Na briga pela quarta posição, Renault faz modificações nas asas para GP do Japão
Foto: Reprodução/F1

Na briga pela quarta posição, Renault faz modificações nas asas para GP do Japão

Equipe francesa briga cabeça a cabeça com a McLaren para ser a primeira atrás de RBR, Ferrari e Mercedes

leo_silva997
Leonardo José

Pegando fogo. Assim está a briga pela quarta posição do mundial de construtores 2019 na Fórmula 1. Em boa fase, a Renault está atualmente na caça pelo posto, tendo 33 pontos atrás da McLaren, a quarta colocada. E para ficar atrás apenas de RBR, Ferrari e Mercedes, a equipe francesa vai experimentar um novo design de asa dianteira no GP do Japão.

O objetivo da Renault com as leves modificações é dar a Nico Hulkenberg e Daniel Ricciardo um pouco de força e força extra em no Circuito de Suzuka. As RS19s também serão revisados nas asas de chassi, tudo para dar o máximo de força para os pilotos.

"Com muitas mudanças de altitude, longas retas terminando em chicanes apertadas ou grampos e cantos interessantes, [Suzuka] é um desafio para acertar. Requer forte aderência frontal para o Setor 1 com mudança de direção em alta velocidade, mas com estabilidade suficiente para dar confiança ao piloto. Estamos trazendo uma nova asa dianteira para Suzuka. Também temos uma nova ala de chassi. Externamente, as mudanças são bem sutis, mas esperamos mais força e aderência como resultado”, disse o diretor técnico de chassi da equipe, Nick Chester.

Fala, Nico!

Enquanto isso, Nico Hulkenberg cobrou levemente a Renault para este fim de semana, insistindo que a equipe precisa melhorar suas performances no dia da corrida para aumentar a diferença à McLaren.

"É óbvio que perdemos pontos em Cingapura e na Rússia, e isso é frustrante devido ao nosso ritmo competitivo e posições classificatórias. Ainda estamos na batalha pelo quarto lugar. Nossos domingos precisam ser mais limpos, mas isso se deve a vários fatores: do meu lado, do lado da equipe e de algumas coisas que não podemos controlar. Temos que atingir grandes pontos no Japão”, disse Hulkenberg, que tem mais cinco corridas pela Renault antes de ser substituído por Esteban Ocon na temporada 2020.

A equipe preta e amarela superou a McLaren nas quatro corridas desde as férias de verão, principalmente graças aos 22 pontos do GP da Itália, onde Ricciardo e Hulkenberg terminaram em quarto e quinto. 

Às 3h da madrugada de sábado (12), os carros já vão para Q1 em busca da pole position no qualifying. No dia seguinte, às 2h10, a briga é pela vitória no GP do Japão.

VAVEL Logo
CHAT