Lewis Hamilton domina treino classificatório do GP da Espanha
Mercedes e Ferrari dividem primeira e segunda filas em Barcelona (Foto: Divulgação/Mercedes AMG F1)

A Mercedes pode ter conseguido a pole para o GP da Espanha com Lewis Hamilton neste sábado (13) mas Sebastian Vettel deixou claro que os principais rivais das flechas prateadas estão praticamente em pé de igualdade na temporada 2017 da Fórmula 1. Um dos pilotos da casa, Fernando Alonso fez uma exibição de gala com sua McLaren e seu sétimo lugar no grid foi uma das principais atrações da sessão.

A Ferrari trabalhou contra o tempo para solucionar um problema de vazamento no carro de Sebastian Vettel, porém mesmo andando bem no Q1, a sessão começou preocupante para o alemão, visto que a equipe o chamou para voltar aos boxes, mas de alguma forma Vettel evitou uma estada longa na garagem italiana e ficou emparelhado com as Mercedes. Na parte de baixo da tabela tivemos algumas surpresas, visto que Daniil Kvyat amargou a última posição com Stoffel Vandoorne logo a frente. Lance Stroll, Jolyon Palmer e Marcus Ericsson completaram a lista dos eliminados, enquanto Pascal Wehrlein conseguiu se manter no décimo quinto lugar com sua Sauber.

O Q2 seguiu com o mesmo duelo entre Ferraris e Mercedes, com Lewis Hamilton mantendo a ponta, Sebastian Vettel em segundo e Valtteri Bottas e Kimi Räikkönen logo atrás, com os carros da Red Bull vindo em quinto e sexto. A briga para se salvar da eliminação estava extremamente aberta, e no final Pascal Wehrlein tentou mas não passou do décimo quinto lugar, Romain Grosjean lutou com a traseira instável de sua Haas e ficou em décimo quarto, e Kevin Magnussen, Carlos Sainz e Nico Hülkenberg completaram a lista dos que ficaram a pé a medida que a sessão terminava. Felipe Massa novamente ficou perigosamente perto da eliminação mas passou para o Q3 e oitavo, e Fernando Alonso chegou a estar em sétimo mas ainda se salvou com o décimo lugar.

O Q3 até começou com Hamilton e Bottas tomando a frente e deixando terceiro e quarto para Räikkönen e Vettel e a situação perdurou até o fim do tempo, mas foi após o cronômetro zerar e com pneus macios novos que todos partiram para bater Lewis Hamilton, porém Bottas não chegou perto e Vettel e Räikkönen erraram na parte final de suas voltas, mas o alemão ao menos irá dividir a primeira fila com Hamilton graças ao segundo lugar. Bottas e Räikkönen ficaram em terceiro e quarto com Max Verstappen e Daniel Ricciardo logo atrás, só que quem roubou a cena foi novamente Fernando Alonso, que levou a McLaren mais longe do que o esperado ao conseguir o sétimo tempo, para delírio da torcida no Circuito da Catalunya.

VAVEL Logo