GP do Bahrain: em treinos livres, Ferrari faz nova dobradinha
(Foto: Formula 1)

GP do Bahrain: em treinos livres, Ferrari faz nova dobradinha

Sebastian Vettel e Charles Leclerc fazem melhores tempos em Sakhir; Hamilton e Bottas ficam em terceiro e quarto, respectivamente

leo_silva997
Leonardo José

Não deu outra: Ferrari toma conta dos treinos livres desta sexta-feira. Após a dobradinha em Bahrein na primeira sessão, a escuderia italiana manteve o bom momento e repetiu a façanha na sessão final. Entretanto, com Sebastian Vettel à frente de Charles Leclerc, melhor piloto pela manhã. O alemão finalizou sua volta com o tempo de 1m28s846. Logo em seguida da dupla da Ferrari, Lewis Hamilton apareceu em terceiro.

Valtteri Bottas, vencedor do GP australiano, terminou os treinos de sexta na quarta posição, confirmando o favoritismo absoluto da escuderia italiana e da Mercedes. Em seguida, Hulkenberg e Max Verstappen. Kevin Magnussen, Lando Norris, Romain Grosjeane Kvyat, respectivamente, fecharam o top 10. Pierre Gasly, da Red Bull, não superou as expectativas que criaram entorno dele e ficou em 12º.

No começo da sessão, ainda com poucos pilotos na pista, ficou Kimi Raikkonen errou e deslizou em Sakhir. Saindo dos boxes, o finlandês sobrou entre as curvas dois e três. O mesmo aconteceu com George Russel na reta final do primeiro treino livre.

Afunilamento dos treinos

Já com a maioria dos carros no asfalto, a disputa pela liderança começou cedo. O primeiro a se destacar e fazer uma volta rápida foi Sebastian Vettel (1m30s610), com pneus médios. Depois, seu parceiro Leclerc superou, com tempo de 1m30s203. Verstappen, surpreendeu e ocupou a segunda colocação até aquele momento.

Da mesma forma que o primeiro treino matinal, Valtteri Bottas também chegou a incomodar as Ferraris. Com excelente volta, o piloto da Mercedes assumiu a liderança (1m30s124), porém viu a escuderia italiana, mudadas para pneus macios, voltar a ser a melhor. Vettel cravou o primeiro posto com volta de 1m28s942, seguido por Leclerc, apenas 0s141 atrás.

A medida em que Red Bull decepcionava ao não brigar nas pontas, a Ferrari seguiu melhorando ainda mais seu tempo. Entretanto, o monegasco não conseguiu ser superior ao seu companheiro alemão, líder absoluto com tempo de 1m28s846; Leclerc fez 1m28s881.

Na reta final da sessão de treinos, os pilotos começaram as tradicionais simulações de tanques cheios. Nesse momento, Vettel chegou a rodar, mas retornou ao asfalto para seguir nos testes. Como na manhã, a Williams foi principal ponto negativo: os dois pilotos, Russel e Kubica, ficaram nas duas últimas posições.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo