Tailandês da RBR, Albon diz que GP de Singapura é ‘quase como uma corrida em casa’
Foto: Reprodução/RBR

Do ladinho de casa! Piloto da RBR desde a volta do recesso, Alexander Albon nasceu em Londres mas sua família é da Tailândia, cuja capital é Bangkok, que fica a 1.423 quilômetros — em linha reta — da capital singapuriana Cidade de Singapura.

Dessa forma, o Grande Prêmio do próximo fim de semana é praticamente no quintal de Albon. Empolgado para o GP de Singapura, o tailandês diz que é ‘quase uma corrida em casa’ o fim de semana no país asiático. A prova em Singapura é a mais próxima da Tailândia no calendário 2019 e o ex-piloto da Toro Rosso contou ao Podcast Beyond the Grid que terá mais familiares lá o observando justamente por causa da pouca distância.

“Singapura também é uma espécie de corrida em casa para mim, pois é o Grande Prêmio mais próximo da Tailândia, então terei familiares e patrocinadores extras vindo para me apoiar, o que a torna ainda mais emocionante.”

Albon também falou sobre sua estreia no Circuito de Marina Bay e se diz ansioso para pilotar no asfalto singapuriano.

“O Circuito de Marina Bay Street é uma nova pista para mim, e será minha primeira vez em Singapura, então estou interessado em ver do que se trata [...] Após minha sessão de simulação e preparação com a equipe, estou ansioso para voltar ao RB15 e sair sob os holofotes.”

Como característica do traçado, o GP de Singapura é marcado pelo rendimento físico. E essa marca da prova já chegou aos ouvidos de Albon.

“Ouvi dizer que é uma das corridas mais físicas que fazemos, porque é muito úmido e a corrida é muito longa, além de ser uma corrida de rua com muito menos margem para erros. Será muito divertido, especialmente porque nunca corri em qualquer lugar como este antes”.

O qualifying do GP de Singapura está marcado para 9h do sábado (21). No dia seguinte, domingo (22), a largada se dá às 9h10.

VAVEL Logo