Ferrari sai na frente no primeiro, mas Bottas faz melhor tempo do segundo treino livre na China
Foto: Twitter / F1

Ferrari sai na frente no primeiro, mas Bottas faz melhor tempo do segundo treino livre na China

araujo_luis
Luis Araujo

O Grande Prêmio da China, em Shanghai, válido como terceira etapa da Fórmula 1 2019, começou na madrugada desta sexta-feira (12), com Sebastian Vettel dominando o primeiro treino livre e Valtteri Bottas sendo o mais rápido do segundo. Mesmo com a Ferrari e a Mercedes saindo na frente, a Red Bull também teve um desempenho de se chamar atenção, sobretudo pela performance de Max Verstappen.

Leclerc foi o primeiro a se destacar na atividade, e logo assumiu a liderança com tempo de 1min34s271. Vettel veio logo atrás, meio segundo mais lento que seu companheiro de Ferrari. Hamilton, por sua vez, acabou rodando na curva 3, mas o incidente não preocupou.

Com quase 20 minutos de treino, o britânico se recuperou, e com pneus médios, assumiu a ponta ao anotar 1min34s226. Na sequência, Vettel deu a resposta com 1min33s357 e desbancou Hamilton, mas não demorou muito para que Bottas fizesse 1min33s330 e assumisse a ponta.

Assim como no primeiro treino, Verstappen conseguiu colocar a Red Bull na parte de cima da tabela, ficando com a terceira colocação. Faltando cerca de meia hora para o fim da sessão, os pilotos então passaram a focar mais nas chamadas long runs, analisando o comportamento do carro em uma sequência grande de voltas, sem necessariamente buscar voltas rápidas.

Daí em diante, portanto, pouco se alterou na classificação. Leclerc perdeu boa parte da reta final do treino pois a Ferrari optou por inspecionar o sistema de refrigeração do seu carro, e viu de longe o seu companheiro de equipe ser superado por Valtteri Bottas, que confirmou a volta mais rápida com Verstappen correndo por fora e Hamilton apenas na quarta colocação.

Foto: Divulgação / F1
Foto: Divulgação / F1

Os motores voltarão a roncar às 00h (horário de Brasília) deste sábado, para o terceiro treino livre no Circuito de Shanghai. Às 3h, acontece o treino classificatório, que definirá o grid de largada da corrida, que por sua vez, está marcada para 3h10 de domingo. Esta será a corrida de número 1000 da história da Fórmula 1.

VAVEL Logo