Mattias Ekström vence etapa de Barcelona do Mundial de Rallycross
Boa largada na final foi decisiva para Ekström segurar Scheider (Foto: divulgação/EKS RX)

O Mundial de Rallycross começou neste fim de semana na versão alternativa do clássico Circuito de Barcelona-Catalunya, e por mais que o traçado não lembre aquele que já foi usado pela DTM, foram os pilotos da categoria alemã de turismo que ditaram o tom no circuito espanhol, com Mattias Ekström levando novamente a EKS RX ao topo do pódio.

A classificatória foi uma grande loteria graças a chuva de Sábado (01), fazendo vários favoritos passarem maus bocados, o que incluiu uma batida forte de Andreas Bakkerud no muro. As condições melhoraram no domingo, mas a competição continuou apertada, e a consistência do ex-piloto da DTM Timo Scheider foi o que lhe permitiu ficar no topo da tabela, com Mattias Ekström logo atrás e Johan Kristoffersson em terceiro. As surpresas na classificação foram o oitavo lugar de Guy Wilks, Jean-Baptiste Dubourg se salvando em décimo segundo e as eliminações de Sébastien Loeb, Kevin Eriksson e Timur Timerzyanov.

Logo veio a primeira semi-final e Johan Kristoffersson tomou a ponta rapidamente enquanto Timo Scheider segurava Toomas Heikkinen para manter o segundo lugar. Errar era algo impensável e quem o fez pagou o preço, como foram os casos de Kevin Hansen e do próprio Heikkinen, que rodaram e ficaram para trás ainda no início da corrida.

Scheider deixou a volta coringa para o fim da corrida, o que custou quaisquer oportunidades de atacar Kristoffersson, e o sueco da PSRX Volkswagen Sweden venceu com folga, com Scheider em segundo e Petter Solberg em terceiro.

Na segunda semi-final Andreas Bakkerud se manteve lado a lado com Ekström nas duas primeiras curvas mas acabou cedendo a liderança por estar no lado de fora, o que foi a deixa para Timmy Hansen começar uma sequência de ataques para cima do piloto da Hoonigan pelo segundo posto, não obtendo sucesso e perdendo contato mais adiante. Como a distância entre Ekström, Bakkerud e Hansen era grande e Guy Wilks não representava ameaça no quarto lugar, os classificados para a final se mantiveram como estavam até a linha de chegada.

Mundial de Rallycross - Barcelona - resultados das semi-finais

Apesar de Ekström ser favorito para a vitória na final, sua superioridade não era muito maior comparado aos outros cinco carros no grid. Kristoffersson ficou parado na largada e Ekström agiu rápido para tomar a ponta, mas o resto do grupo não lhe deu descanço. O sueco seguia em ritmo forte com Scheider, enquanto Bakkerud se segurava em terceiro para não ser engolido por Solberg, Hansen e Kristoffersson.

Na última volta, com todos tendo passado pelo coringa, Bakkerud bem que tentou mas não alcançou Scheider, que novamente mostrou seu Olsbergs Fiesta ST RX no retrovisor de Ekström, que tratou de fechar a porta e não deixou nenhuma margem para que a vitória escapasse, cruzando em primeiro como foi ano passado no circuito catalão. Apesar da vitória ter escapado, o segundo lugar de Scheider foi comemorado como vitória pelo pessoal da MJP Racing Team Austria.

Mundial de Rallycross - Barcelona - resultado final

Ekström lidera a classificação de pilotos com 29 pontos contra 26 de Scheider e 22 de Bakkerud, e a EKS RX compartilha com a PSRX Volkswagen Sweden o topo da tabela de equipes com 40 pontos cada, enquanto a Hoonigan vem em terceiro com 33 pontos. A ação volta perto do fim do mês nos dias 22 e 23 de Abril, em Montalegre, Portugal.

VAVEL Logo