MCLAREN-HONDA

1:23.065

+1.982

16

12

FELIPE NASR

BRA

SAUBER-FERRARI

1:23.067

+1.984

17

7

KIMI RÄIKKÖNEN

FIN

FERRARI

1:24.648

+3.565

18

28

WILL STEVENS

ING

MANOR MARUSSIA-FERRARI

1:25.654

+4.571

19

53

ALEXANDER ROSSI

EUA

MANOR MARUSSIA-FERRARI

1:28.176

+7.093

20

22

JENSON BUTTON

ING

MCLAREN-HONDA

1:29.336

+8.253

VAVEL Logo